PUBLICIDADE

Topo

Universa

Mariliz: Vazamento sobre aborto nos EUA pode manipular opinião pública

Colaboração para o UOL

03/05/2022 09h30Atualizada em 03/05/2022 11h13

Na avaliação da jornalista Mariliz Pereira Jorge, comentarista do UOL News, o vazamento de um rascunho da Suprema Corte dos EUA indicando que o órgão poderia derrubar o direito ao aborto sugere uma tentativa de manipulação da opinião pública.

"Essa questão de vazamento é uma coisa serííssima. Uma vontade de já começar a manipular a opinião pública dos EUA, que tem grande parte conservadora", analisou, durante o UOL News hoje.

De acordo com a agência de notícias Reuters, o texto é assinado pelo juiz conservador Samuel Alito, com data de 10 de fevereiro, teria circulado pelo tribunal e foi divulgado hoje pelo site Politico.

Segundo a reportagem, outros quatro juízes conservadores teriam endossado a posição de Alito, indicado pelo ex-presidente George W. Bush para a mais alta corte do país em 2006. Os magistrados da ala progressista estariam tentando convencer os colegas a mudar de posição.

"É um retrocesso muito grande. Acho que tem grande chance de acontecer, pela formação que a gente tem hoje na Suprema Corte americana", acrescentou Mariliz.

Universa