PUBLICIDADE

Topo

Sexo

Motel, hotel de luxo ou Airbnb? Onde levar o mozão no dia 12 sem aglomerar

Planeja noite romântica com o parceiro ou parceira? Há opções para quem quer sair de casa sem causar aglomerações no dia 12; veja - martin-dm/Getty Images
Planeja noite romântica com o parceiro ou parceira? Há opções para quem quer sair de casa sem causar aglomerações no dia 12; veja Imagem: martin-dm/Getty Images

Nathália Geraldo

De Universa

11/06/2021 14h23

Segundo uma pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito, o SPC Brasil, 55% dos brasileiros vão passar o Dia dos Namorados em casa mesmo, ao lado do chamego e, além disso, seguindo as recomendações de isolamento social dadas por autoridades da saúde por conta da pandemia. Apenas 9% dos casais, diz o levantamento, escolherá motel ou hotel para curtir a noite.

Se você faz parte dessa parcela, saiba que parte dos "ninhos de amor" está dentro da iniciativa Love Week — uma parceria da Associação Brasileira de Motéis (ABMotéis) com o Guia de Motéis, que seleciona pacotes e promoções para quem quer passar a noite especial (ou um dia) com o mozão.

Há ainda opções de hospedagem de luxo e, para quem não se importa de dispensar serviço no quarto, vale alugar um Airbnb, "no sigilo", para ter o momento a dois. Veja a seguir mais detalhes.

Luxo em São Paulo: hotel faz "pacote do amor"

tangará - Divulgação - Divulgação
Palácio Tangará oferece pacote de experiência para casais até o fim do mês
Imagem: Divulgação

Nem só de motel se faz o Dia dos Namorados. Por isso, o Palácio Tangará, um hotel de luxo de São Paulo, que fica dentro do Parque Burle Marx, também oferecerá um "pacote do amor" até o final do mês para os apaixonados.

Segundo a assessoria do estabelecimento, a maioria dos casais que procura o hotel como opção de hospedagem é de quem quer celebrar uma data, aniversário de namoro, de casamento ou Dia dos Namorados de um jeito diferente. Neste ano, a suíte será decorada com flores, há café da manhã e descontos para a área do SPA e para a gastronomia como forma de atrair os clientes. O custo da experiência é a partir de R$ 2.050 por casal.

O hotel afirma que mantém protocolos operacionais de sanitização e que aferem a temperatura na chegada, além de cuidar que todos os protocolos sejam seguidos nas dependências.

Motéis: onde ir, cuidados com higienização e mais

O diretor da ABMotéis, Leonardo Dib, que promove a Love Week, conta que a iniciativa não aconteceu no ano passado por conta da situação apreensiva do início da pandemia. Neste ano, a semana vai até 13 de junho, e mira nos hóspedes que são casados ou que moram sob o mesmo teto e desejam sair da rotina em razão da data comemorativa.

O setor moteleiro tem a seu favor o fato de os clientes não terem contato com nenhum funcionário ou outro hóspede que não seja o par, de que não há aglomerações e de que, no isolamento, a busca por lugares reservados e privativos aumentou (segundo a pesquisa da ABMotéis, a movimentação no Dia dos Namorados em 2020 foi maior do que a registrada em 2019 para 53% dos donos de motéis associados).

Na pandemia, quando tudo está ainda mais restrito, as pessoas buscam por escapes. Quando há possibilidade de sair, deixam os filhos com os avós e procuram uma experiência legal além da cama, como ter uma arquitetura assinada, gastronomia, decoração romântica", explica.

Responsável por um dos motéis participantes da ação, o diretor do motel Mont Blanc, Michael Alves diz que a tríade para cativar o hóspede é simples: gastronomia, experiências diferentes e a sensação de que o quarto "é extensão da própria casa". "E, agora, sem o vizinho ouvindo tudo que está acontecendo", brinca.

O Mont Blanc fica em Aparecida de Goiânia (GO) e é conhecido por diferenciais como suítes com tema de cinema e a campanha "#NetflixNoMotel", com a plataforma de streaming nas TVs para que o casal tenha mais uma opção de entretenimento. Passar três horas na suíte Mont Blanc (foto abaixo), de sexta a domingo, custa R$ 149,00, segundo o site do motel.

motem - Divulgação - Divulgação
Suíte do Motel Mont Blanc, em Goiânia, onde há menos rotatividade na ocupação dos quartos por conta da pandemia
Imagem: Divulgação

Cuidados na pandemia

Michael diz que a pandemia mudou mais a rotina interna do estabelecimento do que para os hóspedes. Os funcionários usam máscaras e mantêm a limpeza dos quartos — que, agora, são ocupados pelos clientes por mais tempo — um comportamento que associa à necessidade que as pessoas têm de sair de casa para se distrair.

"Para os clientes, há vidro de álcool nos quartos, medição de temperatura e é obrigatório entrar de máscara". Não há, no entanto, qualquer protocolo diferente no check-in, nem mesmo venda de produtos relacionados à prevenção, como máscaras, dentro do estabelecimento.

Pole dance, hidromassagem, piscina

Em Belo Horizonte, a Love Week tem como opção os motéis Snob e Status. A proprietária Karla Antunes explica que a proposta é oferecer serviços "vip" para que o casal explore o prazer para além da cama: sauna, hidromassagem, piscina privativa e barra para pole dance no meio das suítes fazem parte do pacote.

motel status - Divulgação/Ronei Martins da Silva - Divulgação/Ronei Martins da Silva
Suíte do motel Status, em Belo Horizonte. Atendimento "vip", com gastronomia e lazer, é diferencial para hóspedes
Imagem: Divulgação/Ronei Martins da Silva

Para evitar aglomerações, diz Karla, os motéis seguem a orientação da AB Motéis de fechar os quartos que eram destinados a grupos. "Temos duplex mais amplas, com 150 metros quadrados, mas restringimos a entrada. É hora de contribuir com os protocolos", afirma.

Pelo pacote da Love Week, a pernoite na suíte com piscina privativa, sauna e pole dance custa R$ 313, 72, com jantar. Já a reserva do quarto acima, com automação via tablet, jacuzzi, entra outras facilidades, sai a partir de R$ 99.

Airbnb: mais uma opção para a data

Há ainda mais uma opção para quem quer sair de casa e prefere uma experiência alternativa: alugar um apartamento pelo Airbnb para passar a pernoite (ou emendar por mais tempo). Popularizado na pandemia, o hábito já é a aposta de jovens que buscam ainda mais privacidade e valores, por vezes, mais em conta do que nos meios tradicionais de hospedagem. Aí, a decoração e o pedido do jantar ficam por sua conta...

*Preços pesquisados em 11 de junho de 2021 e sujeitos a alterações.

Sexo