PUBLICIDADE

Topo

Adolescente é mordida pelo marido ao defender pitbull de agressão em BH

Adolescente acusa marido de agressão após defender um cachorro da raça pitbull, como o da foto - Getty Images/iStockphoto
Adolescente acusa marido de agressão após defender um cachorro da raça pitbull, como o da foto Imagem: Getty Images/iStockphoto

Bruno Torquato

Colaboração para Universa, em Belo Horizonte

16/09/2020 13h28

Uma adolescente de 16 anos foi mordida e agredida pelo seu marido, de 18 anos, no último domingo, após tentar defender o cachorro da família no Morro do Papagaio, na região centro-sul de Belo Horizonte. O suspeito fugiu e até o momento não foi localizado.

Segundo a Polícia Militar (PM), as agressões aconteceram quando o casal estava saindo para passear com cachorro, que se soltou da coleira e subiu no sofá da casa. Ao ver a cena, o suspeito começou a bater no cão, de raça pitbull. Logo em seguida, a menor teria defendido o animal, mas também virou vítima dos ataques.

As agressões só pararam quando uma vizinha foi ao local e separou a briga. Ainda de acordo com a PM, a menor chegou a ficar desacordada e foi encaminhada ao Hospital João XXII, no bairro Santa Efigênia, onde foi ouvida pelos militares.

A adolescente foi mordida duas vezes, uma em cada braço da vítima, e teve nariz quebrado, olhos inchados e até mesmo um corte de faca no calcanhar do pé esquerdo. A corporação não soube informar a saúde do animal.

O Hospital João XXIII, por meio da assessoria de imprensa, afirmou que não divulgaria o estado clínico da vítima e se ela ainda estaria internada.