PUBLICIDADE

Topo

Alto Astral

"Mística", Madonna é leonina: como cada signo lida com esoterismo?

Madonna intrigou fãs com ritual misterioso, publicado no Instagram - Reprodução/Instagram
Madonna intrigou fãs com ritual misterioso, publicado no Instagram Imagem: Reprodução/Instagram

Claudia Dias

Colaboração para Universa

20/11/2020 04h00

Transformação, profundidade, alquimia e até uma certa magia costumam fazer parte da vida de muitas pessoas. Quem apresenta essa maior afinidade com tais assuntos costuma ter ligação com temas místicos. Nesse quesito, a turma de Escorpião sai na frente, mas não é a única.

Leão, por exemplo, tem a força mágica em seu ser. E a cantora Madonna, que nasceu sob o signo de agosto, está aí para provar: nos últimos dias, postou uma foto em seu Instagram que deixou os fãs encucados com o que parece ser um ritual esotérico, mais precisamente da cabala.

Segundo a astróloga Soraia Brito, do AstroRegis, a intensidade, a emoção profunda, a resistência, a força e até a obsessão podem estar presentes na mente de uma pessoa, inclusive sem que ela se dê conta.

Esse misticismo faz parte, principalmente, dos nascidos em Escorpião, que têm apreço especial por esconderijos e pelo que há guardado nas profundezas. A seguir, Soraia revela como cada um dos signos lida com todo o misticismo e emoções profundas.

O lado místico e profundo de cada signo

  • Áries

Ser profundo não faz exatamente parte do vocabulário ariano, mas pode haver um certo interesse pelo assunto, ainda que meio vago. Áries tem dificuldade para lidar com as profundezas, pois gosta de resolver tudo rapidinho. O nativo do signo, porém, adora desafios - e se esse lado místico for encarado como desafiador, ele abraça a causa em questão até descobrir tudo.

  • Touro

O signo de Touro não é nada propício a transformações bruscas, muito menos quando incluem altas doses de desconhecido. Ele preza pelo que é seguro e cauteloso, o que pode fazer com que seu lado pragmático se sobreponha à voz do coração. Mas como sempre usa seu fôlego e a sua desconfiança para investir no que realmente deseja, seu lado místico tende a florescer se estiver ancorado em algo que ofereça prazer.

  • Gêmeos

Por esse caminho profundo, Gêmeos passa batido. Fazendo a linha de São Tomé, os nascidos no signo só acreditam no que veem e ouvem. Entretanto, revelam flexibilidade para verdadeiras transformações, simplesmente porque adoram mudar. Estão sempre abertos a novos conceitos e, graças à incrível capacidade intelectual, absorvem todas as mudanças que acontecem ao redor.

  • Câncer

As emoções cancerianas são sempre marcantes e exaltadas. Embora a proteção seja a marca registrada do signo, o nativo não teme sair da casca: ele veio ao mundo para o sentir profundamente. Por isso, misticismo e descobertas interiores são alimentos para sua manutenção interior. Vale lembrar que, quando o assunto envolve emoções, Câncer é o que melhor entende disso.

  • Leão

A força mágica está dentro de Leão e ele precisa de súditos e muitos reinos para fazê-la brilhar. Liderar, para ele, é arte e ensinamento. Mas o leonino é tão concentrado em si próprio, que pode simplesmente ignorar as forças externas, convencido de que o que realmente importa está somente dentro dele.

  • Virgem

Para quem é de Virgem, o ocultismo não tem nada de prático. E se algo tem natureza propícia a fugir do controle, a tendência é que os nativos o ignorem totalmente. Alquimia, para o virginiano, é ciência exata: está na saúde, em olhar para si para saber se está tudo organizado, dentro das tendências e parâmetros ou se nada está fugindo daquilo que ele consegue controlar. Ir até as profundezas pode exigir demais do senso prático virginiano. Mas se ele topar seguir esse caminho, certamente vai seguir seus próprios métodos.

  • Libra

Librianos sempre procuram o equilíbrio. Porém, é na força mística que eles se perdem - ainda mais se isso envolver um amor místico com toda alquimia inexplicável. Observador, o nativo vai até o fim para descobrir essa magia, sempre mantendo a elegância e o carisma que são só dele. Libra usa todas as ferramentas para trazer harmonia à vida - e quase tudo acontece exatamente no modo que idealizou.

  • Escorpião

O misticismo sempre estará ligado e alinhado com o propósito investigativo escorpiano. A intensidade e a força pertencem ao signo em sua totalidade, abrangendo do nascer ao renascer. Poder, mutações, transformações: Escorpião é o dono de dualidades que o tornam a verdadeira combinação entre o bem e o mal. Com ele, nem tudo é explicável, pois ele simplesmente sabe das coisas, sem ao menos ver ou ouvir sobre elas.

  • Sagitário

É com Sagitário que nascem a reflexão e o conteúdo de paradigmas universais, que nem todos sabem explicar racionalmente. Exagerado e com sede de justiça, ele compreende que as energias intensas polarizam sua filosofia. Entretanto, se não sentir que domina tal conhecimento, pode negá-lo e até desprezá-lo.

  • Capricórnio

Sempre desconfiado de tudo, Capricórnio fica perdido quando precisa falar sobre temas que não conhece a fundo. Além do mais, tende a estar mais ligado ao campo da força material. No fundo, no fundo, até tem certo anseio de liberar espaço para o místico, mas está tão focado em trabalhar para construir seu legado e sua imagem pública, que a ambição mantém seu foco em questões mais pragmáticas.

  • Aquário

A intelectualidade toma conta dos aquarianos e, apesar disso, a percepção passa por outro eixo. É muito provável que ele vire a página para esses sentimentos e racionalize. Inclinado a ser sempre o do contra, vai dizer que é tudo ficção. Se perguntar algo sobre o assunto, fará parecer que a dúvida é mera curiosidade - essa dúvida, porém, sempre vai acompanhar sua mente questionadora.

  • Peixes

A alquimia faz parte desse signo desde sempre e aprofundar-se em algo é o que o nativo de Peixes mais gosta de fazer - ele aproveita qualquer energia para criar, sonhar, flutuar. A percepção pisciana é inexplicável: o nativo tem profundo acesso ao inconsciente e aos arquétipos. O projeto espiritual dele é acelerado e, mais ainda, sua fusão com o místico e todo o processo alquímico de criação.

Alto Astral