PUBLICIDADE

Topo

Autoestima

'As pessoas precisam entender: gorda não é sinônimo de feia', diz modelo

A modelo Katie Parrott não se importa com os haters e ama o seu corpo - Reprodução/Instagram
A modelo Katie Parrott não se importa com os haters e ama o seu corpo Imagem: Reprodução/Instagram

De Universa, em São Paulo

17/11/2020 15h16

A modelo Katie Parrott se descreve como "gorda" e não se importa com a enxurrada de comentários negativos que recebe nas redes sociais. Ela já acumula quase 24 mil seguidores no Instagram e diz que os haters pegam no seu pé só porque ela é feliz.

"Para mim, tem sido uma jornada importante para desestigmatizar a gordura. Eu sou gorda. Isso não é um palavrão: é descritivo, como dizer que alguém é alto, baixo, magro ou loiro", conta para o site Mama Mia.

"É muito importante lembrar às pessoas que ser gorda não é sinônimo de ser feia, nojenta ou asquerosa", acrescenta.

Katie está determinada a tornar a indústria da moda mais inclusiva para todos os tamanhos. A influenciadora, que mora na Tasmânia, colaborou recentemente com a Big W para promover a coleção de verão da marca.

Ela postou várias fotos com trajes de banho no Instagram usando hashtags com mensagens positivas, como #VerãodaGarotaGorda e #TodosTêmUmCorpodePraia.

O objetivo, segundo ela, é mostrar principalmente para as meninas mais jovens amarem o seu corpo do que jeito que elas são.

"Se meu corpo fizer uma adolescente se sentir tão bem com o corpo dela, então meu trabalho está feito", conclui.

Autoestima