12 HORAS

Um roteiro para se apaixonar por Palermo, na Itália

Por Ana Grassi

Nossa viajante

Ana Grassi
Idade: 47 anos
Profissão: travel designer
Divulgação

9 HORAS

Começamos nosso dia com um café da manhã no Bar Pasticceria Ruvolo Rosario, a doceria mais antiga da cidade. Aproveite para comer algum dos doces de amêndoa, os meus preferidos. Eles são maravilhosos!
Reprodução/Facebook

9:30 HORAS

Visite o Teatro Massimo, a maior casa de óperas da Itália. Ele abriga até 1.300 pessoas em sua construção exuberante. O ingresso para o tour guiado custa 8 euros e dá direito a visitar todas as salas.
iStock

10:30 HORAS

É hora de conhecer o Mercato del Capo, um dos melhores mercados de rua de Palermo. Reserve pelo menos uma hora para passear entre o lindos legumes, frutas, peixes, carnes, queijos, pães e frios.
Tomas Anton Escobar

12 HORAS

Pertinho do mercado, o Dainotti's Street Food é a próxima parada. Palermo foi pioneira em food trucks no mundo. Portanto, comer nas barraquinhas de rua é uma das experiências mais tradicionais na cidade. E o Dainotti reúne as mais famosas!
Instagram/dainottis_apericapo

13:30 HORAS

Hora de passear na Piazza Vigliena. Ela também é conhecida como Quattro Canti, por conta dos suntuosos edifícios dispostos em seus quatro cantos. Repare nas várias estátuas que adornam esses prédios.
Cristina Gottard/Unsplash

14H30 HORAS

Siga rumo à Fonte Pretoria. Construída em Florença, ela foi doada a Palermo por seu antigo dono. A fonte é tão majestosa que o famoso artista italiano Giorgio Vasari a descreveu como "estupenda e sem paralelos em Florença e, talvez, em toda a Itália".
Cristina Gottard/Unsplash

15 HORAS

Não pode faltar um gelato em um passeio na Itália, não é? Faça essa doce parada na Gelateria Al Cassaro, que serve o melhor sorvete de Palermo. Acho todos os sabores maravilhosos.
Repodução/Facebook

15:30 HORAS

A Igreja de Santa Maria dell'Ammiraglio nos aguarda. Ela foi construída no século 12 em um mix dos estilos bizantinos, grego ortodoxo e sírio. O resultado: um interior maravilhoso, decorado com mosaicos, pinturas e afrescos.
Michele Bitetto/Unsplash

17 HORAS

A igreja de Santa Maria Dello Spasimo é uma obra inacabada. A construção foi interrompida em meados do século 16 e, por conta disso, boa parte dela não tem teto. A entrada do Sol confere um aspecto meio angelical muito lindo.
iStock

Tem uma escola de música quase ao lado da Santa Maria Dello Spasimo e, frequentemente, há apresentações musicais dentro da igreja. Vale muito a pena conferir a agenda de espetáculos.

Ana Grassi
iStock

18H30 HORAS

No fim de tarde, sugiro ir de carro à praia de Mondello. A pouco menos de uma hora do Centro de Palermo, ela é linda e repleta de barzinhos e bistrôs. Pode ser um excelente lugar para beber algo e apreciar o pôr do sol.
Yuliya Kosolapova/Unsplash

21 HORAS

Para finalizar o dia, recomendo o acolhedora Osteria dei Vespri. Além da uma comida deliciosa, o lugar tem uma adega extensa com rótulos de todo o território italiano.
Reprodução/Facebook

Nossa viajante

Apaixonada pela Itália, a travel designer Ana Grassi é especialista em cultura, turismo e língua italiana. Ela já testou os melhores passeios e roteiros do país europeu.
Divulgação
Publicado em 13 de novembro de 2019.

Por
Ana Grassi

Edição
Eduardo Burckhardt

Continue navegando por UOL Viagem