PUBLICIDADE

Topo

Urano retrógrado traz aversão a limites e pede cuidado com a pandemia

Urano retrógrado traz aversão a limites e pede cuidado com a pandemia - NASA/JPL-Caltech
Urano retrógrado traz aversão a limites e pede cuidado com a pandemia Imagem: NASA/JPL-Caltech

Camila Eiroa

Colaboração para Universa

19/08/2021 04h00

O planeta das revoluções, Urano, chega para o time dos retrógrados balançando o cenário social e político. No dia 19 de agosto, o astro entra em Touro. Já no dia 20, ele inicia seu movimento retrógrado, que dura até 17 de janeiro do ano que vem. Será um período de desafios já conhecidos que envolvem o nosso papel enquanto indivíduo na sociedade.

"Há diversos ajustes necessários dentro de novas realidades que se apresentam e a retrogradação de Urano vem impulsionar a quebra de antigos padrões ou conceitos ligados ao sentimento de pertencimento coletivo", afirma o astrólogo Carlos Falcão. Segundo ele, podemos esperar novos conceitos que visam trazer resoluções positivas.

Carlos destaca que outras situações comuns que devemos enfrentar no período estão relacionadas às dificuldades tecnológicas, já que é o setor também é regido por Urano. Questões não solucionadas nesse âmbito podem voltar à tona para serem resolvidas devidamente. Poderemos, também, observar antigos desafios nas áreas da economia, agricultura, serviços e direitos humanos.

"Urano vai confrontar com tudo o que é estabelecido, principalmente pela quadratura com Saturno, vigente durante todo o ano de 2021", alerta o astrólogo. De acordo com a casa astrológica em que Urano está no mapa natal de cada pessoal, é possível saber em que área da vida essa retrogradação trará impulso para romper com o que desagrada e traz limitações.

"Qualquer sentimento de limitação tende a impulsionar mudanças de postura um pouco inesperadas, principalmente pela dificuldade de controlar o próprio impulso divergente, discordante e rebelde. Urano sempre traz novidades e não deixa as coisas como estão. A retrogradação só tende a escancarar as situações do passado que tiveram pouca atenção", afirma Carlos.

Influências sociais

Já em um contexto social, Urano retrógrado pode trazer dificuldade em lidar com os limites. O sentimento de inconformidade e incapacidade de manter disciplina em prol do coletivo pode se fazer presente, o que torna a rebeldia uma válvula de escape para frustrações pessoais e comportamentos indisciplinados.

O astrólogo alerta que esses fatores podem voltar a afetar o nível de contaminação do coronavírus, o que é esperado para o segundo semestre inclusive de acordo com outras situações astrológicas, como os dois últimos eclipses que aconteceram. Com isso, as restrições impostas e as retomadas previstas para a pandemia podem ser afetadas.

"Urano não gosta de limites, não sabe lidar com eles e não traz, em suas características, qualquer sentido de empatia quando se sente tolhido. O impulso visa única e exclusivamente quebrar aquilo que limita. Essa vibração atua de forma diferente em cada pessoa, mas sempre a forçar ou ignorar limites. As próprias esferas de poder estão buscando o limite dos protocolos de segurança, que já se mostraram absolutamente falíveis", reflete.

Polaridades e aprendizados

Em um contexto político, um novo acirramento de divergências e polaridades é esperado. "Algumas tendências ou tentativas ligadas à área econômica tendem a não funcionar e a levar as esferas de poder a algum 'dilema antigo' para resolver questões de ordem financeira. A falta de limite e de senso lógico podem trazer dificuldades profundas no futuro", adverte Carlos.

O astrólogo reitera que os rumos da economia tendem a trazer velhos problemas brasileiros à tona, que afetam diretamente o poder aquisitivo da população. Velhas ferramentas governamentais tendem a não funcionar com a mesma eficácia de outros tempos. Podemos, com isso, ter um aumento assustador da concentração de renda em um curto espaço de tempo.

"As questões individuais dentro de um contexto social também são afetadas. Afinal, não há como ignorar — em qualquer trânsito astrológico — essa interligação. A dificuldade em termos uma diretriz estabelecida e o caos que vem da esfera governamental mantêm os níveis de ansiedade, preocupação e estresse elevadíssimos. Isso altera naturalmente o estado de humor e confiança de forma brutal", entrega.

Para o astrólogo, o principal aprendizado com Urano retrógrado é não se deixar levar pela tentação de romper com qualquer coisa que seja estabelecida ou traga um senso de responsabilidade e comprometimento. "É preciso saber persistir ao invés de fugir de comprometimentos necessários para as coletividades e a sociedade de forma geral."