PUBLICIDADE

Topo

Universa

Base supernatural: 3 passos para transformar a cobertura em "segunda pele"

iStock
Imagem: iStock

Karina Hollo

Colaboração para o UOL

18/08/2021 04h00

Vamos combinar: a gente quer que todo mundo elogie a nossa pele — e não a nossa base. E embora encontrar a fórmula perfeita seja essencial para esse efeito "segunda pele", existem alguns truques para garantir que ela desapareça no seu rosto. A seguir, dois maquiadores experts em look natural entregam suas melhores dicas de aplicação de base para até sua melhor amiga achar que você nasceu exatamente assim.

1 - Prepare o terreno
Pele limpa e hidratada é a tela ideal para a aplicação de base. Esse é um dos segredos, inclusive, para o produto não marcar linhas, craquelar ou oxidar (mudar de cor) ao longo do dia. Tem mais: rosto hidratado e nutrido exige uma camada mais fina de base o que, por sua vez, facilita a conquista do look fresh, leve e saudável.

Massagem facial com gua sha - iStock - iStock
Massagem facial com gua sha
Imagem: iStock

Vale apostar em uma sheet mask hidratante e até fazer uma rápida massagem facial com gua sha. "Gosto muito desse artifício. Ele aumenta a circulação e reduz o inchaço, além de trazer contorno para o rosto e relaxar as expressões tensionadas", ensina o maquiador Rafael Cruz.

Para ajudar o deslizar do acessório, escolha um hidratante leve, mas poderoso. "Mesmo a massagem da aplicação do produto, com as mãos, ajuda a pele a absorver melhor o sérum ou creme. Faça sempre em movimentos de baixo para cima, para dar aquele up", fala o beauty artist Edu Hyde.

Quanto ao primer, quando aplicado corretamente, pode fazer o look durar o dia todo, além de fazer com que você precise de menos base para uniformizar a pele — ajudando na missão "make natural". Seguindo o mantra de ouro da beleza natural versão 2021, menos é sempre mais, adote uma espécie de "multipriming": use um primer antibrilho na testa, na linha do cabelo, nas laterais do nariz e ao redor da boca (que geralmente são mais oleosas) e aí outro, mais iluminador e transparente, no topo das maçãs do rosto — já preparando a área para um belo sanduíche de brilho.

2 - GPS de aplicação
O primeiro passo é escolher a textura certa para o seu tipo de pele. "As oleosas pedem produtos à base d'água. As secas, texturas mais oleosas. Mas ambas precisam de hidratação prévia, ok?", diz Edu. Reza a cartilha dos maquiadores mais descolados que você só deve aplicar a base onde for necessário -- que tal deixar as sardinhas livres, se você as tiver?

Comece no centro do rosto e vá esfumando em direção às extremidades, com um pincel de base, uma esponja ou a ponta dos dedos. "Deposite o produto em vez de lustrar e transferir, dando leves batidinhas. Dessa forma, evita o efeito 'mascarado'. Outro truque é usar água termal ou spray fixador durante a aplicação, deixando a base mais fina e natural." Anote aí: os experts amam a esponja (ou beauty blender) para dar acabamento e tirar excesso de produto — é o último passo da pele.

Use a esponja (ou beauty blender) para dar acabamento - iStock - iStock
Use a esponja (ou beauty blender) para dar acabamento
Imagem: iStock

3 - Sele a pele
Finalmente, chegou a hora do pó translúcido, para evitar brilho em pontos-chave. Use um pincel para aplicá-lo bem levemente e apenas nas áreas que logo ficam mais brilhantes, como a zona T. "Essa dica vale também para o look não craquelar. E use um pincel pequeno para não haver acúmulo de produto", aconselha Edu. O restante da pele pode ficar glow -- o que ajuda a dar aquele ar de segunda pele suave e uniforme, que tem um brilho que vem de dentro para fora.

Universa