PUBLICIDADE

Topo

Autoestima

Nigella Lawson sobre chegar aos 60 anos: "Parei de ruminar o passado"

A apresentadora e escritora Nigella Lawson - Reprodução/ Instagram
A apresentadora e escritora Nigella Lawson Imagem: Reprodução/ Instagram

De Universa

10/10/2020 11h11

A apresentadora de programas de culinária Nigella Lawson, uma das mais famosas na área, também é autora de livros de receitas e, neste mês, lança "Cook, Eat, Repeat" ("Cozinhe, Coma, Repita", em tradução livre), escrito durante a quarentena. Em entrevista ao jornal britânico "The Guardian", ela falou, também, sobre os benefícios de envelhecer — em janeiro deste ano, ela completou 60 anos.

"Parei de olhar para o passado. E depois de 60 anos sendo uma ruminadora, é uma coisa incrível. Estou muito feliz, finalmente", disse. Nigella também disse que já não se preocupa tanto com sua aparência e tem usado muitos macacões, ainda que não ache que a peça lhe caia muito bem. "Decidi que não me importo."

Apesar de não costumar dar entrevistas, Nigella abriu o coração e falou sobre o período de escrita de seu primeiro livro, "How to Eat" ("Como Comer"), em 1998, enquanto seu então marido, John Diamond, enfrentava um câncer e já não conseguia mais engolir alimentos.

"Escrever sobre comida quando você a casado com alguém que não pode comer era estranho. Mas suponho que era minha tentativa de me agarrar à vida", diz ela, que recentemente gravou o audiolivro para comemorar o 20º aniversário da publicação. "Foi exaustivo. É muito difícil olhar para trás e não sentir aquela coisa na garganta porque [o marido] foi levado embora", afirma, sobre Diamond, que morreu em 2001.

Ela falou também sobre sua relação com a alimentação. "Às vezes acho que a comida me preocupa demais", diz. "A única coisa que me faz continuar no teatro é pensar no que vou comer depois, embora agora eu traga sanduíches porque não aguento."

Autoestima