Topo

Viagem


Coração partido: Croácia tem museu sobre relações amorosas que deram errado

O Museu das Relações Partidas fica em Zagreb, na Croácia - Museum of Broken Relationships/Alan Vajdic
O Museu das Relações Partidas fica em Zagreb, na Croácia Imagem: Museum of Broken Relationships/Alan Vajdic

Marcel Vincenti

Colaboração para o UOL

22/05/2018 04h00

Brigas de casais, desilusões amorosas, corações despedaçados. A princípio nada agradáveis, estes assuntos são o tema de um curioso destino turístico localizado na cidade de Zagreb, capital da Croácia. 

Trata-se do Museu das Relações Partidas (ou Museum of Broken Relationships, como é conhecido internacionalmente), que exibe dezenas de objetos que fizeram parte da história de relacionamentos românticos que não deram certo (alguns deles terminando de forma bem dramática).

Casal viveu momentos intensos lendo livros de Marcel Proust em Portugal - Museum of Broken Relationships/Ana Opalic
Casal viveu momentos intensos lendo livros de Marcel Proust em Portugal
Imagem: Museum of Broken Relationships/Ana Opalic

Doados pelos próprios ex-pombinhos, os itens expostos são variados (e provenientes de todas as partes do mundo): há desde objetos singelos que foram muito importantes para a rotina de um casal até presentes dados em Dias dos Namorados e outras datas especiais. 

Ao entrar no casarão de estilo barroco que abriga o Museu das Relações Partidas, o turista pode se deparar, por exemplo, com três livros surrados do escritor francês Marcel Proust, que um homem costumava ler para sua ex-esposa quando os dois viajavam à sua ilha favorita em Portugal. 

"Nós caminhávamos até uma parte isolada da praia, construíamos uma cabana com pedaços de madeira e nos perdíamos com a prosa hipnótica [de Proust], tendo como pano de fundo o barulho das ondas do oceano Atlântico", diz um relato escrito pelo próprio ex-marido e que está exposto ao lado dos livros. "Às vezes parecia que estávamos em um ménage à trois com Proust". O relacionamento dos dois, porém, terminou antes que eles pudessem terminar de ler os três volumes.  

Objetos relacionados a histórias bonitas e tristes dividem espaço no Museu das Relações Partidas - Museum of Broken Relationships/Mare Milin
Objetos relacionados a histórias bonitas e tristes dividem espaço no Museu das Relações Partidas
Imagem: Museum of Broken Relationships/Mare Milin

O museu também tem em seu acervo outros objetos extremamente sentimentais, como uma carta de amor ("a primeira que recebi na minha vida", escreve a pessoa que a doou), bichos de pelúcia e até algemas de sex shop, que costumavam apimentar o sexo de um ex-casal croata.

Nem tudo é romance

Porém, nem tudo no Museum of Broken Relationships é romântico. Faz parte do acervo do local, por exemplo, um machado que um homem alemão usou para destruir os móveis de sua ex-noiva, que o teria traído.

Machado é um dos itens expostos no Museu das Relações Partidas - Museum of Broken Relationships/Ana Opalic
Machado é um dos itens expostos no Museu das Relações Partidas
Imagem: Museum of Broken Relationships/Ana Opalic

"Ela foi a primeira mulher a se mudar para minha casa. Depois de alguns meses, tive que fazer uma viagem sozinho aos Estados Unidos. Quando voltei, ela me disse que havia se apaixonado por uma mulher, e as duas foram viajar juntas. Enquanto ela estava fora, eu usei o machado para destruir os móveis que ela havia trazido para minha casa e lhe dar um pouco de sentimento de perda. Foi um instrumento de terapia para mim", diz um relato escrito pelo homem exposto no museu. 

Outra história um tanto chocante é relacionada a uma antiga chave exibida no local: "ele me dava pequenos presentes todos os dias. E este é apenas um deles: a chave para o coração", diz o relato de uma mulher da Eslovênia, exibido ao lado do objeto. "Mas ele nunca queria dormir comigo. E eu só percebi o quanto ele me amava depois que ele morreu de Aids".  

Algemas de sex show fazem parte do acervo do Museu das Relações Partidas - Museum of Broken Relationships/Ana Opalic
Algemas de sex show fazem parte do acervo do Museu das Relações Partidas
Imagem: Museum of Broken Relationships/Ana Opalic

E, no acervo, há também um curioso hambúrguer de plástico, provavelmente comprado em um pet shop: "o cachorro deixou mais rastros do que ele", escreve uma mulher de Luxemburgo, que "herdou" este brinquedinho do cão do seu ex depois do término do relacionamento.

Caso o visitante do museu também esteja insatisfeito com sua relação amorosa, é possível comprar produtos espirituosos na lojinha do Museum of Broken Relationships: lá, costuma estar à venda um vestido com os dizeres: "você é tão gostoso, só que não!". 

Mais informações, acesse: brokenships.com

Interior do Museu das Relações Partidas, na Croácia - Museum of Broken Relationships/Mare Milin
Interior do Museu das Relações Partidas, na Croácia
Imagem: Museum of Broken Relationships/Mare Milin

Mais Viagem