PUBLICIDADE

Topo

Sexoterapia #42: "Minha filha de 3 anos não tira a mão da vulva. Como eu devo agir?"

Mais Sexoterapia
1 | 25
Siga a Universa no

de Universa

05/02/2021 04h00

É muito comum que a partir dos três anos as crianças comecem a descobrir o corpo e o prazer corporal. É o que afirma a sexóloga e educadora sexual Ana Canosa no episódio de estreia da sexta temporada do podcast Sexoterapia, que fala sobre a descoberta da sexualidade na infância (ouça no arquivo acima). Ana explica que algumas crianças não passam por essa fase, e que outras podem se fixar nela por algum tempo, mas que o comportamento está dentro do esperado para a idade. "É importante esclarecer que isso não tem nenhuma relação com erotismo. Crianças pequenas não têm incremento da fantasia sexual. Não se "masturbam", repetem um movimento de prazer", afirma.

Cada criança lida com essa descoberta do prazer de uma forma diferente, e o contexto em que a criança está crescendo precisa ser levado em conta para entender se ela está se desenvolvendo de uma forma saudável. "É preciso avaliar o todo. Se a criança brinca, se faz esporte, se tem outros estímulos em seu dia a dia", explica.

Se sua filha ou filho pequeno descobriu que tocar os genitais é prazeroso e anda explorando essa possibilidade, a orientação é agir com naturalidade — o que não quer dizer não ensinar limites. "Os pais não devem repreender; podem inclusive reforçar que é gostoso, mas ensinar que há lugares e situações mais adequadas e íntimas. E vai ser preciso repetir essa orientação muitas vezes, até ela assimilar", diz.

Para saber mais:

  • Livros: "Mamãe o que é sexo?", Lilian Macri; "Pipo e Fifi- prevenção de violência sexual na infância", Carolina Arcari e Isabela Santos
  • Site: Pipo e Fifi (https://www.pipoefifi.org.br), Lena Vilela (https://www.lenavilela.com.br)
  • Filme: Billy Eliot (2000)
  • Revista: Dossiê Superinteressante: "Como explicar o mundo para as crianças"

Acompanhe o Sexoterapia

Infância é o tema do primeiro episódio da sexta temporada do podcast Sexoterapia, que vai falar sobre a sexualidade nas diferentes fases da vida.

Nesse episódio, as apresentadoras Marina Bessa, jornalista, e Ana Canosa, sexóloga, recebem a escritora e podcaster Tati Bernardi.

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição de áudio. Você pode ouvir Sexoterapia, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube —neste último, também em vídeo.