Volta ao Mundo

Família Schurmann refaz rotas marítimas da Dinastia Ming

Por UOL

A aventura foi inspirada nas expedições do célebre navegador chinês Zheng He, que teria chegado ao continente americano 71 anos antes de Cristóvão Colombo.
Divulgação
Para sua terceira volta ao mundo, os Schurmann construíram o veleiro Kat, uma embarcação moderna e sustentável: 60% da energia consumida é livre de poluentes.
Wilhelm Schurmann/Divulgação
Eles partiram com filhos, netos e tripulantes em 21 de setembro de 2014. A viagem durou 812 dias e passou por quatro oceanos, cinco continentes e 29 países.
Pedro Nakano/Divulgação
Na Expedição Oriente, a família de navegadores desbravou pela primeira vez territórios como a Antártica e a China, destino final dessa aventura pelos mares.
Pedro Nakano/Divulgação

Obrigada, Julio Verne, por me inspirar desde criança a buscar meus sonhos.

Heloisa Schurmann
Pedro Nakano/Divulgação
Na chegada à Antártica, o veleiro Kat ficou camuflado e se integrou ao ambiente branco depois de coberto pela tempestade de neve.
Pedro Nakano/Divulgação

Foi aqui, na Ilha Decepção, que escutei o som do silêncio absoluto e realmente me senti na Antártica.

Heloisa Schurmann
Pedro Nakano/Divulgação
Na Ilha de Páscoa, uma parada para fotografar o Tongakiri, o conjunto de moais mais importante desse território chileno.
Divulgação
As crianças da ilha de Yanaba, na Papua-Nova Guiné, chegavam perto do veleiro Kat com suas embarcações rústicas.
Divulgação
No Vietnã, moradores da aldeia flutuante de Ha Long levam Heloisa e Vilfredo Schurmann para pescar.
Byron Prujanski/Divulgação

No Festival de Lua Cheia, em Hoi Na, no Vietnã, compramos lanternas e fizemos pedidos colocando nosso barquinho iluminado no rio.

Heloisa Schurmann
Byron Prujanski/Divulgação
No Parque Nacional Tanjung Puting, em Bornéu, os Schurmann visitaram a área onde os animais são reabilitados antes de voltarem à selva.
Divulgação
Wilhelm Schurmann praticou windsurfe no lugar mais distante do mundo, a Ilha Ducie, na Polinésia.
Divulgação
Em um ritual dos nativos Sikerei, na Indonésia, Wilfredo torna-se membro da tribo e recebe o nome de Fedokerei.
Divulgação
No livro "Expedição Oriente", recém lançado, Heloisa Schurmann detalha toda a volta ao mundo, dá uma aula sobre a vida em alto mar e revela os bastidores dessa nova aventura.
Divulgação
Publicado em 25 de outubro de 2019.

Reportagem
Redação UOL

Continue navegando por UOL Viagem