PUBLICIDADE

Topo

Diversidade

Nanda Costa: 'Fiquei anos no armário esperando o príncipe encantado'

Nanda Costa revisitou álbum de aniversários da infância para falar de sua relação com sexualidade - Reprodução/Instagram/@nandacosta
Nanda Costa revisitou álbum de aniversários da infância para falar de sua relação com sexualidade Imagem: Reprodução/Instagram/@nandacosta

Colaboração para Universa, em São Paulo

24/09/2020 13h05Atualizada em 24/09/2020 13h07

Nanda Costa fez um vídeo sobre sua jornada para se assumir lésbica como parte da comemoração de seu aniversário.

No post sobre ser "uma mulher de 34", em referência a sua nova idade, a atriz de "Amor de Mãe" exaltou o orgulho por ser "sapatão" e contou que desde menina sempre teve consciência de sua orientação sexual.

"Essa sou eu na barriga da minha mãe. Minha mãe tinha 17 anos quando eu nasci e esse é meu aniversário de 1 aninho. Nunca gostei de usar vestido e sempre amei ganhar carrinho de aniversário", disse Nanda, revisitando fotos de comemorações antigas.

Mulher de 34!

Uma publicação compartilhada por Nanda Costa (@nandacosta) em

"No meu aniversário de oito anos, eu estava de Branca de Neve, mas eu fiquei anos no armário esperando meu príncipe encantado, que apareceu em 2014. Demorei mais quatro anos para conseguir subir essa foto e assumir para o mundo o meu amor. Meu amor virou capa de revista e nós casamos no civil. E eu entendi a importância da representatividade e do orgulho de dizer que eu sou sapatão", continuou a atriz, apontando para fotos de Lan Lahn, sua esposa.

Nanda e Lan, que é cantora, realizaram o casamento no civil em junho de 2019. "Casadas! Deixem seus votos nos comentários!", escreveu Nanda na ocasião, ao dividir a data especial em seu Instagram.

"Mas essa semana eu estou nas bancas com essa capa da Veja Rio. E eu não escolhi a palavra lésbica porque não se trata de escolha, é uma condição humana. E hoje, eu estou completando 34 anos e felizmente sigo sapatona. Vamos lutar por humanidade", completou a artista, que ganhou os parabéns de amigos e fãs.

Diversidade