PUBLICIDADE

Topo

Podcast

Sexoterapia

A sexóloga Ana Canosa e a jornalista Marina Bessa conduzem o papo sobre sexo e relacionamento.


Sexoterapia

SEXOTERAPIA#48: "Estou na menopausa e perdi a libido. Vou voltar a gostar de sexo?"

de Universa

19/03/2021 04h00

"Comecei a ter sintomas da menopausa há uns seis meses: dores de cabeça, muito suor, secura vaginal, irritação, desânimo. Desde então, parece que meu fogo se apagou. Não tenho mais vontade de transar com meu marido e às vezes penso que meu papel como mulher talvez tenha acabado. Espero que, com o tempo, minha vida sexual tenha um novo fôlego. Será que um dia vou voltar a ter interesse por sexo?".

A história da Solange*, 49 anos, de Cuiabá foi discutida no episódio do podcast Sexoterapia dedicado a discutir desejo e sexualidade na menopausa. Cerca de 50% das mulheres terão sintomas desagradáveis com o fim de sua capacidade reprodutiva. E esses sintomas podem envolver diminuição do desejo sexual, redução da lubrificação vaginal, além de cansaço, calores, falhas de memória, perda da qualidade do sono, entre outros.

Por isso, é comum que as mulheres reclamem de falta de libido. Nesses momentos, segundo a sexóloga Ana Canosa, apresentadora do podcast, é preciso colocar o desejo responsivo na frente — ou seja, trabalhar ativamente pelo seu desejo. "Isso vale para qualquer fase da vida em que há falta de desejo espontâneo nos relacionamentos amorosos, mas só funciona se você tiver tido uma boa vida sexual até aqui e continue privilegiando o sexo no seu dia a dia", diz Ana. "Se você gosta de sexo, vai buscar soluções para os problemas físicos e se disponibilizar para continuar mantendo uma atividade que você gosta e que te dá prazer."

Segundo ela, a falta de desejo na menopausa tem a ver com as mudanças físicas e também com a queda do ímpeto biológico do desejo, ambas consequências da falta de estrogênio. A ginecologista Elsa Gay, coordenadora do ambulatório de sexualidade feminina do Hospital das Clínicas de São Paulo, lembra, no entanto, que a falta de desejo muitas vezes não está relacionada apenas a fatores ligados ao climatério e à menopausa. "É preciso investigar outros aspectos: como está o relacionamento, como está a saúde, como está a parte erétil do parceiro, como está o carinho entre os dois?", diz.

Ela concorda que fazer sexo com dor não é agradável para ninguém, e isso pode ser resolvido com o ginecologista. Mas ressalta que a questão é multifatorial. "Mulheres na menopausa precisam mais do que de reposição hormonal, uma reposição afetiva", diz.

Para saber mais:

  • Livros: A origem do mundo, uma história cultural da vagina ou a vulva vs. o patriarcado (Liv Strömquist); Menopausa bem vivida: o guia definitivo para se sentir bem e radiante na pré-menopausa, na menopausa e depois dela (Liz Earle)
  • Filme: Padman - o homem absorvente (Netflix); Mini-doc sobre menopausa, do SHEt_alks
  • Redes sociais: @SHEt_alks

Acompanhe o Sexoterapia

Menopausa é o tema do sétimo episódio da sexta temporada do podcast Sexoterapia, que trata da sexualidade nas diferentes fases da vida.

Nesse episódio, as apresentadoras Marina Bessa, jornalista, e Ana Canosa, sexóloga, recebem a atriz Mônica Martelli.

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição de áudio. Você pode ouvir Sexoterapia, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube —neste último, também em vídeo.

Sexoterapia