PUBLICIDADE

Topo

Direitos da mulher

Com canto feminino e camisa, Corinthians quebra barreiras no Brasileirão

Jogadoras do Corinthians comemoram título do Campeonato Brasileiro Feminino após vitória sobre o Palmeiras - ANDRÉ ANSELMO/ESTADÃO CONTEÚDO
Jogadoras do Corinthians comemoram título do Campeonato Brasileiro Feminino após vitória sobre o Palmeiras Imagem: ANDRÉ ANSELMO/ESTADÃO CONTEÚDO

Mariana Gonzalez

De Universa, em São Paulo

27/09/2021 15h15

Quem assistiu à vitória do Corinthians na final do Brasileirão Feminino ontem contra o Palmeiras viu, além dos gols, a estreia da nova camiseta do clube e também da versão do canto "Corinthians Minha Vida" entoado apenas por vozes femininas.

Essa é a primeira vez que o time feminino de um clube da série A Paulista estreia um novo uniforme. Um detalhe em especial chama atenção na parte de trás da camisa, que trás a frase "respeita as minas" tanto no modelo feminino como no masculino que serão usados pelos atletas em campo e também vendidos para os torcedores.

O clube disse, em nota, que a frase "destaca o posicionamento do Corinthians na luta pela inclusão feminina nos gramados e nas arquibancadas".

Detalhe na nova camisa 3 do Corinthians - Divulgação/Nike - Divulgação/Nike
Detalhe na nova camisa 3 do Corinthians
Imagem: Divulgação/Nike
Milene Domingues participa da campanha do novo uniforme - Divulgação/Nike - Divulgação/Nike
Milene Domingues na campanha do novo uniforme
Imagem: Divulgação/Nike

Segundo a Nike, que patrocina o uniforme do clube, essa é a primeira versão do conjunto "100% inspirada nas mulheres corintianas" e o roxo escuro escolhido para a camisa "representou diversos movimentos feministas ao longo da história".

Por um lato, é fato: a cor está ligada ao movimento sufragista, que lutava pelo voto feminino nos século 19 e 20 e é usada até hoje por grupos feministas. Por outro, o uniforme 3 do time paulista já tinha essa cor, que é historicamente associada ao clube. Tanto é que o termo "corintiano roxo" é usado há tempos para se referir a torcedores fanáticos do time.

"É um orgulho muito grande sermos pioneiros no Brasil ao estrear uma camisa oficial com o time feminino", afirmou Duilio Monteiro Alves, presidente do Corinthians, em nova enviada a Universa.

Atletas do Corinthians posam com o novo uniforme do clube; segundo a Nike, "100% inspirado nas corintianas" - Divulgação/Nike - Divulgação/Nike
Atletas do Corinthians posam com o novo uniforme do clube; segundo a Nike, "100% inspirado nas corintianas"
Imagem: Divulgação/Nike

Canto feminino e bandeira LGBTQIA+

Essa também foi a primeira vez que o Corinthians tocou, no estádio, um canto oficial na voz de mulheres. A música "Corinthians Minha Vida" foi gravada através de uma ação do clube, que pediu que torcedoras enviasse, por WhatsApp, áudios cantando — no final, as vozes foram reunidas, mixadas e transformadas na versão feminina de "Corinthians Minha Vida".

No final da partida, outro momento marcante: as jogadoras campeãs hastearam uma bandeira LGBTQIA+ no estádio.

Jogadoras do Corinthians comemoram conquista do Brasileirão hasteando bandeira LGBTQIA+ em campo - JHONY INÁCIO/ENQUADRAR/ESTADÃO CONTEÚD - JHONY INÁCIO/ENQUADRAR/ESTADÃO CONTEÚD
Jogadoras do Corinthians comemoram conquista do Brasileirão hasteando bandeira LGBTQIA+ em campo
Imagem: JHONY INÁCIO/ENQUADRAR/ESTADÃO CONTEÚD

Direitos da mulher