PUBLICIDADE

Topo

Beleza

Cabelo de Marquezine e Ju Paes que amamos vem dos anos 80 e já foi cafona

Corte shaggy e cacheado que foi hit nos anos 1980 e está em alta novamente - Reprodução/Instagram
Corte shaggy e cacheado que foi hit nos anos 1980 e está em alta novamente Imagem: Reprodução/Instagram

Karina Hollo

Colaboração para Universa

17/12/2020 04h00

O que Bruna Marquezine, Juliana Paes e Gleici Damasceno têm em comum? Elas fazem parte do time de famosas que, durante o isolamento aproveitaram para começar um processo de transição capilar e para apostar em um corte em camadas e com franja, bem famoso na década de 80.

Entre os muitos desafios de 2020, fazer as pazes com a textura natural do cabelo entrou na lista de muitas pessoas, já que passamos boa parte do ano impedidas de ir ao salão. No caso de algumas atrizes, aliou-se também o fato de não estarem com "cabelo de personagem" e pronto: embarcaram na transição capilar e acabaram trazendo de volta um corte shaggy e cacheado que foi hit nos anos 1980 - quem não se lembra de Jennifer Beals, em "Flashdance", Julia Roberts em "Uma Linda Mulher" ou de Claudia Raia, em "Sassaricando"?

Segunda e terceira onda

Há uns três anos, a modelo argentina Mica Arganaraz trouxe esse mood de volta e deu o que falar. Depois, veio a cantora Zendaya, Silma López, da série espanhola "Valéria", e Natasha Lyonne, da série "Boneca Russa", ambas da Netflix.

Hoje basta uma voltinha no Instagram para ver várias celebridades nesse look. Ju Paes foi quem puxou a fila aqui no Brasil e, com a ajuda do cabeleireiro Tiago Parente, assumiu os cachos já no primeiro semestre deste ano. Bruna Marquezine estava no processo e precisava tirar o resto de química dos fios. Resolveu fazer isso investindo no corte em camadas. Ela confessou que teve medo de ficar parecida com um poodle (quem se identifica?), mas acabou recebendo tantos elogios que já se adaptou ao look de Liz, na série "Maldivas", da Netflix.

A ex-BBB Gleici Damasceno contou em um post que estava há 1 ano e 7 meses passando pela transição capilar, incluindo momentos de desespero (em muitos, ela não se reconhecia) e confessa que ainda está aprendendo a aceitar e cuidar do cabelo (como ele realmente é). "O corte dá liberdade para os cachos e você pode usar os artifícios do babylilss e de produtos de ativação de cacho para ajudar a modelar", fala Celso.

Ju Paes, Gleice e Marquezine exibiram os novos looks nas redes sociais e receberam uma chuva de elogios. Pois é, o corte que foi moda nos anos 80 chegou a virar piada nas décadas seguintes. Por isso a gente até entende o receio de Bruna -e de outras em assumir o estilo, mas os lindos exemplos dessa matéria comprovam: parece que o jogo para "cabelo de poodle" virou novamente.

Corte em camadas

O hair stylist Celso Kamura, do salão C. Kamura, em São Paulo define o corte:

"Esse corte tem algumas características, ele é um corte geométrico, em camadas, com franja e com formas arredondadas. Ele pode ser curto (na altura das orelhas), médio (nos ombros) e longo (na altura do seio). Ele também é conhecido como o Shaggy Hair"

Cacheadas tudo podem

O look está liberado para todo mundo. "A franja cria uma moldura no rosto que costuma ficar bem na maioria das pessoas", fala o hair stylist Wilson Eliodorio, do WES Wilson Eliodorio Studio, em São Paulo, expert em cachos. Quem pode usar? Lisas? Onduladas? Cacheadas? "Para quem tem cabelo liso, é importante usar produtos que ajudem na fixação, como mousse ou água do mar, e secar o cabelo amassando os fios. Para quem tem cabelo cacheado ou ondulado, é importante usar produtos para ativação dos cachos, com alguma fixação para que o cacheado fique lindo. Ah, legal também secar com o difusor, caso opte pelo secador. Mas esse corte para as cacheadas, a secagem natural também fica lindo", fala Kamura.

Look rock and roll e de fácil manutenção

"Ele exige a mesma manutenção do cabelo cacheado normal na hora de finalizar: uma boa fitagem, aplicando creme para pentear cacho a cacho ou o 'dedoliss' (que é fazer o movimento dos cachos com a ponta dos dedos). Se você tiver cabelo ondulado, penteie com pente fino e seque de cima para baixo. Assim, coloca a franja no lugar", ensina Wilson. No entanto, o visual pede cuidado na hora do corte: prefira cortar seco para não ter surpresas. O retoque é espaçado conforme a franja incomoda", diz Eliodorio. É isso mesmo que você leu: quem disse que cacheada não pode ter franja? Cabelo cacheado pode tudo! "Quem precisa de atenção é mesmo a franja e o comprimento, porque quando o cabelo começa a crescer, ele vai pesando e perde o movimento dos fios, perde a leveza que o corte proporciona", avisa Celso.

Beleza