Topo

Viagem


Príncipe Harry cria plano de turismo sustentável com plataformas de viagem

O príncipe Harry durante evento para o início da nova parceria entre Booking.com, Ctrip, TripAdvisor e Visa para ajudar a proteger os destinos turísticos e a indústria de viagens na Torre de Amsterdã na Holanda - Brazil Photo Press/Folhapress
O príncipe Harry durante evento para o início da nova parceria entre Booking.com, Ctrip, TripAdvisor e Visa para ajudar a proteger os destinos turísticos e a indústria de viagens na Torre de Amsterdã na Holanda Imagem: Brazil Photo Press/Folhapress

Do UOL

04/09/2019 10h24

Ao lado de empresas como Booking.com , Ctrip, Skyscanner, TripAdvisor e Visa, o Duque de Sussex anunciou uma nova parceria mundial para práticas sustentáveis de viagem, como preservação e a proteção ambiental, além de promover o desenvolvimento econômico de comunidades locais.

Batizada como "Travalyst", a iniciativa visa envolver empresas, consumidores e comunidadespara criar mais oportunidades para fazer o bem.

No lançamento, Harry afirmou que "o turismo tem o poder inigualável de fazer com que as pessoas se abram para outras culturas e novas experiências".

"Mais do que isso, de fazer com que valorizem tudo o que nosso mundo tem a oferecer. Com o crescimento inevitável do turismo, é essencial que atitudes mais sustentáveis sejam praticadas no mundo todo e que esse crescimento seja equilibrado com as necessidades do meio-ambiente e das comunidades locais. A união de empresas, consumidores e comunidades é nossa melhor chance de preservar destinos e ecossistemas para as gerações futuras.", disse.

Tendência

Segundo a Booking.com, mais da metade de todos os viajantes afirmam que, neste ano, estão determinados a tornar suas escolhas de viagem mais sustentáveis do que no ano anterior. Porém, muitos não sabem como fazer isso. Entre as barreiras, estão a falta de conhecimento, a percepção de que viagens sustentáveis são mais caras e a indisponibilidade ou falta de opção quando se trata de colocar essas escolhas em prática.

Segundo a plataforma:

  • 71% dos viajantes globais disseram à Booking.com que acham que empresas de viagem deveriam oferecer mais opções de viagem sustentáveis. Não só isso: 68% afirmaram que, para eles, é importante que o dinheiro que gastem seja investido nas comunidades locais;
  • Nos últimos 12 meses, 10 milhões de viajantes que usaram o Skyscanner escolheram opções de voo com as menores emissões de CO2;
  • 75% dos parceiros da Ctrip estão de acordo com as iniciativas do programa 4R da empresa: Reduzir, Reutilizar e Reciclar recursos e Regenerar vidas no ecossistema de viagens;
  • Nos próximos 4 anos, a previsão é que o mercado mundial de turismo sustentável cresça US$ 340 bilhões, ou seja, 10%.(TechNavio)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Viagem