PUBLICIDADE

Topo

Beleza

Risco de queimadura e mais: os "truques de beleza" mais perigosos do TikTok

Truques caseiros também podem oferecer riscos - Getty Images
Truques caseiros também podem oferecer riscos Imagem: Getty Images

Karina Hollo

Colaboração para Universa

12/07/2021 04h00

O TikTok está cheio de truques de beleza e bem-estar entre os vídeos rápidos. Verdade seja dita, muitos dos "hacks" são eficientes e inofensivos. Mas, alto lá: nem tudo o que é encontrado na rede social pode ser reproduzido com segurança. Explicamos por que algumas das tendências populares podem ser prejudiciais. Leia a seguir.

Apostar em máscaras caseiras
Uma fruta aqui, uma especiaria ali. Mistura tudo e aplica no rosto com pincel. Alerta vermelho. Máscaras caseiras podem até parecer mais práticas e baratas, mas podem causar irritação e até queimadura. "A concentração e pureza das substâncias não é controlada como nos produtos industrializados, por isso, os resultados são imprevisíveis. Há inúmeros relatos trágicos de queimaduras, irritações e manchas", fala a dermatologista Luciana Garbelini, de São Paulo, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

No melhor dos cenários, você vai gastar ingredientes à toa. É o caso da versão peel off feita com clara de ovo e papel de seda que se popularizou para eliminar cravos. "A tradicional limpeza de pele ainda é uma das melhores formas de retirar cravos. A clara, mesmo tendo um poder de aderência grande, acredito que não seja o suficiente para a remoção dos cravos", diz a dermatologista Claúdia Merlo, de São Paulo.

Usar batom líquido como delineador
Ok, é tentador, já que há mais variedade de cores de batom líquido do que de delineador. Porém, anote aí uma dica importante: "Produtos não testados oftalmologicamente são um risco, porque podem obstruir poros das glândulas em volta dos olhos", avisa o oftalmologista Sergio Shibukawa. "É preciso ter cuidado para não ocasionar uma blefarite alérgica, irritação que pode evoluir para uma inflamação chamada de terçol ou calázio", diz o médico.

Slugging
Você cobre o rosto com um hidratante espesso ou vaselina e deixa sobre a pele durante a noite como uma forma de hidratação. "A oclusão é uma técnica utilizada na dermatologia para aumentar a permeação das substâncias através da pele. Orientamos isso em áreas de pele espessa e ressecada, como nos pés, calcanhar, cotovelos e lábios", explica Luciana.
"Na face, o uso eventual para um efeito de ultra hidratação, em pele ressecada e sem tendência à acne, pode ser interessante. Em outros casos, não arriscaria. Isso pode causar acne para quem já tem tendência, pele oleosa e cravos. Exatamente por obstruir os poros. Também pode levar a irritação se a técnica for aplicada com algum ácido, por exemplo retinóico, glicólico, láctico etc", alerta ela. Tem mais: não é indicado o uso de vaselina no rosto.

Contorno facial com protetor solar
É quando você usa protetor solar em certas áreas do rosto para manter a pele mais clara, enquanto deixa outras partes desprotegidas, para se bronzear (e ter efeito de contorno e definição). "A melhor maneira de se evitar envelhecimento precoce, aparecimento de manchas e de lesões cancerígenas é usando protetor solar. Se você aplica só em algumas partes do rosto, com o tempo terá áreas manchadas e envelhecidas. A longo prazo, é um péssimo negócio", observa o dermatologista José Roberto Fraga Filho.

É como customizar uma mancha ou uma marquinha de biquíni, só que no rosto. "Sem falar que as diferentes tonalidades da pele são difíceis de se uniformizar posteriormente. Levam-se meses ou anos para tornar a área homogênea novamente", diz Luciana.

Lixa para depilação
Sim, vídeos de pessoas raspando as pernas com lixa se tornaram virais. Lembrou da textura do acessório? Pois imagine o que a fricção faz na pele. "A lixa quebra os pelos por meio de um trauma físico agressivo. Ao mesmo tempo em que provoca uma esfoliação mecânica na camada superficial de queratina, rompendo a primeira barreira de proteção cutânea", fala Luciana.

Os resultados podem ser irritações, feridas, cicatrizes e manchas. "A prática pode causar microfissuras, machucando a epiderme e assim favorecendo a entrada de microrganismos nocivos, ocasionando uma infecção secundária que pode causar, por exemplo, celulite", analisa Cláudia. Em tempo: esfoliar e usar lâmina para eliminar os pelos, em momentos diferentes, é seguro.

Microagulhamento em casa
Esse procedimento usa um dermaroller (rolinho com pequenas agulhas) para furar a pele, estimulando a produção de colágeno. É eficaz e seguro quando feito por um especialista, mas não é indicado para ser realizado no conforto do lar -- sob risco de facilitar a entrada de bactérias e alérgenos.

"Os rollers que perfuram a pele e criam micro canais até a derme são de uso exclusivo para profissionais capacitados para sua aplicação, em ambiente asséptico, livre de bactérias, fungos e vírus. O risco de infecção em domicílio é alto, uma vez que é necessário o uso de antissépticos cirúrgicos durante o processo de microagulhamento", avisa Luciana. Sim, se a pele ou o dispositivo não estiverem limpos, isso pode levar à infecção. "O uso indiscriminado pode levar a uma piora da doença de base além de infecções", alerta Roberto.

Aplicar óleo de castor para fazer os cílios crescerem
Tem tiktoker colocando óleo de castor em embalagem de máscara para cílios para passar nos fios. "O uso do óleo de castor é um risco direto para integridade da córnea, o que pode levar a ceratite que, se não tratada, pode evoluir até para uma úlcera", avisa Sergio. O contato da substância pode ocasionar conjuntivite, o que pode diminuir a acuidade visual. Sem falar em terçol, devido à inflamação das glândulas da pálpebra.

Beleza