PUBLICIDADE

Topo

Equinócio da primavera remete à fertilidade: veja rituais pra celebrar data

CoffeeAndMilk/Getty Images
Imagem: CoffeeAndMilk/Getty Images

Camila Eiroa

Colaboração para Universa

21/09/2021 04h00

Ostara é o nome que recebe a celebração pagã para o equinócio de primavera, que acontece dia 21 de setembro no hemisfério sul. Para os povos pagãos que se baseiam em antigas tradições célticas comemorar as estações do ano era uma forma de honrar a passagem do tempo. Além disso, perceber a ciclicidade da natureza era vista como uma forma de autoconhecimento e planejamento, afinal, era necessário saber a fase do plantio e a fase da colheita para sobreviver.

O principal ensinamento dessa tradição é reconhecer como nossas emoções também ciclam lado a lado com a natureza. Se o inverno nos traz a introspecção, a primavera chega para transformar os dias mais frios em dias mais férteis e afetivos. Portanto, a estação das flores marca o desabrochar de nosso espírito mais juvenil, aquele que deseja descobrir o que traz prazer e alegria.

O equinócio de primavera marca o renascimento da natureza, a fertilidade da terra e o reviver da nossa própria energia. Símbolos comuns desta época são ovos e coelhos, que representam a fertilidade. Lembrou da Páscoa? Não é mera coincidência! Assim como outras festividades cristãs, o Domingo da Ressurreição tem hábitos inspirados em antigas celebrações pagãs.

Coincidindo com a entrada do Sol em Libra, a data marca o momento em que a natureza começa seu florescimento, nos inspirando a fazer o mesmo. Equilibrar nossas emoções, nossos pensamentos e sentir a vida cada vez mais desabrochando traz inspiração para tirar a poeira do corpo resguardado do inverno e sair da caverna.

Veja abaixo como aproveitar Ostara, que pode ser comemorado até três dias depois do equinócio de primavera.

Banho de cheiro

Para esse banho, você vai precisar de calêndula, manjericão e rosas cor-de-rosa. Ele trará a energia da primavera, permitindo ter mais leveza e vitalidade. Para fazê-lo, basta pegar um punhado dos ingredientes frescos, colocar em uma bacia com água morna e ir amassando as ervas até que o sumo de cada planta comece a colorir a água. Depois, coe e jogue da cabeça aos pés após o banho higiênico. O resquício das ervas usadas pode ser despejado na terra para servir de adubo.

Ovos coloridos

Uma das tradições mais conhecidas de Ostara, que inspirou inclusive a Páscoa cristã, é o ato de pintar ovos e presentear as pessoas queridas com eles. Para isso, você pode cozinhar ovos e pintar a casca com símbolos de fertilidade, renascimento e prosperidade. Ao usar guache, é possível retirar a tinta e servir os ovos cozidos em uma salada, por exemplo. Além de comer, uma dica é oferecê-los à Terra como sinal de agradecimento à sua fertilidade.

Plantando sementes

Ostara é o momento ideal do ano para plantar novas sementes, sejam elas literais, sejam elas metafóricas. Se você tem um jardim ou espaço para vasinhos, aproveite a energia do equinócio de primavera para se conectar com a terra e plante, junto com sementes, intenções para o próximo ciclo. O que você deseja ver desabrochando na sua vida? Escreva a lápis em um papel e enterre junto com sementes de plantas aromáticas, como lavanda ou alecrim. Assim que os primeiros brotos forem desapontando na terra, você poderá chegar mais perto da sua intenção.

Guirlandas de flores

Enfeitar a casa com flores ou plantas coloridas ajuda a trazer a energia da primavera para a rotina. Afinal, não é preciso estar em um campo florido para perceber que chegou a estação do florescimento. Escolha flores amarelas para o escritório, elas trazem mais disposição e foco. Flores roxas ou rosas podem ser colocadas na sala, trazendo a energia da boa convivência. No quarto, as flores brancas trazem serenidade e calma para dormir. Se a ideia é desabrochar a relação amorosa, aposte em flores vermelhas.

Ponche de frutas

As frutas também são símbolos da fertilidade da terra, por isso representam a energia de Ostara muito bem. Aproveite os momentos de calor e refresque-se com as frutas da estação. Afinal, nada melhor do que se conectar com o atual momento da natureza senão com aquilo que ela está produzindo agora. Você pode usar abacaxi, acerola, amora, coco, jabuticaba, laranja, manga, maracujá, melancia, melão e pitanga, frutas típicas da primavera.