PUBLICIDADE

Topo

Beleza

Dia Mundial da Psoríase: como usar make e que cuidados tomar com a pele

"O uso de make está liberado e qualquer tipo de tratamento de skincare é possível, desde que não existam lesões de psoríase em atividade no local da aplicação dos produtos", explica a dermatologista Luciana de Abreu - iStock
"O uso de make está liberado e qualquer tipo de tratamento de skincare é possível, desde que não existam lesões de psoríase em atividade no local da aplicação dos produtos", explica a dermatologista Luciana de Abreu Imagem: iStock

Karina Hollo

Colaboração para Universa

29/10/2021 04h00

Hoje (29) é Dia Mundial da Psoríase. No Brasil existem mais de cinco milhões de portadores de psoríase, doença classificada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como inflamatória crônica, grave e não transmissível. Ela ainda não tem cura, mas existem muitos tratamentos que podem ajudar a aliviar os sintomas — lesões na pele, descamações e vermelhidão — em qualquer parte do corpo, mas, principalmente, em joelhos e cotovelos.

Um dos principais incômodos da psoríase é em relação à qualidade de vida e ao preconceito pelo qual passa quem tem a doença. Não é incomum a pessoa preferir usar roupas longas, que cubram as lesões, e evitar ir à praia, à piscina, ao spa e ao salão de cabeleireiro. Como na maioria dos casos, o diagnóstico e o tratamento precoce, comandados pelo dermatologista, aumentam a rapidez no controle das crises. É comum rolar dúvidas como: quem tem psoríase pode usar maquiagem? São necessários produtos específicos? O skincare para quem tem psoríase é diferente? Universa conversou com especialistas para tirar as principais dúvidas sobre o tema.

Rotina de skincare

"Claro que o uso de make está liberado e qualquer tipo de tratamento de skincare é possível, desde que não existam lesões em atividade no local da aplicação dos produtos, principalmente os que irritam mais a pele, como ácidos e secativos para acne", explica Dra. Luciana de Abreu, dermatologista da clínica Dr André Braz, do Rio de Janeiro.

A especialista afirma que a rotina de skincare pode envolver a sequência básica de cuidados como: sabonete adequado para o tipo de pele, séruns antioxidantes com vitamina C, hidratantes e filtro solar. "De noite, a rotina pode incluir o uso de ácidos e renovadores celulares com efeito antirrugas e anti-idade", diz.

"No rosto com lesão ativa, utilize um creme ou sérum hidratante que contenha substância calmante, como aloe vera", indica Iwyna Franca Vial, dermatologista com foco em psoríase. Antes de aplicar no rosto todo, teste os produtos em uma pequena área não afetada pela psoríase. Se algum produto causar irritação ou queimação, não utilize e converse com seu médico.

Cosméticos que tenham componentes hipoalergênicos e também anti-inflamatórios naturais em suas fórmulas são os ideais. "Por exemplo, produtos à base de leites vegetais, óleo de semente de uva ou de macadâmia", fala Iwyna. Escolha um bom hidratante hipoalergênico para pele sensível e primer com textura siliconada.

Além do skincare como protocolo domiciliar, protocolos a laser podem ser grandes aliados. "O uso do laser como calmante tem ajudado muito no controle das lesões", diz a dermatologista.

Make aliada

Apesar de nem sempre a psoríase afetar o rosto, quando isso acontece é comum aparecer na parte superior da testa, acima das sobrancelhas e das pálpebras e até dos lábios. "Por isso, a maquiagem pode ser uma aliada na vida de quem sofre com as lesões. Usada com moderação, pode ajudar a neutralizar a aparência e a vermelhidão", fala Iwyna. Ela ensina a preparar a pele: "Limpe bem o rosto com um sabonete suave e lembre-se de hidratar a pele com produtos que tenham ação calmante. Isso pode minimizar descamação e vermelhidão e ainda ajuda a maquiagem a ficar mais suave e durar mais tempo".

Para evitar deixar em evidência a descamação no local das lesões, é melhor optar por bases faciais e corretivos cremosos ou fluidos. As maquiagens com textura matificante ou em pó podem deixar uma aparência craquelada e provocar mais irritação. Além disso, procure produtos sem perfume, hipoalergênicos, com menor probabilidade de irritar a pele.

Super dica: o corretivo verde neutraliza as manchas vermelhas, use-o antes da base. Outra aliada em muitas ocasiões é a água termal. Borrife uma boa quantidade dela bem geladinha antes da make, vai acalmar a pele. Ela pode ser reforçada ao longo do dia com algumas borrifadas sobre o rosto, mesmo por cima da maquiagem. Isso ajuda a manter a pele hidratada, além de ter ação calmante.

Você precisa ainda se proteger contra o sol. E, nessa hora, vale apostar em um multifuncional com FPS, para aplicar menos produtos. "E sempre, sempre remova a maquiagem. Nunca durma com ela. Mas atenção: produtos com álcool podem agravar as lesões. Prefira os cremes de remoção de maquiagem para peles sensíveis, de preferência demaquilante de base oleosa. Escolha um sabonete suave para a limpeza, reidrate após a lavagem e evite esfoliantes", finaliza Iwyna.

Beleza