PUBLICIDADE

Topo

Alto Astral

Numerologia para iniciantes: 11 dúvidas frequentes sobre ação dos números

O significado e a influência dos números no comportamento e no destino humanos já é estudado há muito tempo - MicroStockHub/Getty Images/iStockphoto
O significado e a influência dos números no comportamento e no destino humanos já é estudado há muito tempo Imagem: MicroStockHub/Getty Images/iStockphoto

Claudia Dias

Colaboração para Universa

28/02/2021 04h00

Mudar a numeração da casa, acrescentar letras extras ao nome de alguém ou de uma empresa e definir a melhor data para o casamento são algumas situações em que a numerologia pode ser adotada. O estudo do significado e da influência dos números no comportamento e no destino humanos já é estudado há muito tempo, mas há muitas dúvidas sobre o tema.

Por isso, consultamos o numerólogo e professor Victor Augusto de Souza, que responde às principais dúvidas sobre o assunto. A seguir, ele responde 11 perguntas frequentes sobre numerologia.

1. A análise da numerologia podem ser aplicada apenas a pessoas?

"A numerologia possui várias vertentes: tem a cabalística, a cármica, a pitagórica... São várias linhas interpretativas ou de entendimento dessas correspondências numéricas. Além de pessoas, é possível fazer análise para animais, para nomes de empresa, para datas, eventos ou mesmo para entender situações. Qualquer questão que contém uma energia pode ser analisada, desde a abertura de uma empresa ou da escolha de uma data para algo importante para pessoa, por exemplo".

2. Que tipo de informações e/ou benefícios os números podem oferecer?

"A numerologia é uma arte que vai trabalhar muito em cima do autoconhecimento e, também, do entendimento do destino ou do pré-destino da pessoa. Então, quando a gente fala sobre benefícios, o primeiro é o autoconhecimento. A pessoa vai compreender o seu papel de vida, os desafios e as dificuldades que pode ter, o que pode aprimorar ou o que precisa tomar um certo cuidado. Compreendendo as influências ou energias, através do autoconhecimento, é possível lidar melhor com tudo o que é identificado".

3. Os números podem trazer respostas sobre o futuro?

"Sim, com certeza. A numerologia é capaz de mostrar qualquer situação que se apresenta sobre o futuro. É muito importante que a pessoa tenha os dados corretos, porque são neles que ela vai se basear. Mas é preciso entender que nenhuma técnica de previsão fala exatamente o que vai acontecer. O que a numerologia aponta é a energia que vai estar disponibilizada. Por exemplo: você vai montar o 2021 da pessoa e sai que, no ano, existe uma tendência de ela acabar se sentindo enganada. O numerólogo ou pessoa que estiver interpretando vai ter que compreender quem é o ser que está vivendo isso (já que essa numerologia é pessoal) e fazer uma correlação com o ano e com disposição de acontecer. É uma colcha de retalhos que você vai conseguindo juntar até conseguir ter uma resposta mais objetiva. Então, sim, é possível ver o futuro com a numerologia, mas entendendo que esse futuro é interpretado porque as técnicas dão os vetores, as energias disponíveis. Sabendo antes, a pessoa consegue mudar essas previsões ou aproveitar os períodos benéficos".

4. A tabela pitagórica, que associa letras a números, é a única que existe ou há outras versões?

"A tabela pitagórica não é a única. Nós temos vários sistemas de numerologia e, neles, é bem comum que se haja uma alteração. Mas a pitagórica é a mais conhecida e mundialmente aplicada".

5. Algum número é o melhor de todos? Da mesma forma, há algum ruim?

"Não, porque um número é algo muito individual. Às vezes, para uma pessoa, um determinado número é muito bom e para outra, é muito pesado. Também depende do que a pessoa está vivendo ou do que ela deseja para aquele momento. Então não existe un número de azar ou número de sorte mesmo. Por exemplo, na parte empresarial da numerologia pitagórica, o número 4 não é visto como bom, mas se esse número, junto com o número , trouxer uma outra composição, pode ter alguma reverberação positiva".

6. Em quais circunstância é indicado fazer alterações no nome de uma empresa ou pessoa?

"Alteração de nome pessoal só funciona se a pessoa adota e incorpora aquela nova qualidade. Se por acaso ela tem um número voltado para a família, mas está num momento em que o foco é a carreira, então a gente pode propor uma alteração que se alinhe com o momento. Só que a essência, a natureza dela, sempre vai ser a família. Quando é feita a alteração do nome, a pessoa precisa incorporar essa nova habilidade para criar comportamentos que reforcem isso. A alteração de nome só vai facilitar. É como se a alteração agregasse uma nova energia, mas ela não vai conseguir ocultar completamente a energia original dela. A mesma coisa ocorre com empresa. Primeiramente, os mapas astrológicos dos donos vão influenciar nessa empresa muito mais do que a data de criação do negócio. Por exemplo, se o mapa do dono ou dos donos é propício para restaurante e eles resolvem montar um salão de beleza, podemos escolher o melhor dia para abrir essa empresa e o melhor nome mas, em algum momento, aquela dificuldade vai existir ou vai se apresentar porque os sócios estão indo contra a essência deles. Não adianta pensar que não tem sucesso por conta de um nome negativo ou que seja ruim. Isso não existe. O que há são nomes ou emblemas numerológicos mais desafiadores e a pessoa vai precisar lidar com aquilo para ter abertura de caminho e mais facilidade dentro do que deseja".

7. Quando é indicada a mudança de número de uma casa?

"Acho isso algo muito importante. Com a mudança do número da casa ocorre um processo de composição. A casa possui a própria vibração, então é preciso fazer a alteração para ter a vibração que se quer para o momento. Há vibração que é favorável para ter filhos ou favorável para introspecção. A própria casa possui uma energia e cada morador vai sentir essa casa através do mapa pessoal. Também não adianta aquela coisa de baciada, como pensar que casa boa é que dá número 5, porque temos que considerar o momento. Temos que pensar nas pessoas que moram e até nos animais que estão nela para proceder a correção ou harmonização e encontrar um número que seja positivo para todo mundo, mesmo que sintam essa casa de maneira diferente. Vale para a pessoa que quer se mudar, quer vender e não consegue ou quer melhorar alguma questão familiar ou algum tipo de problema na família. Mas é a mesma coisa da alteração de nome: encontramos o número que trabalha aquilo em nível arquétipo, inconsciente, mas as atitudes vão ter que ser agregadas e colocadas em prática. Também não é algo rápido. Para começar a sentir a mudança, pode demorar dois, três meses para essa energia começar a se firmar. Às vezes, também pode ser uma mudança por período: se vejo, para uma loja, que entre janeiro e fevereiro vai ter uma queda no faturamento, então um pouco antes disso a gente já trabalha o número para trazer mais energia para aquela loja, naquele momento. Se está tendo um conflito em casa, vamos olhar o mapa de todas as pessoas para entender de forma mais profunda, a fim de desenvolver até uma empatia ou um perdão e tomar decisões. A partir desse desejo de mudança interior, analisamos o que pode ser feito, como colocar um número ou uma letra que vai representar essa nova abordagem desejada com aquela energia. O processo interior passa a refletir no exterior".

8. As alterações nas letras/ números devem ser feitas apenas uma vez na vida ou é recomendado rever, de tempos em tempos?

"As alterações podem ser frequentes, sim, conforme o ciclo ou o que a pessoa está vivendo. Principalmente com casas e empresas, acho interessante mudar, quando necessário. Numa empresa, você pode colocar um número muito quente, que vai trazer muitos clientes, mas que pode causar um pouco de agitação entre os funcionários. Então vale deixar alguns meses e, depois, trocar para trazer mais harmonia. Já o nome também pode sofrer alterações de tempos em tempos, mas como é um processo mais profundo de mudança comportamental, se ficar trocando toda hora, não tem tempo para incorporar aquelas novas qualidades".

9. Quando se identifica que um número não é adequado (à pessoa, à empresa...), a sugestão é alterá-lo para alcançar outro número. Fazendo isso, haverá prosperidade?

"É o autoconhecimento que vai determinar. Às vezes, vai ser muito mais poderoso a pessoa perceber um comportamento destrutivo dela ou um comportamento que não é bom para ela do que alterar uma letra ou número. Quando montamos o mapa, saem os números que são representações de comportamentos que não são legais ou dificuldades da pessoa. Se ela se tornar consciente e trabalhar aqueles aspectos é muito mais poderoso do que ela colocar um 'a', um 'b' ou um 'c' nas coisas dela. Mas se quiser, pode alterar sim, porque vai reforçar e externalizar essa mudança. Automaticamente, por estas artes, quanto mais conectado você está com seu destino ou do seu propósito, a tendência que você flua mais, sim, na sua vida".

10. Pode-se usar a numerologia para escolha de nomes de empresas? Como isso é útil?

"Sim, pode. Para empresa, particularmente, acho adequado porque tem a ver muito uma mensagem que quer repassar para humanidade ou para seus clientes. Quando um produto será lançado, é legal ver se nome escolhido está numerologicamente harmônico ou se a data de lançamento é adequada ou tem a ver com o momento propício da empresa. Acho tudo muito válido!"

11. Também vale escolher nomes de bebês a partir da numerologia?

"Quando a gente fala em escolher um nome para criança, funciona, mas temos que pensar que, quando a criança começa a vir para sua família, seja através de gestação ou de uma doação, a energia dessa nova criança já começa a se aproximar dos pais. Então, para mim, mesmo que os pais acreditam que estejam controlando esse destino, na verdade estão partindo de uma influência daquele destino, daquela alma, que também é coligada ao destino deles. A gente pode proceder alguma alteração, para colocar algo mais harmônico, ou números que têm atributos de vida mais leves e menos desafiadores, mas parto desse princípio de que, apesar das escolhas feitas pelos pais, aquilo já é parte da energia daquela alma que está para vir. É preciso lembrar, também, que existe a data que a criança nasce, outro importante peso nessa composição dos cálculos, dessa composição de vida. Mesmo que os pais também escolham uma data mais harmônica, mesmo nesses casos, se não for para aquela alma nascer naquele dia, vai dar ocorrer algo, como algum problema com o médico ou a mulher começar a ter muita contração antes. Então mesmo quando a gente tenta manipular, tem uma força maior por detrás disso tudo. Por último, a é necessário lembrar que a vibração dos nomes, principalmente, não provém só da correlação numérica. Um nome possui a sua própria história, então não é possível ficar baseado apenas no cálculo. Às vezes, o cálculo é muito bom, mas a história daquele nome é muito pesada".

Alto Astral