Topo

Cultura e lazer

Viva a cidade. Saboreie experiências.


Cultura e lazer

Girl power na cozinha: Conheça bares e restaurantes comandados por mulheres

A chef Paola Carosella prepara empanadas no La Guapa - Roberto Seba / Folhapress
A chef Paola Carosella prepara empanadas no La Guapa Imagem: Roberto Seba / Folhapress

Isabela Marinho

Colaboração para o Urban Taste, em São Paulo

08/03/2019 04h00

Você sabia que o Guia Michelin -- o mais famoso índice do setor gastronômico -- tinha apenas duas mulheres entre os cozinheiros estrelados até ano passado? Pois é. Mas nem de longe isso significa que elas não estejam brilhando à frente de bares e restaurantes maravilhosos. Só em São Paulo temos vários.

Esse é só um exemplo da desigualdade de gênero que está aí, para todo mundo ver. Como se não bastasse as mulheres ganharem menos do que os homens em todos os cargos e áreas, elas são minoria no mercado de trabalho e não temos previsão de isso mudar tão cedo. Segundo relatório da Organização Internacional do Trabalho, no mundo todo apenas 48,5% das mulheres com mais de 15 anos estão no mercado, enquanto a taxa é de 75% para homens. E a situação piora: a OIT prevê que a diminuição da desigualdade estacione entre 2018 e 2021, possivelmente até retroceda. 

Enquanto isso, as mulheres estão remando contra a maré e brigando para ocupar determinados espaços. Um deles é a área da gastronomia, onde elas comandam cozinhas, administram bares e restaurantes e nos deixam de queixo caído e água na boca. Listamos alguns desses lugares em São Paulo para você experimentar e prestigiar:

Fitó

Cafira Foz e a equipe do restaurante Fitó - Divulgação
Cafira Foz e a equipe do restaurante Fitó
Imagem: Divulgação
Chefiado essencialmente só por mulheres - cis e trans -, o restaurante em Pinheiros é referência em culinária nordestina. A dona da casa é a cearense, de alma piauiense, Cafira Foz. Cafira rejeita o título de chef e reúne na cozinha as raízes sertanejas à essência cosmopolita, que aprendeu nas numerosas viagens feitas por diversos continentes. Em um sobrado com uma fachada azul e branca próximo ao Largo da Batata, decorado com luzes, plantas no teto e janelas azuis, ao estilo das casas nordestinas, a cozinha envidraçada permite acompanhar o passo a passo do preparo dos pratos.

Entre os pratos que mais fazem sucesso estão o baião de dois vegetariano (R$ 29), a carne de sol (R$ 42, filé de carne de sol selada na manteiga de garrafa com purê de cará e vinagrete da casa) e a salada sertaneja (R$ 32, rúcula, agrião e alface, tomate e batata-doce assados, tiras de carne de sol e ovo caipira cozido). Para beber, as recomendações são o sossega-lampião (R$ 7, refresco de maracujá, mel de camomila e água com gás) e a cajuína (R$ 12, suco clarificado de caju).

Vai lá:
Rua Cardeal Arcoverde, 2773, Pinheiros, São Paulo.
Segunda, das 12h às 15h.
Terça a sexta, das 12h às 15h e das 19h às 23h30.
Sábado e feriados, das 12h30 às 16h30 e das 20h às 23h30.
Domingo, das 12h30 às 17h.
Telefone: (11) 3032-0963
Veja o cardápio no site.

Fel

Michelly Rossi assina a carta de drinques do Fel - Divulgação
Michelly Rossi assina a carta de drinques do Fel
Imagem: Divulgação
Em um ambiente embalado por músicas nostálgicas e luz baixa, o bar serve coquetéis criados há mais de 100 anos em carta assinada pela bartender Michelly Rossi. Todos os drinques do cardápio têm o mesmo preço, R$ 37. Além dos clássicos da coquetelaria revisitados, a casa também serve petiscos, como a porção de presunto espanhol pata negra (R$ 35), a tostada de avocado com tomate confit (R$ 25) e os chips de raízes (R$ 15). Entre os especiais do cardápio estão o seco/frutado Clover Club (Gin, Martini Extra Dry, limão, xarope de framboesa fermentado, clara pasteurizada), o frutado/cítrico The Communist (Gin , licor, laranja, limão, xarope simples), e o frutado/sour Chicago (rum ,  limão, xarope simples e clara pasteurizada).

Vai lá:
Avenida Ipiranga, 200, República, São Paulo.
Segunda a quinta, das 19h à 0h45.
Sexta, das 19h à 1h45.
Sábado, das 18h à 1h45.
Telefone: (11) 3237-2215
Veja o cardápio no site.

Arturito e La Guapa

Ambos são administrados por Paola Carosella, a jurada do Masterchef Brasil. Nascida na Argentina, numa família de imigrantes italianos, onde as mulheres ainda plantavam, colhiam e cozinhavam intensamente, Paolla começou a trabalhar em cozinhas de restaurantes no início da década de 90. Rodou em estabelecimentos de Buenos Aires, Paris, Califórnia, Uruguai, Mendoza e Nova Iorque até chegar em São Paulo, em 2001. Por aqui abriu e dirigiu cozinhas do Figueira Rubaiyat, do Julia Cocina e atualmente está à frente do Arturito, um restaurante de cozinha clássica mediterrânea e do La Guapa, um pequeno café de empanadas e doces latinos artesanais, com quatro unidades espalhadas pela cidade.

No Arturito, as recomendações de pratos são o polvo à feira, oliva, páprica defumada, aïoli negro (R$ 29); as vieiras assadas no forno a lenha com manteiga de alho (R$ 65); as ostras frescas de Santa Catarina (R$ 25 pequenas e R$ 41 grandes); o peixe fresco cozido em cazuela, caldo perfumado de tucupi e mandioquinha (R$ 79), além da pavlova com muitas frutas brasileiras e creme fresco (R$ 44, para duas pessoas). 

No La Guapa são servidos 11 sabores de empanadas (R$ 7,50 cada). A casa serve também o Menu La Guapa (R$ 27): salada de folha frescas, queijo meia cura, tomatinhos cereja, nozes ou castanhas torradas, azeite de oliva, mostarda e limão siciliano, mais duas empanadas a sua escolha, além da sobremesa tabletón (R$ 16): massas crocantes com raspas de limão siciliano e laranja, recheadas de doce de leite e polvilhadas com cacau servida com chantilly de cachaça e fava de baunilha.

Vai lá:
Arturito - Rua Artur de Azevedo, 542, Pinheiros, São Paulo.
Segunda, das 19h às 23h30.
Terça a sexta, das 12h às 15h e das 19h às 23h30.
Sábado, das 12h30 às 16h e das 19h às 23h30.
Domingo, das 12h30 às 16h.
Telefone: (11) 3063-4951
Veja o cardápio no site.

La Guapa Pinheiros - Rua dos Pinheiros, 248b, Pinheiros, São Paulo.
Segunda a sexta, das 10h às 22h.
Sábado, das 12h às 22h.
Domingo, das 12h às 18h.
Telefone: (11) 3061-3661

La Guapa Jardins - Alameda Lorena, 1731, Jardins, São Paulo.
Segunda a sábado, das 10h30 às 21h30.
Domingo, das 12h30 às 19h.
Telefone: (11) 4116-4364

La Guapa Itaim - Rua Bandeira Paulista, 446, Itaim Bibi, São Paulo.
Segunda a sexta, das 10h às 22h.
Sábado, das 12h às 22h.
Telefone: (11) 3079-2631

La Guapa Berrini - Rua Flórida, 1602, Brooklyn, São Paulo.
Segunda a sexta, das 10h às 22h.
Sábado, das 12h às 22h.
Telefone: (11) 5102-2225

Davvero Gelato Tradizionale

Débora Tesoto e Suelen Ferrari, da Davvero Gelato Tradizionale - Henrique Peron / Divulgação
Débora Tesoto e Suelen Ferrari, da Davvero Gelato Tradizionale
Imagem: Henrique Peron / Divulgação
Na infância, em Sorocaba, as irmãs Suelen Ferrari e Débora Tesoto pediram aos pais de presente uma máquina de sorvetes. Nessa época não sabiam que anos depois deixariam suas profissões de formação para abrirem um negócio de gelatos, relembrando a paixão que tinham quando pequenas. Suelen e Débora foram estudar na Itália, aprenderam tudo sobre sorvetes e maquinário necessário e assim deram forma à Davvero. A primeira loja nasceu em 2015 -- atualmente, já são quatro espalhadas pela capital paulista.

Entre os sabores mais pedidos estão o Scioccante (com 56% de cacau e apenas 2% de leite em pó desnatado), o Café Bianco (preparado por uma infusão de café não torrado) e o Nonna (coco com doce de abóbora -- sabor sazonal vendido em épocas de festas juninas). A gelateria tem produtos sem glúten (exceto os sabores de cheesecake e cookies) e alguns sem lactose, no caso dos sorbets de frutas sem adição de leite. Os preços variam de R$ 12 a R$ 22 para copinhos e casquinhas. Também dá para pedir embalagem para viagem nos tamanhos de 350 mL (R$ 32), 500 mL (R$ 48) e  1 L  (R$ 79), com até três sabores.

Vai lá:
Rua Pais de Araújo, 129, Itaim Bibi, São Paulo.
Domingo a quinta e feriados, das 11h30 às 22h.
Sexta e sábado, das 11h30 às 23h.
Telefone: (11) 3881-6552

Shopping Iguatemi - Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2232, Piso Boulevard, Jardim Paulistano, São Paulo.
Segunda a sábado, das 10h às 22h.
Domingo e feriado, das 12h às 22h.
Telefone: (11) 3034-1732

Avenida Sabiá, 788, Moema, São Paulo.
Domingo a quinta e feriados, das 11h30 às 22h.
Sexta e sábado, das 11h30 às 23h.
Telefone: (11) 3034-1732

Shopping Market Place - Avenida Dr. Chucri Zaidan, 902, Vila Cordeiro, São Paulo.
Segunda a sábado, das 10h às 22h.
Domingo e feriado, das 12h às 22h.
Telefone: (11) 3048-7000

Maní

Helena Rizzo foi eleita, em 2014, a melhor chef mulher do mundo pela "Revista Restaurant" - Instagram / Helena Rizzo
Helena Rizzo foi eleita, em 2014, a melhor chef mulher do mundo pela "Revista Restaurant"
Imagem: Instagram / Helena Rizzo
Comandado pela gaúcha Helena Rizzo, o Maní une ingredientes mais frescos com técnica e sabor. Antes de estar à frente do restaurante, Helena passou pelo extinto Roanne de Claude Troisgros e Emmanuel Bassoleil e foi eleita, em 2014, a melhor chef mulher do mundo pela "Revista Restaurant". Entre as entradas, a sugestão é o bombom de queijo de cabra defumado com cupuaçu (R$ 52). Como prato principal, costuma fazer sucesso o polvo na brasa com pasta de pimenta rocoto, milho, quiabo, cebola-roxa e vinagrete de amendoim (R$ 110, acompanha arroz negro cozido na palha de milho). Uma opção mais em conta é o Comercial do Maní (R$ 68, permite escolher uma salada, um prato feito e um sorvete feito na casa) e o menu degustação de três cursos (R$ 210, com entrada, prato principal à escolha, sobremesa do cardápio e um belisquete surpresa).

Vai lá:
Rua Joaquim Antunes, 210, Jardim Paulistano, São Paulo.
Terça a quinta, das 12h às 15h e das 20h às 23h30.
Sexta, das 12h às 15h e das 20h30 à 0h.
Sábado, das 13h às 16h e das 20h30 à 0h.
Domingo, das 13h às 16h.
Telefone: (11) 3085-4148 / 3064-0640
Veja o cardápio no site.

Bar da Dona Onça

O Bar da Dona Onça é liderado por Janaína Rueda, que também é sócia da Casa do Porco, da Sorveteria do Centro e do Hot Pork - Divulgação
O Bar da Dona Onça é liderado por Janaína Rueda, que também é sócia da Casa do Porco, da Sorveteria do Centro e do Hot Pork
Imagem: Divulgação
No Copan, um dos mais importantes e emblemáticos edifícios da cidade de São Paulo, o Bar da Dona Onça é liderado por Janaína Rueda (também sócia da Casa do Porco, da Sorveteria do Centro e do Hot Pork). Por meio do projeto "Cozinheiros pela Educação", do governo de São Paulo, Janaína ajudou voluntariamente a reformular a merenda servida nas escolas estaduais, substituindo produtos industrializados por outros in natura. No Bar da Dona Onça, prioriza produtores locais e alimentos frescos. Entre as sugestões para experimentar estão o ensopado de codeguim com lentilha de puy e arroz soltinho (R$ 59), o tartar de atum com abacate, brotos e flores (R$ 36), o raviolini de lagostin com molho bisque, camarão e fava fresca (R$ 69) e o creme de papaia com calda de guariroba (R$ 24).

Vai lá:
Avenida Ipiranga, 200, República (dentro do Edifício Copan), São Paulo.
Segunda a quarta, das 12h às 23h30.
Quinta a sábado, das 12h à 0h30.
Domingo, das 12h às 17h30.
Telefone: (11) 3257-2016

Carlota

Carla Pernambuco e a equipe do restaurante Carlota - Divulgação
Carla Pernambuco e a equipe do restaurante Carlota
Imagem: Divulgação
Gerido por Carla Pernambuco, o Carlota é um bistrô brasileiro que funciona há mais de 20 anos em um sobrado de tijolinhos brancos em Higienópolis. O cardápio está em constante transformação (embora com pratos fixos), com novidades toda semana, criadas pela parceria de Carla com sua afinada equipe. Essa sintonia já rendeu ao restaurante uma citação na lista Hot Tables, da revista "Conde Nast Traveler", como um dos 50 melhores restaurantes do mundo. Entre os pratos queridinhos da casa estão o polvo na brasa com grão de bico (temperado com chorizo espanhol, aspargos e toque de garam masala, R$ 110) e o Beef Wellington com risoto de parmesão, queijo coalho, rúcula e molho poivre (R$ 93). Para a sobremesa, o souflê de goiabada com calda de Catupiry (R$ 34) é imperdível. 

Nas noites de terça a sábado, dá para pedir o menu degustação em cinco tempos, nas opções tradicional (R$ 145, com rolinho vietnamita, ceviche de atum, camarões na brasa com risoto de parma, tagliatta de filet mignon com aipim crocante e molho roti com jambu, torta de limão e suflê de goiabada) ou vegetariana (R$ 130 -- rolinho vietnamita, tartar de tomates assados levemente defumados com mussarela de búfala e tostadas da casa, nhoque de banana da terra sem glúten com molho de moqueca vegana e chips de banana, risoto de arroz negro com açafrão iraniano e cogumelos assados, torta de limão e suflê de goiabada).

Também rolam brunches aos domingos, das 12h às 14h30. São dois cardápios apetitosos (R$ 88 cada): salmão curado, pão de grãos, ovos mexidos com tomates, pannacotta de kefir, frutas, granola e mel, acompanhado de kombucha de gengibre, suco de tangerina com romãs e café expresso; ou tortilla de cogumelos, pão de grãos, salada grega, pannacotta com Kefir, frutas, mel e granola, acompanhado de kombucha de gengibre, suco de tangerina com romãs e café expresso.

Vai lá:
Rua Sergipe, 753, Higienópolis, São Paulo.
Terça a quinta, das 12h às 15h30 e das 19h às 23h.
Sexta, das 12h às 15h30 e das 19h às 23h30.
Sábado, das 12h à 16h30 e das 19h às 23h30.
Domingo, das 12h às 16h30.
Telefone: (11) 3663-0911 / 3661-8670 / 3661-9465

Cultura e lazer