PUBLICIDADE

Topo

Mulher tenta terminar relação e é assassinada no MT; marido confessa crime

Ednalva dos Santos e Fernando César estavam juntos há dois meses; filha diz que mãe relatava relação agressiva - Acervo pessoal/Reprodução
Ednalva dos Santos e Fernando César estavam juntos há dois meses; filha diz que mãe relatava relação agressiva Imagem: Acervo pessoal/Reprodução

Bruna Barbosa Pereira

Colaboração para Universa, em Cuiabá

15/12/2020 16h12

Na véspera do aniversário de 47 anos, Ednalva dos Santos foi morta com uma facada no peito ao tentar terminar o relacionamento com o marido, Fernando César, de 41. Ele confessou o crime.

O fato aconteceu ontem, na casa onde eles moravam, em Sinop (MT), cidade a cerca de 480 km de Cuiabá. A filha da vítima, Camila Mayara Santos, contou que a mãe já havia relatado episódios de ameaça e agressão física, além de reclamar que o suspeito era muito ciumento.

Ednalva e Fernando estavam juntos há cerca de dois meses, de acordo com Camila. No entanto, a filha explicou a Universa que a mãe havia decidido colocar um ponto final na relação ontem. Foi quando ela acabou sendo esfaqueada e morta.

"Meu irmão que morava na casa com eles ouviu os gritos dela. Ele socorreu na hora, ela saiu ainda com vida e conversando, mas acabou morrendo no hospital. Ele deu uma facada um pouco abaixo do peito, entre as costelas", contou a jovem, que completou 27 anos no dia da morte da mãe.

Após cometer o crime, Fernando tentou fugiu, mas foi encontrado por policiais com manchas de sangue na roupa e confessou que havia esfaqueado Ednalva.

De acordo com a Polícia Civil, durante a abordagem ele informou que a faca usada ainda estava na casa. O suspeito foi levado para à delegacia, onde teve a prisão em flagrante decretada por homicídio doloso por motivo fútil.

'Mulher batalhadora'

Ednalva trabalhava como motorista de aplicativo e foi descrita pela filha como uma "mulher muito batalhadora". Camila contou que ela e a mãe tinham uma relação muito próxima e que a enxergava como uma "guerreira".

A jovem também revelou que não sentiu afinidade por Fernando no momento em que eles se conheceram, mas decidiu não se envolver no relacionamento, já que a mãe aparentava estar feliz. Emocionada, a filha ressaltou que espera que histórias como a de Ednalva não se repitam.

"Tinha pouco tempo que conhecia, mas não fui com a cara dele, pelo jeito como pessoa mesmo. Mas não quis contrariar minha mãe, via que ela estava feliz. Agora quero Justiça. Que outras mulheres tenham a história da minha mãe como exemplo, para saírem fora quando estiverem em qualquer relacionamento abusivo."