Topo

Cultura e lazer

Viva a cidade. Saboreie experiências.


Cultura e lazer

8 galerias de arte em São Paulo para você conhecer neste fim de semana

Luiza Vieira

Colaboração para o Urban Taste

16/08/2019 17h00

São Paulo é de uma efervescência artística de impressionar. Tantos são os aparelhos de cultura na cidade que há opções para todos os interesses e em todas as regiões. Só na Avenida Paulista, por exemplo, importante corredor cultural e ponto turístico reconhecido internacionalmente, são sete grandes centros para conhecer (Instituto Moreira Salles, MASP, Sesc Paulista, Fiesp, Casa das Rosas, Itaú Cultural e Japan House).

Veja também:

Nova geração de botecos recupera ambientes modestos e drinques clássicos
Dos Jardins ao Minhocão: 5 bares com drinques de responsa por até R$ 30
8 lugares veganos em São Paulo para você conhecer

No entanto, há um circuito secundário, de iniciativa privada, tão interessante quanto e que vale a pena desbravar. Selecionamos oito galerias para quem deseja começar - ou aprofundar - o conhecimento no mundo das artes.

Almeida e Dale

Divulgação
Imagem: Divulgação

Uma das mais clássicas galerias de São Paulo, a Almeida e Dale já colocou em seletas coleções do País obras de modernos e contemporâneos como Candido Portinari, Di Cavalcanti, Cicero Dias, Beatriz Milhazes e Cildo Meireles. Seu calendário de exposições reflete esse rico acervo, com mostras de nomes como Botero (2012), Alfredo Volpi (2014) e Pancetti (2017).

O que está em cartaz?
Obra multidisciplinar de Flávio de Carvalho, "O Antropófago Ideal" conta com registros das polêmicas performances do artista, além de pinturas e desenhos produzidos entre 1930 e 1970. De 17 de agosto a 19 de outubro.

Vai lá:
Rua Caconde, 152, Jardim Paulista, São Paulo
Segunda a sexta, das 10h às 19h.
Sábado, das 10h às 14h.
Mais informações pelo Instagram da Galeria Almeida e Dale.

Carbono

Everton Ballardin
Imagem: Everton Ballardin

Galeria de arte contemporânea, a Carbono trabalha exclusivamente o conceito de edições. Ou seja, obras de arte que são reproduzidas em série limitada, e que abrangem uma vasta gama de plataformas, como esculturas, objetos, livros de artistas, gravuras, fotografias, vídeos e até instalações. Seu acervo conta com nomes como Adriana Varejão, Cássio Vasconcellos, Jac Leirner, Tomie Ohtake e Vik Muniz.

O que está em cartaz?
A exposição "Murilo Salles: Fotografias 1975-1979" marca também o lançamento do livro de mesmo nome, da Numa Editora. São 116 imagens, feitas entre 1975, no set de Dona Flor e seus dois maridos, e 1979, no set de Cabaré Mineiro. Na galeria, estão 18 dessas fotos. Até 26 de agosto.

Vai lá:
Rua Joaquim Antunes, 59, Jardim Paulistano, São Paulo
Segunda a sexta, das 10h às 19h.
Sábado, das 11h às 15h.
Mais informações pelo Instagram da Carbono Galeria.

Fortes D'Aloia & Gabriel

Janaina Tschape
Imagem: Janaina Tschape

Artistas nacionais e internacionais, como Nuno Ramos, Bárbara Wagner e OSGEMEOS, compõe o dinâmico e plural portfólio da Fortes D'Aloia e Gabriel, de arte contemporânea. Com pelo menos 15 exposições por ano, a galeria também promove lançamentos de livros, oficinas para crianças, exibição de filmes e conversas com profissionais da área. Além da sede, conta com o Galpão, espaço na Barra Funda com um vão livre de 1.500 m² destinado a exposições, depósito de obras e sala de exibição.

O que está em cartaz?
A expo "Mapping the Unattainable", de Janaina Tschäpe, ocupa o amplo espaço do Galpão com pinturas inéditas em grande formato. Até 28 de setembro.

Vai lá:
Galeria
Rua Fradique Coutinho 1500, Vila Madalena, São Paulo
Terça a sexta, das 10h às 19h.
Sábado, das 10h às 18h.
Mais informações pelo Instagram da Galeria Fortes D'Alioa & Gabriel.

Galpão
Rua James Holland 71, Barra Funda, São Paulo
Terça a sexta, das 10h às 19h.
Sábado, das 10h às 18h.

Leme AD

Luiz Braga
Imagem: Luiz Braga

Com artistas engajados como Jaime Lauriano e o fotógrafo Luiz Braga, a Leme é uma ótima opção fora do circuito comum. Instalada na região do Butantã, o próprio prédio merece a visita, projetado por Paulo Mendes da Rocha, vencedor do Prêmio Pritzker de Arquitetura. Com artistas nacionais e estrangeiros, conta com diferentes meios como fotografia, pintura, instalação, escultura, vídeo e projeção.

O que está em cartaz?
Com texto de Tadeu Chiarelli, a exposição "LUIZ BRAGA - Interiores, retratos [e paisagens]" abre no dia 17 de agosto. Quarta exposição individual do fotógrafo belenense, expõe retratos e cenas de interior em que o foco é o sentimento de comunhão entre o fotógrafo e o indivíduo, ou com o lugar retratado.

Vai lá:
Av. Valdemar Ferreira, 130, Butantã, São Paulo
Terça a sexta, das 10h às 19h.
Sábado, das 10h às 17h.
Mais informações pelo Instagram da Galeria Leme AD.

Mendes Wood DM

Divuklgação
Imagem: Divuklgação

Fundada em 2010, a Mendes Wood tem como intuito exibir artistas brasileiros e internacionais, respeitando e preocupando-se com as diferenças regionais e individuais, ao mesmo tempo que promove o cosmopolitismo e a colaboração. Estão ali nomes como Paulo Nazareth, Solange Pessoa e Patricia Leite. A galeria conta ainda com espaços no exterior, em Nova York e Bruxelas.

O que está em cartaz?
A primeira exposição individual da artista Mimi Lauter no Brasil. A mostra reúne pinturas recentes em bastão de óleo sobre papel, e apresenta um mundo tomado por um dilúvio no que diz respeito a uma destruição liquida. Abre em 24 de agosto.

Vai lá:
Rua da Consolação, 3368, Consolação, São Paulo
Segunda a sábado, das 10h às 19h.
Mais informações pelo Instagram da Galeria Mendes Wood DM.

Nara Roesler

Renato Mangolin
Imagem: Renato Mangolin

Com sedes em São Paulo, Rio de Janeiro e Nova York, a galeria de arte contemporânea Nara Roesler fomenta a produção de artistas brasileiros e latino-americanos, sejam eles já estabelecidos ou em início de carreira. Há 30 anos no segmento, mantém um consistente programa de exposições, parcerias institucionais e diálogo constante com curadores de destaque.

O que está em cartaz?
A exposição "Imagens de uma juventude pop - pinturas políticas e desenhos da
Cadeia", quarta individual de Sérgio Sister na sede paulista da galeria. Estão em exibição 35 desenhos, com traços caricaturais e psicodélicos, produzidos entre 1967
e 1971, incluindo trabalhos do período em que o artista esteve detido no Presídio Tiradentes, em São Paulo, durante o regime militar (1964-1985).

Vai lá:
Avenida Europa, 655, Jardim Europa, São Paulo
Segunda a sexta, das 10h às 19h.
Mais informações pelo Instagram da Galeria Nara Roesler.

Vermelho

Edouard Fraipont
Imagem: Edouard Fraipont

Incentivar novas ideias e discursos desenvolvidos por artistas emergentes e já estabelecidos. Essa é uma das premissas da Vermelho, inaugurada em 2002 no bairro de Higienópolis, na zona oeste. Com um enorme espaço expositivo, atua em diversas frentes e conta com projetos de fomento como a Sala Antonio, de projeção. No espaço, é exibida a produção de artistas que trabalham no limite entre o cinema e as artes plásticas. Entre os nomes que representam, estão Claudia Andujar, Angela Detanico & Rafael Lain, e Motta & Lima.

O que está em cartaz?
Até 24 de agosto, Ka'rãi, a nona exposição individual de Dora Longo Bahia na galeria. São objetos, desenhos, pinturas e obras em realidade aumentada produzidos nos últimos quatro anos.

Vai lá:
Rua Minas Gerais, 350, Higienópolis, São Paulo
Terça a sexta, das 10h às 19h.
Sábado, das 11h às 17h.
Mais informações pelo Instagram da Galeria Vermelho.

Gabriel Wickbold Gallery

Divulgação
Imagem: Divulgação

Novo espaço multidisciplinar de arte contemporânea em São Paulo, a galeria tem foco na fotografia e suas infinitas possibilidades, seja ela artística, documental, fotojornalística, publicidade ou a história em sim. Conversas e debates fazem parte da programação, com o compromisso de trabalhar pela memória fotográfica no cenário cultural brasileiro.

O que está em cartaz?
A partir de 19 de agosto, o fotógrafo escocês David Yarrow apresenta uma incrível seleção de imagens em preto e branco. Até 18 de setembro.

Vai lá:
Rua Lourenço de Almeida, 167, Vila Nova Conceição, São Paulo
Segunda a sexta, das 10h às 18h.
Sábado e domingo, das 11h às 17h.
Mais informações pelo Instagram da Galeria Gabriel Wickbold Gallery.

Mais Cultura e lazer