PUBLICIDADE

Topo

Sexo

Posição sexual mais perigosa do mundo existe: cowgirl invertida

A maioria dos casos de fratura peniana ocorre quando a mulher está por cima  - Lese Pierre
A maioria dos casos de fratura peniana ocorre quando a mulher está por cima Imagem: Lese Pierre

Rafaela Polo

Colaboração para Universa

18/10/2021 04h00

Já pensou precisar interromper o sexo para ir ao Pronto-Socorro? Não tem nada mais anticlímax do que perceber que, no meio do vaivém, o pênis do parceiro fra-tu-rou. Consegue imaginar a dor? Um cirurgião que atua na NHS (o Sistema Único de Saúde do Reino Unido) chamado Karan Raj viralizou no TikTok com um vídeo em que destacava a posição sexual mais perigosa do mundo: a cowgirl invertida. Ele afirma que 50% dos casos de traumas penianos acontecem quando o casal experimenta essa posição sexual.

Um estudo sobre fratura peniana de maio deste ano divulgado pelo National Center for Biotechnology Information, dos Estados Unidos, afirma que 57,2% dos pacientes que já passaram por esse problema tiveram a fratura enquanto o pênis estava ereto em meio ao sexo. E atenção: não é a única posição que pode levar o homem ao centro cirúrgico.

Efeito pênis beringela

Mas o que é a fratura do pênis? Como se trata de um órgão sem osso, o que acontece não é exatamente uma fratura e, sim, uma lesão na túnica albugínea. Essa pele cobre e protege todos os vasos sanguíneos da região que o permitem ficar ereto. Quando rompe, libera uma grande quantidade de sangue, deixando o pênis extremamente inchado e curvado para um dos lados. O resultado pode até ser chamado de pênis berinjela, devido a semelhança com o legume.

"O sexo consiste no vaivém que vai da cabeça à base do pênis. Qualquer movimento que se faça diferente disso pode gerar uma fratura", explica Lilian Fiorelli, ginecologista especialista em Sexualidade Feminina e Uroginecologia pela USP. Posições onde não há o visual do parceiro, como estar de costas para ele durante a penetração, podem facilitar esse tipo de trauma devido ao fato da mulher não conseguir perceber se há um desconforto naquele ritmo.

A maioria dos casos de fratura são quando a mulher está por cima. Quando o homem não está no comando, a mulher não sabe se o movimento está causando dor

A médica explica que algumas posições podem, sim, trazer mais riscos. Além da cowgirl invertida, fazer sexo em pé, por exemplo. Se a mulher, que estará com as pernas em torno do homem, cansar ou se o parceiro perder um pouco da força no braço durante o vaivém, causando assim uma queda na pelve durante a penetração, o risco de fratura existe.

Apesar dos mais de 4,5 milhões de views que o vídeo alcançou, você não precisa se preocupar: ter uma fratura peniana é muito raro. "Isso tende a acontecer em relações sexuais mais intensas, onde o pênis sai por completo e entra muito rápido. Às vezes, o homem pode não acertar o buraco e, além de machucar a mulher, acabar se lesionando", diz Lilian.

Sexo