PUBLICIDADE

Topo

Sexo

Só com as mãos: 14 maneiras de se masturbar sem ajuda de sex toys

JulyProkopiv/iStock
Imagem: JulyProkopiv/iStock

Manuela Aquino

Colaboração para Universa

25/07/2021 04h00

Ter sex toys com preços acessíveis, poder comprar online e as muitas dicas e reviews que conseguimos por aí, é bom demais. Mas algumas mulheres acabam usando eles somente para se masturbar.

Ok, pode ser mais intenso e mais rápido do que usar as mãos. Mas por outro lado, quando você para de usar o toque, passa a se acostumar com algo muito fora do que é a realidade, aquela que você vai encontrar na cama com quem se relacionar. Vai também deixar de explorar cada cantinho e zona erógena de seu corpo e acabar focando somente na vagina ou no clitóris. A seguir, montamos um guia com dicas para se masturbar apenas com as mãos.

Faça um clima
Deixe o quarto bem aconchegante, com a luz baixa ou apagada e coloque algumas velas. Se curtir óleos essenciais, vá de ylan-ylang (um óleo afrodisíaco, de aroma doce, frutado e suave), o mais indicado para o sexo. Com o local gostoso, você já começa a entrar no clima do que vem pela frente.

Divirta-se no chuveiro
Uma ducha de água morna ajuda a relaxar e ali você já pode começar uma pequena meditação, tentando deixar seus problemas irem para o ralo. "A hora do banho é muito bacana, não só para cuidar de sua higiene íntima como para reconhecer seu corpo. Passar as mãos nos lábios, sentir os mamilos", diz a fisioterapeuta pélvica Giovana Machado, especialista em sexualidade humana.

Pratique a auto massagem
Seja no momento do banho ou na cama, vale usar um óleo e fazer uma massagem gostosa no seu corpo todo. Comece no pescoço, vá descendo e explore cada pedacinho do seu corpo. A excitação que vai começar a sentir já funciona como se fosse uma preliminar.

Olhe no espelho
"Ali, você começa a se despir com calma, peça por peça e consegue ver a reação do seu corpo, já começa um processo de se achar bonita e excitante", diz Giovana.

(Re)Conheça sua vulva
A dica é começar (ou continuar, caso tenha feito a massagem ou o espelho) explorando a anatomia da sua vulva. Sentir os lábios, o clitóris, perceber onde fica e quais as vibrações que sente ao tocar os pontos, descer até o canal vaginal para sentir sua lubrificação também.

Faça uma parada obrigatória
A maior parte das mulheres sente mesmo o orgasmo clitoriano, então ele merece atenção. "Com o dedo indicador do meio, baixe a glande para sentir bem o clitóris. Indico usar um lubrificante para deslizar melhor e dar menos sensibilidade", afirma a fisioterapeuta pélvica

Use o sentido horário e anti-horário
Faça movimentos rotacionais com o clitóris em uma direção e depois mude para a outra, pois isso dá mais prazer do que ficar sempre na mesma direção. "Muitas mulheres sentem mais prazer com a contração das pernas, dos abdutores, e isso pode ajudar a ter orgasmo", diz Carla Geane, terapeuta sexual e consultora da INTT Cosméticos Sensuais.

Mexa-se
Giovana aconselha a fazer movimentos, como em uma transa mesmo: "Mexer os quadris em movimentos circulares ou de trás pra frente ativa toda a região, a circulação e o movimento do bumbum no lençol estimula toda aquela região e o períneo".

Aposte em boas posições
Quem disse que sexo solo precisa ser sempre deitada? Existem muitos jeitos de fazer: com a perna mais fechada e levantada, com elas bem abertas, de ladinho, ajoelhada e em quatro apoios. Veja aqui 10 opções de posições para se masturbar.

Pare e volte
Quando a excitação começa, a tendência é que fiquemos somente naquele movimento insano no clitóris, mas isso pode cansar e deixar a área sensibilizada. Parar e voltar dá muito mais tesão também. "Quando estamos muito condicionadas focamos somente no clitóris, mas tem toda a extensão da vulva para explorar. Então o legal é estimular o clitóris, passar os dedos indo e voltando até o começo do canal vaginal e voltar. É bem excitante", fala Carla.

Conte com uma ajudinha extra
A ideia aqui é só usar as mãos, mas enquanto, por exemplo, você massageia os seios, pode sentar em cima do travesseiro para que o estímulo na vulva continue. Uma toalha dobrada também serve.

Explore o períneo
Se você curte a região anal ou mesmo está a fim de novidade, por que não explorar durante a masturbação? "Massagear a região entre a vagina e o ânus, colocar a ponta do dedo nele, pode ser bem gostoso e muito prazeroso. A única dica que dou é usar camisinha no dedo ou higienizar antes de voltar para a vagina", fala Giovana.

Libere seus sentimentos
Gemer e dar gritinhos conforme a estimulação vai pegando fogo aumenta o tesão. Você está sozinha, faça o barulho que quiser fazer e que te der prazer.

Goze e relaxe
Depois que atingir o orgasmo, fique um pouco onde está, sinta seu corpo pulsando, as contrações vaginais, e perceba sua respiração ir se acalmando. Assim, dá pra curtir um pouco mais do que só gozar e pronto. Se não gozar, pense no prazer que sentiu e que, sim, isso não deixa de ser um treino para que tenha cada vez mais sensações prazerosas.

Sexo