Tradição milenar

O ritual do chá em Taiwan

Por Eduardo Vessoni

Os rituais do chá, uma tradição em Taiwan, não poderiam ficar fora do meu roteiro na ilha. Foi uma experiência mágica que revelo aqui passo a passo.

Eduardo Vessoni
Eduardo Vessoni/UOL
Os rituais para turistas acontecem em lojas cenográficas de Taipei e de Nova Taipei, no norte de Taiwan
Eduardo Vessoni/UOL
Durante a cerimônia, turistas são convidados a testar seus conhecimentos sobre os procedimentos para servir chá.
Eduardo Vessoni/UOL
Huang Yu-wen é mestre do chá, uma espécie de sommelier da bebida. Ela é a 4ª geração de uma família que conduz cerimônias para turistas em Nova Taipei.
Eduardo Vessoni/UOL
No método tradicional, a quantidade de chá e a temperatura da água dependem do tipo de chá. Os mais fermentados, como o preto, levam menor quantidade de folhas e água em temperatura mais elevada.
Eduardo Vessoni/UOL
Jarra para servir (chá hai, em mandarim), bule para Infusão (cháhú) e xícaras (chábi) são os utensílios básicos para preparo do chá, em Taiwan.
Eduardo Vessoni/UOL
A mesma água para esquentar o bule é usada para lavar o jarro e as xícaras de chá.
Eduardo Vessoni/UOL
Nos rituais mais tradicionais, primeiro se coloca o chá em uma xícara estreita e mais longa (wen xiang bei), apenas para apreciação do aroma, antes da bebida ser servida.
Eduardo Vessoni/UOL
A primeira infusão do chá não é tomada. Ela serve apenas para purificar as folhas e dar aroma à xícara.
Eduardo Vessoni/UOL
As cores do chá estão relacionadas ao tempo de fermentação e cura de suas folhas, como o floral Wen Shan Pouchong (o da direita, na foto) e o Tieguanyin (à esquerda), chá avermelhado de torra alta.
Eduardo Vessoni/UOL
Os bules tradicionais de chá podem ser de cerâmica, mais comuns em Taiwan e usados para manter o calor; ou de porcelana, para preservar o aroma da bebida. Uma peça chega a custar R$ 6,3 mil.
Eduardo Vessoni/UOL
Na Wang Tea, fabricante desde 1890, as folhas de chá são assadas na sala de torrefação, sobre carvão colocado em buracos no chão, em cestos de bambu de 55 centímetros.
Eduardo Vessoni/UOL

Fazemos chá da maneira mais fácil possível porque é parte da nossa vida. Não queremos complicar o processo.

Jason Wang, 5ª geração da Wang Tea, em Taipei
Eduardo Vessoni/UOL
Com vista para Taipei e a 10 quilômetros do Centro da capital, Maokong fica no distrito Wenshan e é conhecido pelas fazendas urbanas de chá, abertas para visita pública.
Eduardo Vessoni/UOL
Em alguns restaurantes, como o Six Senses, na boêmia Linsen North Road, em Taipei, os rituais de chá são acompanhados de apresentação de música tradicional japonesa.
Eduardo Vessoni/UOL
Publicado em 28 de novembro de 2019.

Texto e fotos
Eduardo Vessoni

Continue navegando por UOL Viagem