Topo

Desatenção e nervosismo: como os quatro elementos influenciam mapa astral

Os quatro elementos compõem a natureza Imagem: Pixabay

Camila Eiroa

Colaboração para Universa

19/05/2022 04h00

Não é só na astrologia, nem só na magia que os quatro elementos estão presentes. Ar, água, terra e fogo são responsáveis pela criação da variedade infinita da vida e, mais do que isso, permitem identificar as energias que temos mais afinidade e aquelas que temos mais dificuldade de lidar.

De acordo com o mapa astral, é possível fazer uma análise de quais elementos estão mais ou menos ativados em cada pessoa. Isso ocorre porque todos possuem os quatro elementos em sua configuração astrológica, mas alguns deles podem estar mais equilibrados e outros menos.

"Os quatro elementos carregam características únicas que ajudam a construir nossa essência. Através do posicionamento dos planetas no mapa astral, podemos compreender qual o elemento predominante em cada pessoa e qual está em falta dentro dessa configuração", explica a astróloga Sara Koimbra.

Segundo ela, a interação entre os elementos nos mostra o ciclo natural da vida, onde nosso primeiro impulso é a busca pela identidade, seguido da busca por segurança material, da construção da nossa estrutura e, por fim, a necessidade de compreender e acolher nossas emoções.

"Esse ciclo se refaz diversas vezes e, quando é interrompido, gera desequilíbrio ou estagnação na nossa vida. Portanto, a interação entre os elementos traz o movimento natural para que possamos estar sempre no nosso caminho de evolução, usando nossas características mais presentes para lidar com desafios e para aproveitar as oportunidades de crescimento", diz Sara.

A astróloga frisa que a interação entre os quatro elementos é necessária para nossa sobrevivência, pois nos nutrimos da terra, pensamos e comunicamos através do ar, nos movimentamos e criamos através do fogo, e, por fim, sentimos e intuímos através da água.

Os signos e os elementos

Os signos são subdivididos dentro dos quatro elementos e quando os planetas estão posicionados em determinado signo, interpretam a característica daquele elemento. Portanto, Sara explica que quem vibra na energia de determinado elemento são os signos e não os planetas.

"No mapa astral, começamos sempre analisando onde Sol, Lua e ascendente estão posicionados. Esses aspectos terão peso 3 na somatória dos elementos. Em seguida vem Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno com peso 2 e Urano, Netuno, Plutão e Meio do Céu com peso 1. Feito isso, fragmentamos cada planeta em seu elemento correspondente para compreender qual elemento está em destaque", diz.

A astróloga faz questão de deixar claro que o Sol é um dos posicionamentos mais importantes no mapa, mas não define completamente a identidade da pessoa. Sendo assim, uma pessoa não é o elemento do seu signo solar. Pelo contrário, pode ter outros elementos sem mais destaque. Portanto, é preciso analisar o mapa astral como um todo para saber qual o elemento predominante.

Excesso ou falta?

Ter um elemento em excesso significa ter mais contato com uma determinada energia e mais facilidade para usá-la no dia a dia. Já um elemento em falta pode mostrar as qualidades que a pessoa tem dificuldade de acessar, os tipos de atividade que faltam e o que precisa de maior esforço para ser atingido.

"Através da análise do mapa astral, que é onde identificamos os posicionamentos planetários nos signos, conseguimos identificar os problemas que têm desafiado a pessoa durante toda sua jornada. A pessoa não irá deixar de ter o desequilíbrio dos elementos do mapa, mas identificá-lo permitirá ter uma compreensão maior do que precisa ser trabalhado e integrado em sua vida", destaca Sara.

Quando há conhecimento do que está em desequilíbrio e do que a falta ou o excesso de um elemento causa, é possível buscar práticas e técnicas que auxiliam a trabalhar o que está prejudicando. Para a astróloga, através do autoconhecimento e da espiritualidade é possível ter mais clareza sobre qual caminho seguir para alcançar a harmonia.

Veja abaixo os sinais de equilíbrio ou desequilíbrio de cada elemento e como eles podem ajudar no dia a dia.

Elemento Fogo

Signos: Áries, Leão e Sagitário

Excesso: atitudes impensadas, agressividade, inquietação, ansiedade, dificuldade de focar em apenas uma atividade, exageros e abuso da energia diária.

Falta: desânimo, medo, falta de confiança na própria decisão, dificuldade de agir frente aos desafios e procrastinação.

Quando trabalhar: quando é preciso coragem e determinação para fazer as mudanças necessárias. Ajuda a direcionar a energia onde é preciso movimento.

Elemento Terra

Signos: Touro, Virgem e Capricórnio

Excesso: valores materiais, dificuldade de exercer o lado criativo, rigidez, teimosia, orgulho, dificuldade de se movimentar e conformismo.

Falta: irresponsabilidade, fuga da realidade, falta de honra com os compromissos, dificuldade de se organizar e falta de disciplina.

Quando trabalhar: quando é preciso mais razão, aterramento e pés no chão. Ajuda a estruturar aquilo que está incompleto. Permite cuidar do corpo físico.

Elemento Ar

Signos: Gêmeos, Libra e Aquário

Excesso: pessoa extremamente comunicativa, mas com dificuldade de focar nas prioridades. Curiosidade, ansiedade, esgotamento mental e mente inquieta que busca explicação para tudo.

Falta: Pessoa que não gosta de pensar e de questionar, tem dificuldade de interagir e de se relacionar, falta de percepção e falta de reflexão ou percepção.

Quando trabalhar: quando é preciso incentivar o campo mental, ter foco e concentração. Também indicado para dissipar estagnações.

Elemento Água

Signos: Câncer, Escorpião e Peixes

Excesso: pessoa facilmente influenciada, extremamente sensível, introspectiva e tímida. Pensa mais com a emoção do que com a razão. Intuição bastante aguçada.

Falta: há dificuldade de entrar em contato com as próprias emoções e de expressar o que sente. Carência emocional, enxergar as emoções como fraqueza e dificuldade de se conectar espiritualmente também são sinais.

Quando trabalhar: quando é preciso deixar as emoções fluírem ou simplesmente acessá-las quando há inflexibilidade de pensamentos. Para atrair intuição.

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Desatenção e nervosismo: como os quatro elementos influenciam mapa astral - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL


Alto Astral