Astros de Bridgerton contam como seus personagens saíram da 'friendzone'

Uma das séries mais românticas dos últimos tempos, Bridgerton (Netflix) estreia a segunda parte da terceira temporada nesta quinta (13), um dia depois do Dia dos Namorados no Brasil, comemorado na última quarta (12).

Para dar aquela ajudinha aos solteiros, em entrevista exclusiva a Universa na passagem pelo Brasil, o casal de protagonistas Nicola Coughlan (Penelope Featherington) e Luke Newton (Colin Bridgerton) ajuda os fãs a sair da friendzone.

Luke Newton, como Colin Bridgerton, e Nicola Coughlan, como Penelope Featherington, em Bridgerton
Luke Newton, como Colin Bridgerton, e Nicola Coughlan, como Penelope Featherington, em Bridgerton Imagem: Divulgação/Netflix

NICOLA COUGHLAN

Vimos a relação de Penelope e Colin por duas temporadas. Como foi transformar essa amizade em romance?

COUGHLAN: Foi maravilhoso. É muito bobo, mas eu e Luke trocávamos fotos da temporada 1 o tempo todo, dizendo: "Nós éramos bebês!". Mas sabíamos que éramos adultos bem crescidinhos. Acreditamos na história de amor do casal e investimos nela.

Foi ótimo, mas Colin ficou muito triste em alguns momentos, porque Penelope estava sendo notada por outros homens, e eu falei: "A sensação não é boa, né?". Passei dois anos nos salões de baile com ele, dizendo: "Estou muito triste por ele estar dançando com Cressida".

No começo, quando precisamos fazer a primeira cena romântica em que fiquei hipnotizada pelos olhos dele, tivemos o pior ataque de risos do mundo, que foi ficando cada vez mais ridículo. Eu não conseguia olhar para ele. Nós decidimos ir gradualmente.

Acho que uma das coisas mais importantes para a atuação é a confiança. Luke e eu confiamos muito um no outro, então tivemos a melhor experiência.

Continua após a publicidade

Na sua opinião, qual momento dessa temporada vai empolgar mais o público?

COUGHLAN: Há quatro anos, li o livro Os segredos de Colin Bridgerton, que é muito louco. Tem muitas cenas icônicas para os fãs, como a da carruagem [Parte 1] e a do espelho [Parte 2]. Luke e eu brincamos sobre isso no começo.

Era muito engraçado para nós: éramos bebês na temporada 1 e nem imaginávamos fazer essas cenas. Com o passar do tempo, ficou menos engraçado e mais estressante. Agora, mal posso esperar para ver esse material.

As cenas de amor desta temporada têm um roteiro tão lindo! Fico relembrando as diferentes temporadas e tentando imaginar como será assisti-las. O tema principal da temporada 1 é a paixão. Na 2, é o desejo. Acredito que esta seja muito romântica.

Veremos duas pessoas destinadas a ficar juntas finalmente alcançando isso, o que é maravilhoso.

As danças se tornaram uma parte importante e icônica de Bridgerton. Fale um pouco sobre as danças desta temporada, principalmente os momentos entre Penelope e Colin.

Continua após a publicidade
Nicola Coughlan, como Penelope Featherington, em Bridgerton
Nicola Coughlan, como Penelope Featherington, em Bridgerton Imagem: Divulgação/Netflix

COUGHLAN: As danças de Bridgerton são um dos pontos mais icônicos da série. As gravações das cenas dos bailes são um trabalho repleto de amor, pois levam uma semana, com longas horas de gravação, e envolvem centenas de pessoas, todas cansadas e irritadas com aquele tanto de roupa.

No entanto, quando você vê a dança, tudo isso desaparece. Ela nos relembra o que estamos fazendo e os sentimentos que proporciona.

Eu me lembro de ficar arrepiada ao assistir à dança de Phoebe Dynevor e Regé-Jean Page no fim do primeiro episódio da temporada 1. As danças do casal protagonista são mágicas.

Jack Murphy, nosso coreógrafo, é um gênio. Ele foi uma das primeiras pessoas que conheci da série e sempre foi uma parte importante de Bridgerton para mim. Ele transmite muita mensagem pelas danças.

Como eu disse para Luke, é engraçado, porque os ensaios das danças são bem intensos. Passamos muito tempo olhando nos olhos da outra pessoa. No início, era muito intimidador, mas agora me traz segurança, porque há confiança: sabemos que podemos contar com a outra pessoa e ela com a gente, e tudo vai ficar bem. Foi especial.

Continua após a publicidade

Pudemos assistir à reprodução, algo que normalmente não faço. Em um momento, eu me dei conta: "Nossa, nós realmente somos os protagonistas românticos da temporada".

LUKE NEWTON

Penelope e Colin são amigos há algum tempo. Como foi descobrir a transformação dessa história de amizade em romance? E como foi para você e Nicola interpretarem essa evolução?

NEWTON: Desde o primeiro dia, Nicola e eu sabíamos que havia essa possibilidade de os personagens apresentarem sua história de amor e estávamos entusiasmados com essa transição.

Estávamos curiosos para ver como a série seria roteirizada e como traduziríamos nosso livro em uma história para a série.

Foi muito divertido transformar a dinâmica do relacionamento de Colin e Penelope. Tem sido muito legal trabalhar com Nic, porque nós nos conhecemos há anos. A gente ri e se diverte. Nos momentos em que nos sentimos vulneráveis, nós nos ajudamos.

Continua após a publicidade

Foi legal ter esse tempo para fortalecer nossa amizade antes da nossa temporada, assim, um ajuda o outro no set.

Na sua opinião, o que fez com que Colin finalmente se desse conta de que seu sentimento por Penelope ia além da amizade?

Luke Newton, como Colin Bridgerton, em Bridgerton
Luke Newton, como Colin Bridgerton, em Bridgerton Imagem: Divulgação/Netflix

NEWTON: Acredito que o momento em que Colin se dá conta de que Penelope sempre foi mais do que uma amiga é quando ele percebe que ela é a pessoa que o ouve e o ama por quem ele é, não por quem ele finge ser ou acredita que deveria ser.

Penelope mostra que Colin não precisa ter um propósito e que seu maior valor é ser quem ele é, que é suficiente. Ela é a primeira pessoa que o ajuda a acreditar nisso. É quando ele se dá conta de que sempre a amou. Os acontecimentos da vida não o deixavam ver isso. É legal chegar a esse momento e ver ele finalmente enxergando o que sempre esteve à sua frente.

Como foi a reação de Colin ao novo visual de Penelope (Nicola Coughlan)?

Continua após a publicidade

NEWTON: Eu me lembro do dia em que interpretei a reação de Colin ao novo visual de Penelope. Foi muito legal, porque ele foi a última pessoa do baile que notou.

Ele precisa ser discreto, então foi muito divertido. É incrível, porque Nicola se senta ao meu lado na caracterização e conversamos sobre a evolução dos nossos personagens e as nossas jornadas.

Gosto muito da forma como os dois personagens se transformaram juntos. Penelope instigou o lado ostensivo de Colin.

Todos os livros Os Bridgertons

O terceiro livro da série de Julia Quinn foca na busca amorosa de Benedict Bridgerton.

Divulgação

Divulgação

No livro 2, a história gira em torno de Anthony, o filho mais velho, que busca uma esposa.

Divulgação

Divulgação

O livro 1 da série "Bridgerton" trata do casamento de Daphne Bridgerton.

O livro quatro da série de Quinn fala da evolução na amizade de Penelope e Colin Bridgerton.

Divulgação

Divulgação

O quinto livro da coleção trata do encontro amoroso de Eloise Bridgerton.

Divulgação

Divulgação

O livro 6 da coleção Bridgerton fala de Francesca, que já debutou na sociedade e busca um marido.

Divulgação

Divulgação

No volume sete da coleção, Quinn volta as atenções para Hyacinth, a filha mais nova da família.

Divulgação

Divulgação

O penúltimo livro da séria conta sobre o casamento de Gregory.

A pedido dos fãs, a autora preparou um livro especial contando o que aconteceu após o "final feliz" de todos os membros da família Bridgerton, incluindo Violet.

Ao comprar pelos nossos links, ganhamos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. O UOL não é dono nem participa da comercialização dos produtos oferecidos neste conteúdo. Dessa forma, não nos responsabilizamos pelos itens anunciados.

Deixe seu comentário

Só para assinantes