Topo

Viagem


Visitantes podem fazer "tour secreto" em museu que abrirá em 2020 no Egito

Estátua do faraó Ramsés II no Grand Egyptian Museum ainda em obras - Getty Images
Estátua do faraó Ramsés II no Grand Egyptian Museum ainda em obras Imagem: Getty Images

do UOL

12/08/2019 11h49

O Grand Egyptian Museum (GEM) será inaugurado em 2020 com um acervo repleto de relíquias da civilização egípcia. O museu está localizado no Cairo, a dois quilômetros das Pirâmides de Gizé, no Egito.

Segundo a CNN Travel, até que o local seja aberto ao grande público com as obras finalizadas, um "tour secreto" está disponível para quem quer conhecer os bastidores do museu ainda em construção. Uma das monumentais atrações é uma estátua do faraó Ramsés II, de 11 metros de altura e mais de 80 toneladas.

O passeio dura quatro horas e acontece todos os dias no museu com o custo de US$ 250 (cerca de R$ 1 mil em valores convertidos no dia 12/08/2019).

O tour inclui uma caminhada pelo laboratório de conservação e restauro de peças arqueológicas até os cofres do museu.

O acervo

O Grand Egyptian Museum, que espera receber oito milhões de visitantes por ano, terá cerca de 100 mil peças disponíveis -- da pré-história ao período greco-romano -- quando for aberto oficialmente, de acordo com a CNN Travel.

"Vamos exibir a coleção do Rei Tut [Tutancâmon] em um lugar pela primeira vez desde que descobrimos o túmulo em 1922", afirma Faten Mohammad, representante de relações internacionais do Gran Egyptian Museum: "Seus tesouros serão expostos em dois salões de cerca de 7 mil metros quadrados", explicou.

A coleção de Tutancâmon está passando por um processo de restauração no laboratório de conservação do museu. Lá estão sendo preparadas, por exemplo, três câmaras funerárias feitos para a jornada após a morte do faraó.

As visitas agendadas devem ser feitas diretamente pelo site do Grand Egyptian Museum.

Mais Viagem