PUBLICIDADE

Topo

Meghan incentiva mulheres a calarem 'ruído' da internet com positividade

Meghan Markle, duquesa britânica de Sussex, durante transmissão pela internet - Girl Up/The Duchess of Sussex
Meghan Markle, duquesa britânica de Sussex, durante transmissão pela internet Imagem: Girl Up/The Duchess of Sussex

Da Reuters

14/07/2020 17h43

Meghan, a duquesa britânica de Sussex, aconselhou hoje quase 40 mil adolescentes e mulheres jovens de todo o mundo a calarem o barulho negativo às vezes "dolorosamente alto" da internet com positividade.

Em comentários feitos por videoconferência à Cúpula de Liderança Girl Up 2020, da Fundação das Nações Unidas, Meghan observou que a geração à qual se dirigia cresceu com a tecnologia digital e conhece a mídia online melhor do que ninguém.

"Vocês entendem que nosso mundo online tem o poder de afirmar e apoiar tanto quanto de prejudicar", disse a esposa do príncipe Harry, neto da rainha Elizabeth.

"Sempre haverá vozes negativas, e às vezes essas vozes parecem desproporcionais, às vezes elas podem parecer dolorosamente altas", disse.

"Vocês podem e usarão suas próprias vozes para calar o ruído, porque é isso que é, só ruído. Mas suas vozes são aquelas da verdade e da esperança. E suas vozes podem e deveriam ser muito mais altas."

Meghan, Harry e seu filho pequeno, Archie, moram atualmente em Los Angeles. O casal abdicou de suas funções reais no final de março, em parte por causa da intrusão intensa da mídia em suas vidas e dos comentários críticos direcionados a ela.

O público de Meghan incluiu meninas e mulheres de 13 a 22 anos de 172 países.

Ela observou que as mulheres jovens já começaram a realizar mudanças positivas organizando os protestos do movimento Vidas Negras Importam e pleiteando uma reforma da justiça criminal, recursos de saúde mental e medidas para acabar com a violência das armas.

Direitos da mulher