PUBLICIDADE

Topo

BA: PM é afastado após ser filmado dando tapas e sacando arma contra mulher

Carlos Madeiro

Colaboração para Universa, em Maceió

30/10/2020 16h38

Um policial militar foi afastado de suas funções após ser filmado agredindo uma mulher com três tapas em Conde, na Bahia. O caso ocorreu ontem e foi parar nas redes sociais.

No vídeo, a mulher que foi vítima da agressão aparece com uma pá — ela teria apanhado o objeto durante uma briga com outra mulher. Antes de a polícia chegar, um homem tenta contê-la.

Um policial chega então ao local e retira a pá da mão da mulher. Outro policial aparece na cena em seguida e manda a mulher sentar e soltar uma aparente pedra que ela tem na mão. Em seguida, dá um tapa no rosto dela.

Com a mulher já sentada, o policial agride a mulher novamente com dois tapas. Imóvel, a vítima diz que o policial "pode dar". O policial chega a sacar a arma, mas não aponta para a mulher. "Me mate", diz a mulher várias vezes.

O vídeo termina com o policial guardando a arma e com a chegada de outro policial e de um homem. Nenhum dos envolvidos na cena foi identificado.

Universa tentou contato com a vítima, mas não conseguiu até o momento. Em entrevista ao portal G1, ela falou que pegou a pá naquele momento para se defender de uma outra mulher durante uma discussão.

O policial filmado agredindo a mulher integra a 51ª Companhia Independente de Polícia Militar. A PM informou à reportagem que, assim que o comando da unidade tomou conhecimento do vídeo, afastou o militar e abriu um Processo Disciplinar Sumário para apurar o caso.