PUBLICIDADE

Topo

Universa

Coleção de Kate Moss provoca filas e elogios em Londres

A top Kate Moss ficou na vitrine da Topshop no pré-lançamento de sua coleção, na segunda (30/4) - Reuters
A top Kate Moss ficou na vitrine da Topshop no pré-lançamento de sua coleção, na segunda (30/4)
Imagem: Reuters

Mike Collett-White, de Londres

01/05/2007 13h55

A supermodelo britânica Kate Moss recebeu críticas entusiasmadas nesta terça-feira sobre sua nova coleção de moda, ajudando a ofuscar algumas farpas vindas de estúdios norte-americanos.

Numa prova de sua popularidade no Reino Unido, consumidores que não quiseram se amontoar nas lojas Topshop em todo o país (havia filas e tumulto nos endereços de Londres) quando a coleção saiu acessavam o site de leilões virtuais eBay para comprar as roupas favoritas.

Especialistas em moda são rápidos em dizer que a coleção de cerca de 50 peças, que foram vendidas a preços entre 24 e 390 dólares, deve ter sido mais inspirada em Moss do que exatamente desenhada por ela.

"Ela preencheu os sonhos de todas as garotas de liberdade em seus guarda-roupas", escreveu Jess Cartner-Morley, editor de moda do jornal "The Guardian". "Em vez de tentar uma coleção conceitual, ela simplesmente lançou os Grandes Sucessos de Kate."

Nesta terça (1), quem fosse à loja só poderia provar oito peças e comprar cinco, para evitar que o estoque acabasse rápido demais.

Universa