PUBLICIDADE

Topo

Sexta-feira, 13 de agosto: como usar a energia da data a seu favor

sexta-feira 13 - mbbirdy/Getty Images
sexta-feira 13 Imagem: mbbirdy/Getty Images

Camila Eiroa

Colaboração para Universa

13/08/2021 04h00

Uma sexta-feira 13 em agosto pleno Agosto, mês do desgosto? Para onde correr? Calma! Antes de se desesperar, vale a pena entender de onde vem essas crendices que não, não devem interferir na harmonia do seu dia nem do seu mês.

A seguir, Universa explica a origem do misticismo em torno da data e dá dicas como manter a energia boa e proteger sua casa.

Para começar, as origens da má fama do 13 de agosto têm como principal referência a última ceia, um acontecimento importante para o cristianismo. O fato teria ocorrido em uma quinta-feira com Jesus e mais 12 discípulos, totalizando 13 presentes — sendo o último deles o traidor Judas Iscariotes.

Jesus foi crucificado no dia seguinte, uma sexta-feira. Além disso, nos livros do Apocalipse o número 13 é associado à besta. Outra referência histórica é o fim da Ordem dos Cavaleiros Templários, sentenciada por Filipe IV, rei da França, em 13 de outubro de 1307.

Porém, para além do cristianismo, o número 13 é bastante destacado em outras espiritualidades, em muitas delas de maneira positiva. Para a bruxaria, é um número referente à magia. Já para a espiritualidade indiana, é um número que se traduz como divino. No Tarô, embora a carta 13 seja a carta d'A Morte, ela demonstra finais que nos levam a transformações importantes.

Agosto do desgosto?

Para completar o cenário, a sexta-feira 13 de 2021 cai em um mês bastante polêmico. Afinal, quem nunca ouviu a avó dizer que agosto é o mês do desgosto ou do cachorro louco?

Essa fama se originou com os portugueses, que, ao chegarem no Brasil, impuseram muito de seus costumes. Nenhuma mulher se casava em agosto em Portugal, visto que era a época em que os homens saíam mar a dentro para explorarem novos territórios. Com isso, a fama de um mês escasso se instaurou.

No entanto, a numerologia aponta que o número 8 abre os caminhos para a prosperidade, representando a abundância material e também de saúde. Contrapondo totalmente as crenças que trazem temor ao mês.

Embora todas essas crendices nos tragam receio da data, ela não deixa de ser um portal energético bastante potente. Por isso, aproveite para colocar a energia da sua casa em ordem e mande toda a zica embora. Veja abaixo como impulsionar o melhor da sexta-feira 13 de agosto.

Defumação

A defumação é uma forma potente de limpar nosso ambiente. Toda defumação de limpeza energética para o lar deve ser feita dos fundos para a frente da casa, o mesmo vale para sobrados, de cima para baixo e, em ambos os casos, jogando a fumaça para a rua. Para a sexta-feira 13, as cascas de alho e de cebola podem ser queimadas para que sua fumaça limpe todo o ambiente. É uma defumação poderosa de limpeza que deixará nosso lar novinho em folha - ou em casca!

Banho de ervas... para o chão

A gente vive ouvindo dicas de banhos de ervas que limpam a nossa energia, mas pouco lembramos que nossa casa também precisa desses processos de energização. Por isso, faça um poderoso banho de arruda, alecrim e manjericão e use-o para passar pano na sua casa, de cômodo em cômodo. Basta aquecer a água, colocar uma colher de chá de cada erva dentro da panela, deixar descansar por 5 minutos, coar e misturar com a água do balde. Não misture produtos de limpeza nesse momento, combinado?

Mantras para energizar

Colocar mantras para tocar em nossa casa também é uma forma de mantê-la com a energia em ordem. Ganesha é uma divindade hindu que trabalha a abundância (ligada ao número 8, do mês de agosto) e que promove o desbloqueio dos caminhos que estão travados. Por isso, é uma ótima alternativa para esta sexta-feira 13. O mantra "om gam ganapataye namaha" é o mais famoso da divindade e significa "saudação àquele que remove obstáculos". Existem gravações que repetem os dizeres por até três horas na internet, basta dar o play!

Pode o que está seco

Tem plantas naturais em casa e elas estão repletas de galhos secos e flores mortas? Faça uma poda poderosa para remover o que está morto e trazendo a energia de escassez para sua casa. Isso permitirá que o novo renasça. Afinal, no inverno as plantas pedem mais cuidados para que, na primavera, elas floresçam ainda mais bonitas. Para o Feng Shui, ter plantas secas ou mortas em casa ajuda a afastar a abundância. Mãos à tesoura!

Limpe o que está empoeirado

O mesmo vale para plantas artificiais e demais objetos de decoração que podem estar acumulando poeira. Poeira significa energia presa, parada. Por isso, o ideal é remover tudo aquilo que pode trazer uma estagnação energética à sua casa e, consequentemente, a você. Passe um pano com água e sal se quiser fazer uma limpeza ainda mais potente naqueles objetos que estão parados há bastante tempo.

Energize-se!

Não adianta terminar o dia com a casa maravilhosamente limpa e energizada se você está com sujeiras astrais. Por isso, ao final do dia, faça um banho de ervas para limpar aquilo que você absorveu deste trabalho energético e alinhar sua energia com a do seu lar. As ervas mais sugeridas para isso são o boldo e o manjericão. Basta seguir o passo a passo do item 2 e, depois do seu banho higiênico habitual e caprichado, jogá-lo da cabeça aos pés!

Descanso necessário

Enfim, tempo de descansar. Para manter a harmonia na hora de dormir, procure relaxar e desligar aparelhos eletrônicos que não são necessários pelo menos uma hora antes de ir para a cama. Você pode colocar o telefone no silencioso enquanto escuta meditações guiadas que trazem tranquilidade ou músicas instrumentais que te conectam com a natureza. Quer uma dica extra? Uma gotinha de óleo essencial de lavanda no seu travesseiro deixará seu sono ainda mais restaurador!