PUBLICIDADE

Topo

Violência contra a mulher

Homem é preso acusado de tirar fotos por baixo da saia de 300 mulheres

No estação Victoria (vista na foto), em Londres, Chan tirou fotos por baixo das saias de mais de 300 mulheres - Scott Barbour/Getty Images
No estação Victoria (vista na foto), em Londres, Chan tirou fotos por baixo das saias de mais de 300 mulheres Imagem: Scott Barbour/Getty Images

De Universa, em São Paulo

21/09/2020 13h40

Um homem chamado Wui Tung Colin Chan, de 21 anos, foi preso em Londres, no Reino Unido, acusado de tirar fotos por baixo das saias de mais de 300 mulheres em uma mesma estação de metrô, em um período de quase dois anos (entre maio de 2018 e março de 2020).

Segundo o Mirror, Chan guardava as imagens em uma pasta separada do seu celular para "gratificação sexual" posterior. Além das fotos, outros materiais pornográficos perturbadores foram encontrados no aparelho, incluindo cenas de estupro e zoofilia.

O homem agia sempre na Estação Victoria, uma das mais movimentadas de Londres, que fica perto de pontos turísticos como o Palácio de Buckingham, residência oficial da rainha Elizabeth 2ª.

Chan se declarou culpado diante de um juiz local, mas sua sentença precisará aguardar, já que o magistrado decidiu que "a gravidade e amplitude dos crimes estava além de sua jurisdição". O caso agora será repassado ao tribunal superior — ou Crown Court, como é conhecido no Reino Unido.

Violência contra a mulher