PUBLICIDADE

Topo

Direitos da mulher

Malala celebra formatura em Oxford nove anos após sofrer atentado

A ativista paquistanesa Malala Yousafzai comemora graduação em Oxford  - Reprodução Instagram
A ativista paquistanesa Malala Yousafzai comemora graduação em Oxford Imagem: Reprodução Instagram

Júlia Flores

De Universa

27/11/2021 11h27

Na tarde desta sexta-feira (26), a ativista paquistanesa Malala Yousafzai, de 24 anos, compartilhou imagens de sua cerimônia de colação de grau no curso de filosofia, política e economia na Universidade Oxford, na Inglaterra, uma das instituições de ensino mais consagradas do mundo.

Ela já havia concluído o curso em junho de 2020, mas, por causa da pandemia de covid-19, a cerimônia de graduação teve que ser adiada. Malala ficou internacionalmente conhecida depois de ter sido baleada, aos 15 anos, pelo grupo terrorista Talibã.

O atentado aconteceu em outubro de 2012. Homens mascarados do Talibã invadiram um ônibus cheio de crianças em direção à escola e dispararam contra a cabeça de Malala. Ela sobreviveu junto com outras duas garotas.

Depois de assumir a autoria do atentado, o grupo Talibã afirmou que Malala representava os valores do Ocidente, ameaçando-a novamente de morte. Por isso, ela e a família se refugiaram na Inglaterra. Desde então, a paquistanesa se consagrou como uma das principais ativistas em defesa da equidade de gênero e do acesso à educação.

Em outubro de 2014, a ativista ganhou o Nobel da Paz "pela sua luta contra a supressão das crianças e jovens e pelo direito de todos à educação". Com isso, Malala se tornou a mais jovem ganhadora do prêmio. Nas imagens da formatura, que aconteceu nove anos depois do atentado, ela posa com os pais Ziauddin Yousafzai e Toor Pekai Yousafzai, duas amigas da faculdade e com seu marido Asser Malik, com quem se casou recentemente.

Direitos da mulher