PUBLICIDADE

Topo

Alto Astral

Vai morar com o mozão? Signo do par pode ser sinônimo de ímpeto, controle

Obstáculos de relacionamento podem estar ligados a perfil do signo - Getty Images
Obstáculos de relacionamento podem estar ligados a perfil do signo Imagem: Getty Images

Claudia Dias

Colaboração para Universa

16/11/2020 04h00

Juntar as escovas de dentes e dividir o guarda-roupa envolve todo o romantismo que a nova fase do relacionamento pede, mas também tem lá suas "saias justas". Quando duas pessoas decidem compartilhar o dia a dia no mesmo espaço, nem tudo são flores, muito por conta das diferenças de personalidade.

Mas é possível se antecipar e se preparar para encarar os maiores desafios - pelo menos os iniciais - desse novo estágio. Com ajuda da astróloga Vivi Pettersen, listamos os principais obstáculos que o casal vai enfrentar ao optar por morar junto, considerando o signo de cada um.

Signo de quem vai morar junto: dificuldades de adaptação

Áries: ímpeto

O ariano tem, por si só, um modo de agir bem peculiar, pois põe em prática o que quer, sem pensar muito previamente. Trata-se de um reflexo da alta energia que tem e, também, do seu excesso de atitude. Outra questão que pode pesar é o individualismo, já que o nativo de Áries tende a se preocupar, primeiramente, com as próprias questões e prioridades.

Touro: procrastinação

A tendência a postergar tudo o que faz é uma característica taurina. Isso porque o signo costuma ficar muito em sua zona de conforto e, com isso, acaba optando pelo comodismo em muitas situações. O nativo de Touro é uma pessoa que deixa para depois tudo o que pode fazer hoje, o que acaba, em uma vida a dois, atrapalhando o andamento de demandas mais urgentes.

Gêmeos: humor instável

via GIPHY

Quem é de Gêmeos possui uma vida dinâmica e muito plural, ou seja, gosta de estudar e saber sobre muitos assuntos. Entretanto, a alteração de humor e a instabilidade tendem a prejudicar muito a convivência, já que o geminiano quer algo num momento e, pouco depois, já não quer mais. Essa montanha-russa comportamental se revela um desafio na convivência.

Câncer: rancor

Por ser ligado ao elemento Água, o nativo de Câncer é daqueles que guardam certas mágoas por não resolver o que precisa, na hora certa. Com o passar do tempo, o acúmulo emocional pode acabar atrapalhando e até sufocando o dia a dia. Outra característica do canceriano é que ele perdoa, mas não esquece o que lhe fizerem.

Leão: individualidade

O leonino já é conhecido por priorizar (muito!) as questões pessoais e a própria vida. Na hora de dividi-la com alguém, nem sempre lembra que o outro é um ser diferente, com gostos e maneiras de ser totalmente independentes. Conviver com um nativo de Leão é lutar por espaço para opinar e não deixar que as ideias dele prevaleçam em tempo integral.

Virgem: perfeccionismo

via GIPHY

As atitudes virginianas ligadas ao detalhamento e à organização podem ser uma pedra no sapato na vida a dois. Como o nativo do signo preza bastante por essas questões, para o parceiro, tudo pode parecer crítica. Da mesma forma, diante de qualquer atitude que vá contra essa visão, a tendência é rolar certo desequilíbrio.

Libra: sociabilidade

Quem assume um compromisso sério com o nascido em Libra, automaticamente, aceita uma relação mais intensa com os amigos e conhecidos do mozão. E é esse jeito descontraído 100% do tempo, de uma pessoa que jamais fala "não" para sua turma, que pode colocar em xeque a convivência amorosa. Das duas, uma: ou o parceiro aceita essa condição ou será necessária uma longa conversa para deixar tudo certo entre entre os dois.

Escorpião: intensidade

via GIPHY

Já os nascidos em Escorpião são pessoas que se colocam 150% dentro de todas as situações que encontram pela frente. Dentro de uma relação acontece a mesma coisa: eles mergulham fundo para fazer dar certo. Só que, por serem tão intensos, buscam o mesmo fervor de volta. Se não encontram, a tendência é um sentimento de que está faltando alto ou que não é recíproco.

Sagitário: liberdade

O nativo de Sagitário encara a vida como uma grande aventura. Logo, a liberdade tem um peso extremamente alto na relação - e pode ser um fator determinante para várias situações, como tomar atitudes dentro da casa, sem consultar o parceiro, por exemplo.

Capricórnio: controle

O capricorniano tem a liderança em sua essência. Ele preza pela responsabilidade e pela disciplina, o que significa ser uma pessoa naturalmente controladora. Em uma convivência a dois, acaba agindo dessa forma, quase sem perceber, seja nas questões financeiras ou na logística da casa.

Aquário: solidão

Este é o único representante do zodíaco que preza muito pela solitude, mesmo que não seja por muito tempo. É que Aquário sente prazer em ficar sozinho - tal ato acaba nutrindo-o, fazendo com que se reconecte com as próprias questões. O jeito diferente de ser, porém, pode desencadear desentendimentos com o par.

Peixes: dispersão

O signo de Peixes vive, naturalmente, seu lado lúdico quase o tempo todo. Por consequência, o ar mais fantasioso, como se estivesse fora do ar, algo bem característico e constante, tende a complicar algumas questões rotineiras ou de resolução rápida junto ao parceiro, sobretudo quando o assunto envolve a vida a dois.

Alto Astral