PUBLICIDADE

Topo

Sexo

Quando o casal se afasta, é possível voltar a esquentar as coisas na cama?

Especialistas defendem sexo com hora marcada - iStock
Especialistas defendem sexo com hora marcada Imagem: iStock

Heloísa Noronha

Colaboração para Universa

20/10/2021 04h00

A rotina corrida, o excesso de trabalho e de preocupação com os filhos e mágoas acumuladas e reprimidas tendem a afastar um casal. Isso sem contar, é claro, as preocupações, restrições e demandas dos últimos tempos envolvendo a pandemia. Um belo dia, os dois se dão conta de que estão distantes: só conversam assuntos relativos à organização doméstica, a cumplicidade e as demonstrações de carinho ficaram em segundo plano e não fazem sexo há milênios. Há boa vontade em tentar consertar as coisas, mas como reacender a chama na cama quando a intimidade está comprometida?

Para Jéssica Siqueira, sexóloga da plataforma Sexo sem Dúvida, essa "chama" se apaga quando tudo se torna prioridade, menos o sexo. "As relações sexuais acabam ficando sempre para depois. A verdade é que, após um dia corrido e cansativo, dificilmente o par irá pensar em sexo. Seria interessante, nessa tentativa de reconstruir a relação, separarem um tempo específico para isso", comenta.

Sexo com hora marcada

Agendar o sexo também é uma estratégia defendida pela psicóloga Marina Simas de Lima, sócia-diretora do Instituto do Casal, em São Paulo (SP). "Precisa ser combinado como estabelecer um tempo para estarem juntos, a sós e focados um no outro."

Marcar dia e horário para transar tem a finalidade de estabelecer as conexões afetivas e sexuais. É um momento em que os dois podem viver plenamente o presente.

"Vale reforçar: o sexo pode ser mais malhação do que inspiração em alguns momentos da vida, então ambos devem se esforçar", diz.

Sexo - Prostock-Studio/ Istock - Prostock-Studio/ Istock
Como reacender a chama na cama quando a intimidade está comprometida?
Imagem: Prostock-Studio/ Istock

Marina lembra que quanto mais se faz sexo, mais se quer fazer. "Isso ajuda a sair do padrão mecânico e visa estabelecer novos padrões, vivências de fantasias que estimulam a resposta sexual e a estimular o desejo e o erotismo. Além disso, ir para a cama sem ter que obrigatoriamente transar pode contribuir para o resgate da intimidade", completa.

Abrir o jogo é fundamental

No ponto de vista de Jéssica, a melhor forma de resgatar essa intimidade é conversando sobre sexo, sobre o que cada um gosta e as fantasias que cada um tem, mas de uma maneira realista e respeitando a crise que o casal vem atravessando. "Entenda que estão vivendo um momento de resgate dessa intimidade e se começarem a se cobrar por uma performance e qualidade excelente vão ficar ainda mais frustrados", afirma.

sexo casal - Getty Images - Getty Images
Conversar sobre sexo é a melhor forma de resgatar a intimidade, dizem especialistas
Imagem: Getty Images

O problema aqui não é um ter mais expectativas do que o outro, e sim a cobrança que pode acontecer quando essas expectativas estão maiores do que é possível fazer. Reconhecer isso, respeitar o tempo do outro é o segredo para que tudo caminhe bem.

De acordo com Eduardo Perin, psiquiatra pela Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) e especialista em Sexualidade pelo InPaSex, a vida sexual para a grande maioria dos casais reflete a vida fora da cama. "Quando não estão bem um com o outro na relação, o sexo fica prejudicado", observa ele, que recomenda que os problemas do relacionamento sejam discutidos e, se possível, resolvidos antes da tentativa de consertar as coisas na cama.

Muitas vezes, para melhorar a qualidade da transa é preciso investir em demonstrações de afeto, carinho, segurança, cumplicidade, construção de projetos juntos. Enfim, para melhorar na cama precisa começar fora da cama.

Marina Simas de Lima, sócia-diretora do Instituto do Casal

Perin comenta que voltar a transar após um período de distanciamento emocional e sexual pode ser meio esquisito e até mecânico nas primeiras vezes. "Uma sensação de estar forçando a barra é comum. Porém, se houver interesse de ambos, o sexo vai se tornando natural com o passar do tempo e a intimidade retorna. Com isso, podem ter uma relação boa e saudável novamente", conclui.

Sexo