PUBLICIDADE

Topo

Sexoterapia #45: "Eu quero ter filho, mas a minha companheira não. Como resolver esse dilema?"

de Universa

26/02/2021 04h00

"Quando eu e a Katia nos conhecemos, tínhamos a mesma opinião sobre maternidade: aquilo não era para gente. A gente concordava que ter filhos significava abrir mão de uma parte da vida em função da criança, e isso não se encaixava nos nossos planos. Mas dez anos se passaram e, hoje, perto dos 40, mudei de ideia. Essa chavinha foi virando aos poucos dentro de mim, e agora tenho certeza: eu quero ser mãe. O problema é que a Katia continua não querendo e isso está virando um problema enorme entre a gente. A gente se ama muito, mas não sei se, nesse caso, o amor vai ser suficiente para manter a relação."

Esse dilema, de uma mulher em conflito com sua companheira sobre ter ou não filhos, foi exposto no episódio 45 do podcast Sexoterapia, que aborda o tema sexo e relacionamento durante a gravidez e o puerpério. Confira o episódio completo no vídeo acima.

"Esse é um dilema muito profundo e complexo, porque ter um filho é um projeto de longo prazo, que envolve afeto e muda a vida de um casal", diz Ana Canosa, sexóloga a apresentadora do podcast.

Segundo ela, e de acordo com a sua experiência clínica, os casais que se amam muito e passam por esse dilema normalmente não se separam — aquele que não quer ter filho acaba cedendo. "É muito difícil você se separar de alguém que você ama muito para ir atrás de alguém que possa realizar sua vontade de ter filhos. Talvez você encontre essa pessoa, talvez não. Abrir mão do que se tem, de uma história, não é uma decisão simples", diz Ana.

Por outro lado, há pesquisas que indicam que o lado que cede costuma passar por um arrependimento. "Isso não significa que não haja amor pelo filho, mas que há o arrependimento de ter cedido. Porque toda vez que houver uma frustração, um cansaço — e isso vai acontecer o tempo todo — ele vai se lembrar que aquilo não foi uma escolha dele."

Para saber mais:

  • Livros: Você nunca mais vai ficar sozinha (Tati Bernardi); Por que ter filhos? (Jessica Valenti); Expecting Better: why the conventional pregnancy wisdom is wrong, and what you really need to know (Emily Oster)

Acompanhe o Sexoterapia

Gravidez e puerpério é o tema do quarto episódio da sexta temporada do podcast Sexoterapia, que trata da sexualidade nas diferentes fases da vida.

Nesse episódio, as apresentadoras Marina Bessa, jornalista, e Ana Canosa, sexóloga, recebem a apresentadora Titi Müller.

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição de áudio. Você pode ouvir Sexoterapia, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube —neste último, também em vídeo.