PUBLICIDADE

Topo

Sexo

Vídeos mostram como funciona 1ª camisinha unissex: 'Grudenta e invisível'

Vídeos mostram como camisinha unissex funciona  - Reprodução/YouTube
Vídeos mostram como camisinha unissex funciona Imagem: Reprodução/YouTube

De Universa, em São Paulo

07/11/2021 04h00Atualizada em 07/11/2021 14h04

O preservativo unissex Wondaleaf, desenvolvido por John Tang Ing Ching, um ginecologista da Malásia, ganhou os seus primeiros vídeos promocionais que mostram como funciona na prática a camisinha em cada tipo de corpo.

Nas imagens, é possível observar que o preservativo tem uma cobertura adesiva de um lado e, com o seu formato dinâmico, ele ser tanto utilizada para dentro da vagina quanto para envolver o pênis e a bolsa escrotal.

Ele é feito de poliuretano, um material fino e transparentemente usado em uma variedade de produtos domésticos, incluindo espuma para móveis, de acordo com o American Chemistry Council.

Este material também é à prova d'água e, segundo Tang, permite uma maior sensibilidade. Além disso, o adesivo que vem com o preservativo garante que ele permaneça no lugar e possa ser usado antes que o pênis esteja ereto.

O médico espera que o preservativo ajude as pessoas a terem um melhor controle sobre sua saúde sexual, independentemente do seu gênero ou orientação sexual.

A caixa em que vem o produto contém duas unidades além de lubrificantes, que podem ser utilizados tanto para a inserção da camisinha quanto para a própria relação sexual.

Eles serão vendidos em embalagens de dois por US$ 3,61 (cerca de R$ 20 na cotação atual) e devem estar disponíveis comercialmente na Malásia em dezembro.

O Wondaleaf ainda está realizando testes clínicos para atender aos padrões internacionais de segurança e disponibilizar o preservativo em todo o mundo.

"Após colocá-lo, muitas vezes você não percebe que ele está lá. Estou bastante otimista de que, com o tempo, será um acréscimo significativo aos muitos métodos anticoncepcionais usados no mundo na prevenção de gravidez e também de doenças", acrescentou o ginecologista.

Recentemente, uma alemã se destacou com um método de esterilização masculina, que banha os testículos dos homens com ultrassom, em uma técnica que pode revolucionar o mundo dos contraceptivos.

Sexo