PUBLICIDADE

Topo

Universa

Aplicativo de transportes em SP lança função para denúncias de assédio

Metoo - Mykhailo Polenok / EyeEm
Metoo Imagem: Mykhailo Polenok / EyeEm

Colaboração para Universa, em São Paulo

02/07/2021 11h00

O aplicativo Quicko, que fornece rotas e informações sobre o transporte público na cidade de São Paulo, firmou uma parceria com Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania para lançar uma nova modalidade do app: o Aviso de Assédio. Com ela, é possível que vítimas ou testemunhas de casos de assédio no transporte público, na rua ou nas proximidades de estações possam relatá-los.

A função, que está disponível para Android e terá lançamento também para iOS, mostra o passo a passo de como realizar uma denúncia e de que forma entrar em contato com as autoridades.

É possível localizar pontos de apoio à mulher e até ligar diretamente para o 156, no qual uma equipe treinada da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania acolhe denúncias de assédio. A denunciante também pode fazer o relato diretamente pela plataforma.

Os dados serão disponibilizados à Secretaria e serão utilizados para auxiliar no desenvolvimento de políticas públicas.

"Trazemos mais uma ferramenta importante para a cidade. A Quicko quer criar uma mobilidade para pessoas, independentemente do transporte. E não há mobilidade sem liberdade de locomoção. As mulheres sentem medo na rua e são maioria no transporte e transitando pela cidade. O 'Aviso de Assédio' é mais uma forma de apoiarmos as mulheres", diz Carolina Badarró, COO da Quicko.

Universa