Topo

Autoestima


Bella Thorne reflete sobre aceitação e passado: "Fui molestada a vida toda"

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

De Universa

20/08/2019 19h21

Bella Thorne compartilhou hoje (20) uma foto em seu Instagram refletindo sobre aceitação e amor-próprio. No texto, escrito por ela, a atriz fala sobre os momentos em que questionou suas próprias capacidades.

"O que há de errado comigo? Por que eu sempre preciso de validação de todos, mas principalmente de homens... Todos continuam me dizendo para ser solteira, ficar sozinha e fazer eu mesma feliz. Mas todas essas coisas soam tão assustadoras para mim. Tudo que eu quero é ele. Eu quero que ele me abrace, eu quero que ele me ame, eu quero que ele me diga que está tudo bem, eu quero que ele me olhe nos olhos e me deixe saber que eu sou aceito. Por quê? Porque eu não posso me aceitar. Por alguma razão na minha cabeça eu não sou tão bom o suficiente. Não é bom o suficiente para ele ou para ela ou qualquer outra pessoa", começou.

Ao longo da narrativa, Bella diz ter sido molestada por toda a sua vida e como esses comportamentos contra ela a prejudicaram psicologicamente e, provavelmente, são responsáveis por tais preocupações.

"E se não for ele, eu apenas procuro pelo 'próximo'. Por que não posso simplesmente procurar o próximo eu? Me encontrar e me aceitar. Foi porque fui molestada a vida toda? Exposta ao sexo em uma idade tão jovem, é tudo o que sei oferecer ao mundo ... ou é porque fui criado para pensar que não era bom o suficiente. Não é bom o suficiente para ela ou qualquer outra coisa. Mas não importa o que aconteceu comigo. O que importa é o que está acontecendo comigo agora. Não posso culpar minha infância, na verdade não posso culpar ninguém por nada. Tudo o que posso fazer é me culpar. Eu me culpo por não me amar. Eu me culpo por não pensar que sou atraente, eu me culpo por colocar isso em todos ao meu redor. Esperar que as pessoas me amem o suficiente para eu me ama", continuou.

A atriz conclui o texto dizendo que pretende aceitar a si mesma, aos poucos: "Mas no final do dia isso nunca acontecerá. Porque a única maneira de chegar ao seu objetivo final é trabalhar com isso. Não encontrando um código de fraude para que você não tenha que se machucar tanto. Você tem que ferir neste mundo. Ferindo, amando e aceitando. Isso é o que o nosso mundo emocional estabelece. Agora eu só tenho uma dessas coisas. Você consegue adivinhar o que é? Machucando. Agora eu só me machuquei, mas eu não estou sofrendo por outras pessoas, não, eu só estou me machucando. Por não me amar e por não me aceitar. Normalmente, esses pedaços de escrita de mãos livres... eles têm um fim, mas eu não tenho um fim. Eu ainda estou descobrindo isso como sempre. Então está tudo bem? Não há problema em saber qual é o seu objetivo final, mas não há absolutamente nenhuma maneira ou ideia de como alcançá-lo. Provavelmente não é, mas só posso começar aceitando".