PUBLICIDADE

Topo

Alto Astral

Apaixonado por alguém de Câncer? Astróloga conta tudo sobre perfil do signo

Canceriano é fiel: quem é do signo costuma querer relação sólida, confiável e segura - martin-dm/Getty Images
Canceriano é fiel: quem é do signo costuma querer relação sólida, confiável e segura Imagem: martin-dm/Getty Images

Claudia Dias

Colaboração para Universa

23/06/2021 04h00

Se for para eleger os mais amorosos do zodíaco, certamente Câncer estará no topo da lista. O sentimento do nativo do signo é intenso e não se limita aos relacionamentos amorosos: o canceriano ama a família, os amigos e todos aqueles que quer bem.

Os nascidos sob o quarto signo da mandala zodiacal - entre 21 de junho e 21 de julho - têm uma série de particularidades, que costumam agradar quem busca um par romântico bem tradicional, do tipo que apresenta para os pais mais rápido possível, dá flores e faz de tudo para agradar a pessoa que está com ele.

Mas também tem seu lado "difícil", que precisa ser conhecido por quem quer assumir uma relação. É por isso que recorremos à astróloga Fêh Ferri, da Mandala AstroLógicah. Ela revela, a seguir, o que esperar do crush canceriano.

Conquista de um amor canceriano: o que você precisa saber

via GIPHY

  • Não é só crush, mas um promissor pretendente

Bom partido que é, não serve apenas para contatinho. Fica na "função" por pouco tempo, pois ele é de se envolver. É do tipo que quer rever a pessoa nos dias seguintes e, na sequência, já leva o novo par para conhecer família, amigos, cachorro, gato, papagaio. A verdade é que mesmo os cancerianos mais desprendidos estão sempre em busca de alguém para amar.

  • É agradavelmente romântico

Companhia prazerosa, o nativo de Câncer faz as pessoas se sentirem queridas. Costuma se mostrar atencioso, perguntar da família e falar de sentimentos. É sensível e profundo, com aquele típico jeitão de apaixonado. Romântico e imaginativo que é, pensa logo no casamento e no nome dos filhos.

  • Também é "complexo"

Quem nasce canceriano é carinhoso, romântico, cuidadoso, atencioso, gentil, sensível, criativo, "crianção", simpático, divertido, engraçado, teatral, extrovertido e boa companhia para a mesa de um bar. Mas também pode ser frio, emburrado, melindroso, chorão, carrancudo, cruel, chantagista, manipulador, carente e reservado.

Isso porque seu estado de espírito e o humor dependem de muitas variáveis, desde as fases da Lua — regente do signo —, até do fato se dormiu bem e acordou com o pé direito.

  • Espera um sinal para avançar

O par de Câncer não gosta de ser rejeitado e seu ego teme se expor ao ridículo. Ele prefere ir com calma e esperar até ter certeza que a outra pessoa está a fim. Para isso, precisa de um sinal. Ele também não tem tanta habilidade no xaveco, mas quando se apaixona, vai se manter fixo no propósito de conquistar.

  • Fidelidade é com ele

Canceriano é fiel e almeja isso em uma relação sólida, confiável e segura. Só trai se, na relação atual, não recebe mais o carinho que ele esperava. O nativo do signo costuma ficar destruído com traição, sofre horrores. Se amar muito, pode perdoar, mas apenas racionalmente. Pelo lado emocional, é bem difícil lidar com a situação, pois sua memória ressentida não esquece jamais.

  • Sabe manipular sutilmente

Esperto e manipulador, ele pode entrar na atmosfera dos sentimentos alheios e orientar o crush para os objetivos dele. Tem habilidade para conduzir a situação tão gentilmente e de maneira tão sutil, que o outro chega a pensar que a ideia é sua.

  • Tem melindres e faz chantagens

O canceriano é todinho sentimentos. Tem profundas necessidades emocionais e pode ser dependente de relação, de amor e de carinho. Se suas expectativas são frustradas, ele se magoa com bastante facilidade, se apossa de melindres, faz chantagem emocional e pode estimular sentimentos de culpa no par.

  • Valoriza laços familiares

Geralmente, os nascidos em Câncer são pessoas muito "família", ou seja, dão importância acima da média aos afetos familiares. Mas há cancerianos que negam essa questão e não sentem esse laço tão afetivo, o que não torna o assunto "família" menos relevante - apenas algo que, provavelmente, ele queira esquecer.

  • Seu ciúme desperta imaginação

Sim, a turma de Câncer é possessiva e, também, insegura. Se o nativo do signo fica desconfiado de alguma coisa, se remói por dentro imaginando os piores cenários. Acaba ficando a um passo de entrar no sofrimento sobre algo que pode nem ser verdade. O canceriano é dramático, carente e sofre por antecedência.

  • Gosta de sexo com amor

Para Câncer, o importante é estar com a pessoa de que ele gosta. Quando isso acontece, faz de tudo para dar o melhor prazer ao par, sem pressa, com muito envolvimento e carinho, criando a conexão com bastante presença no olhar.

  • É facilmente conquistável

Basta a outra pessoa ser fofa, demonstrar interesse, perguntar sobre família, amigos e sorrir apaixonadamente que Câncer se derrete todo. Se as perguntas desandarem para planos futuros e ele ouvir respostas que incluam família, casamento, filhos, pets, é bem capaz que o canceriano veja até estrelas no novo crush.

  • Tem lá sua "parte difícil"

O lado "ruim" de Câncer é a necessidade de aguentar os humores variados e, às vezes, o egocentrismo de criança. Isso porque os cancerianos são seres complexos: se algo não está legal, podem se mostrar birrentos e até agressivos para, logo em seguida, agirem de forma sentimental e afetiva.

  • Revela-se ótimo par

Não há dúvidas de que o canceriano se entrega à relação. Apaixonado e romântico, quer entrar na vida do outro e levá-lo para a vida dele. Gosta de dar carinho, quer ter alguém para fazer planos juntos, formar família e viver um "felizes para sempre".

Dicas para entender o canceriano de vez

  1. Se é mal-humorado: foi rejeitado em alguma situação.
  2. Se é muito apegado: está precisando de novas provas de amor.
  3. Se lamenta demais: está magoado com algo ou consigo mesmo.
  4. Se é impertinente: acha que ninguém gosta dele.
  5. Se não faz demonstrações afetivas e revela frieza sexual ou impotência: não está mais a fim da relação.

Alto Astral