PUBLICIDADE

Topo

Aline Wirley: "No Rouge eu não entendia a importância de ser a preta ali"

De Universa

24/03/2021 04h00

Sucesso nos anos 2000 como integrante da banda Rouge, a cantora e atriz Aline Wirley, 39 anos, diz que só hoje tem dimensão de como sua presença e a da colega Karin Hils no quinteto pop feminino tinha mais que relevância artística. "Quando eu era do Rouge, não entendia a importância de eu e a Karin sermos as pretas ali naquele lugar. Era representatividade!", conta.

Em conversa com Fabi Gomes no novo episódio do E aí, Beleza?, o "maquia e fala" de Universa, Aline relata que foi por causa do filho Antonio, de 7 anos, que passou a estudar mais sobre questões raciais e como elas impactam sua vida. "Hoje, quando lembro de certas situações do passado, concluo: 'caraca, aquilo era racismo!'"

Existe uma cobrança agora para que nós, pretos, saibamos tudo sobre tudo. Que a gente saiba o que falar sobre racismo, que a gente saiba se posicionar. É enlouquecedor, porque eu também estou em processo de desconstrução. Estou estudando para que eu possa ser uma mulher preta potente!

Aline diz ainda que já vê resultados da criação antirracista que dá ao filho. "O Antonio ama o cabelo crespo dele, do tipo que não deixa cortar. É bem diferente do que acontecia comigo", explica. "Para as mulheres pretas, a relação com o cabelo é muito íntima e sofrida. A gente não consegue encontrar beleza nele e isso para mim durou até os 36 anos, que foi quando eu decidi raspar a cabeça."

Aline Wirley, durante a participação remota no programa de Fabi Gomes - Mariana Pekin/UOL - Mariana Pekin/UOL
Aline Wirley, durante a participação remota no programa de Fabi Gomes
Imagem: Mariana Pekin/UOL

A cantora conta que, antes da transição capilar, "costumava morar dentro de perucas e laces". "Eu não queria lidar, nem olhar para o meu cabelo. Quando decidi raspá-lo, foi muito libertador olhar para as pessoas que eu amo do jeito que eu sou."

Na conversa com Fabi, Aline também citou os comentários racistas que já sofreu por ser casada com um homem branco, o ator Igor Rickli - eles já estão juntos há 10 anos. "Quando começamos a namorar, não tinha muito essa coisa de redes sociais. Mas com o tempo, a gente passou a postar uma fotinho aqui, outra ali...E aí veio problema", recorda.

Quando o Igor fez a novela 'Flor do Caribe', em 2013, as pessoas começaram a descobrir que ele era casado comigo. E aí falavam: 'Nossa, por que ele é casado com ela? Podia ter a mulher que quisesse!'. E isso vai atingindo a gente por vários caminhos

No papo com Fabi, Aline também falou sobre seu primeiro álbum solo, "Indômita", sobre sua rotina de beleza e de como atuar em musicais lhe trouxe diversos desafios artísticos.

fabi gomes - Mariana Pekin/UOL - Mariana Pekin/UOL
Fabi Gomes, durante o papo com Aline Wirley no programa
Imagem: Mariana Pekin/UOL

Próximos episódios

Os episódios de E aí, Beleza?, produzidos por MOV, a produtora de vídeos do UOL, são exibidos às quartas em Universa. A atração é comandada por Fabi Gomes, maquiadora e colunista de Universa, e já recebeu a cantora Preta Gil, a atriz Vitória Strada, a vereadora Erika Hilton (PSOL), a comentarista política Gabriela Prioli, a jornalista Vera Magalhães, entre outras convidadas.

Fabi gravou a partir da Casa UOL de Verão, locação do projeto que reúne a programação de verão do UOL (seguindo todos os protocolos de segurança recomendados pelas autoridades de saúde). Já as convidadas conversam a partir de suas casas. As câmeras viram espelho e a troca de experiências e dicas rola solta.