PUBLICIDADE

Topo

Relacionamentos

"Meu marido é bi": elas contam como é romance com um parceiro bissexual

Daniela Choma, 23 anos, e Alisson Candeo, 26, estão juntos há 3 anos - Arquivo Pessoal
Daniela Choma, 23 anos, e Alisson Candeo, 26, estão juntos há 3 anos Imagem: Arquivo Pessoal

Roseane Santos

Colaboração para Universa

03/05/2021 04h00

Daniela e Alisson estão juntos há 3 anos e são pais de uma bebê de 10 meses. Tuy e Biel se conheceram em uma balada na rua Augusta, em São Paulo, em 2012, e não se largaram mais. Em comum, a história de amor dessas duas mulheres têm um ponto: seus parceiros são bissexuais.

"Se a pessoa quiser me trair, vai trair. Não é porque ele é bissexual que terá mais chances de traição", opina Tuy. Mas nem todas as mulheres pensam assim. Além dos desafios próprios de qualquer relação, elas enfrentam os julgamentos e o descrédito alheio por causa da orientação sexual do homem que amam.

A Universa, elas falam sobre as alegrias e os obstáculos pelos quais já passaram.

"Ele ter se relacionado com homens nunca foi um tabu para mim"

"Nos conhecemos através de amigos, no final de 2017 — sempre íamos juntos em festas e acabamos criando uma amizade. Um dia em uma delas, ficamos a noite toda juntos e, em meio a uma conversa, falei para o Ali 'vamos se beijar' e aconteceu. Depois disso, começamos a ficar e quatro meses depois ele me pediu em namoro.

Já sabia que ele era bissexual, tive alguns receios, mas eles surgiram depois de muitas pessoas darem opiniões sobre o nosso relacionamento. Foi aí que percebi que estava levando em consideração opiniões alheias, e não o meu coração.

Na minha opinião ficar com um bi foi muito melhor, o Ali é supercarinhoso, compreende meus sentimentos, fazendo com que nossa conexão seja maior ainda.

Muitas pessoas associam a masculinidade alfa como um símbolo de um homem com 'pegada', mas eu acredito que isso não está relacionado com a masculinidade, e sim com personalidade

Eu e o Ali sempre fomos muito sinceros um com o outro, resolvemos tudo na base do diálogo, nossa relação foi e é muito bem resolvida. Isso me fez passar por tudo de forma tranquila.

No início, como era tudo novo para mim, pintaram, sim, algumas inseguranças, mas com o decorrer do relacionamento percebi que eram paranoias da minha cabeça, pois tudo que não convencional causa dúvida.

Ele ter se relacionado com homens nunca foi um tabu para mim. Quando as pessoas pararem de rotular o amor, vai ser muito mais fácil de encontrá-lo. Foi assim que eu encontrei o meu e construí uma família." Daniela Choma, 23 anos, influenciadora digital é casada com Alisson Candeo, 26 anos, criador de conteúdo digital. Eles são pais de Jade, de 10 meses.

"Falei que era bi e ele respondeu: 'sou também'. Achei incrível"

Tuy é casada com Biel, que é bissexual, há dez anos - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Tuy é casada com Biel, que é bissexual, há dez anos
Imagem: Arquivo pessoal


"Nos conhecemos em 2012, em uma balada na rua Augusta, em São Paulo. Eu com 19 anos e ele com 21. Biel logo me chamou atenção exatamente por ser bissexual. Estávamos muito bêbados, era quase 5 horas da manhã. Em algum momento eu falei que era bi e ele respondeu, sou também. Então achei aquilo incrível, muito legal mesmo. Adorei ele se assumir assim, logo de cara.

Sempre gostei de ver dois homens se relacionando e para satisfazer um desejo assim, só arrumando um bi mesmo. Começamos a sair e em um mês e meio, já estávamos namorando oficialmente. Só que antes tivemos que ter a conversa do 'olha eu não consigo ficar só com uma pessoa'.

Além de bissexuais, somos adeptos do poliamor. Somos um casal liberal e assumimos tudo que sentimos e desejamos. Fizemos um acordo e colocamos regras para a nossa relação fluir e deu certo

Nosso jeito sempre bateu muito, desde o rolê, até ter amigos em comum. Ele foi o primeiro a se apaixonar, mas em pouquíssimo tempo eu também estava apaixonadinha.

Eu era uma pessoa que não sabia se meus relacionamentos poderiam ser duradouros, porque os anteriores não passavam de um mês. Em janeiro do ano que vem, vamos fazer dez anos juntos.

Entendo que orientação sexual não muda nada em relação ao caráter. Se a pessoa quiser me trair, vai trair. Não é porque ele é bissexual que terá mais chances de traição.

Foi um choque na família, mas a gente não ligou. Eu sofri bastante por gostar de homens bissexuais desde a minha adolescência. Sempre gostei de homens mais afeminados. Os meus amigos já tiveram tempo de me zoar bastante antes de chegar o Biel e, por isso, quando assumi o namoro com ele, ninguém nem ligou mais. Eu brinco que o Biel é a minha caixinha, ele veio com todas as coisas que sonhava para ter alguém para mim." Tuy Potasso, 28 anos, influenciadora do canal Tuy e Biel, está com há dez anos com Biel Vaz, 30 anos, influenciador e fotógrafo.

Relacionamentos