Topo

"Depilação em casa foi caos", diz Paolla. Veja 6 dicas para acertar na sua

Paolla Oliveira vive a personagem Jeiza na reprise de "A Força do Querer" na Rede Globo Imagem: Reprodução/Instagram

Mariana Toledo

De Universa, em São Paulo

01/10/2020 15h52

No isolamento por causa da pandemia do coronavírus, Paolla Oliveira contou em entrevista à Taís Araújo, no programa "Superbonita", do GNT, que fez todos os cuidados de beleza por conta própria em casa. Segundo ela, algumas coisas deram certo... e outras nem tanto assim.

"Foi um aprendizado de saber que conseguimos fazer muitas coisas. Desenrolei escova, babyliss, maquiagem. A depilação, vou confessar, foi um caos", disse no episódio de estreia da nova temporada do programa, que foi ao ar na última quarta, 30. Paolla contou que pensava ser fácil o processo de se depilar — só que a tentativa não saiu como o esperado. "Achei que era só colocar ali e puxar. Amiga, você não está entendendo: eu fiquei em carne viva", revelou.

Taís, por sua vez, "ficou arrepiada" só de Paolla contar a aventura e confessou que sente saudades de ser embelezada por profissionais: "A gente convive muito com isso. E eles fazem parte das nossas vidas, ficamos amigos, é uma relação além do profissional".

Sendo menos

No ar em "A Força do Querer", Paolla contou para a apresentadora que o que mais percebeu durante a pandemia foi uma desaceleração na sua vida. "Vi que não precisava correr tanto. Não precisava ficar rodando em volta de mim mesma para achar que eu estava produzindo", disse.

Paolla sugeriu para que as pessoas refletissem sobre as prioridades do seu próprio autocuidado. "Não está nos 10 mil creminhos que a gente passa. Tenho feito coisas que me fazem bem e que são tão bobas, mas que acredito ter a ver com a beleza e o bem-estar. Dormir um pouco mais, fazer alguma coisa no cabelo. Isso só para mim", afirmou.

Depilação em casa

Para evitar problemas como esse que Paolla contou, Universa listou seis dicas para quem vai se depilar sozinha. Para isso, contamos com a ajuda de duas especialistas: Lene Sousa, depiladora do MG Hair Design, e Jaqueline Oliveira, do Beauty in Villa, ambos de São Paulo. Confira:

1. Analise sua pele

Antes de depilar, é importante dar uma boa olhada na pele: existe alguma alergia, machucado ou anormalidade? Se sim, é melhor adiar o procedimento, mesmo que os pelos já estejam grandes e incomodando. O calor da cera, somado ao movimento de puxar os pelos, pode piorar a situação. O melhor a fazer é esperar o problema passar e, se for o caso, buscar ajuda de um dermatologista para resolvê-lo.

2. Não esqueça dos cuidados pré e pós-depilação

É legal tomar um banho de água morna antes de depilar - o processo ajuda na dilatação dos poros, facilita na retirada dos pelos e ainda minimiza a dor do procedimento. Depois, a dica é aplicar um creme específico para o pós-depilatório ou ainda um hidratante da sua preferência. Caso sinta a pele lesionada ou ardendo, um pouco de pomada tipo Bepantol deve ajudar.

3. Teste a temperatura da cera

Um erro bastante comum - e provavelmente o que Paolla cometeu - é aplicar a cera muito quente na pele. O truque aqui é mexer o produto com um palito - também para entender a consistência, que não deve ser muito líquida, e sim mais viscosa - e aplicar um pouco no pulso ou no dorso da mão. Se estiver quente, mas não a ponto de incomodar, está no ponto.

4. Não esqueça da "bordinha"

Na hora de aplicar a cera, é importante deixar mais produto nas extremidades, como se fosse formar uma borda. Se a cera ficar muito rente ao pelo você terá dificuldade na hora de puxá-la - a bordinha serve para ajudar nisso. Se estiver em dúvida se já é hora de retirar, a dica é observar a aparência da cera: se ela ainda estiver brilhante, é melhor esperar mais um pouco; se estiver opaca, já pode tirar.

5. Opte pela cera quente

A depilação em casa deve ser feita com os produtos certos e que facilitem ao máximo o processo, especialmente se a pessoa, como é o caso de Paolla, não for experiente na auto-depilação. Por isso, as especialistas recomendam a cera quente que, ao contrário da fria, ajuda a evitar possíveis hematomas que podem surgir no ato de puxá-la da pele.

6. Preste atenção no processo

O cuidado deve ser redobrado ao se depilar em casa - além da atenção à temperatura da cera, é preciso escolher ainda uma posição confortável e um lugar seguro e higiênico para o procedimento. Por fim, é importante lembrar que a cera deve ser aplicada e puxada no sentido contrário ao nascimento do pelo, pois assim será possível arrancá-lo a partir da raiz e obter, como resultado, uma pele mais lisinha e macia.

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

"Depilação em casa foi caos", diz Paolla. Veja 6 dicas para acertar na sua - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL

Beleza