PUBLICIDADE

Topo

Violência contra a mulher

Homem é preso após tentar atropelar ex-mulher com caminhão em GO

Felipe Munhoz

Colaboração para Universa, em Lençóis (BA)

15/09/2020 21h07

Um homem de 25 anos foi preso hoje após agredir e tentar atropelar sua ex-mulher com um caminhão em uma calçada no Parque Oeste Industrial, em Goiânia. Câmeras de segurança flagraram na manhã de ontem as agressões e a tentativa de atropelamento, que aconteceu quando a mulher chegava à casa do atual namorado.

Segundo o depoimento da mulher, que teve a identidade protegida, o suspeito não teria aceito o fim da relação de sete anos, que chegou ao fim no ano passado, e começou a ameaçá-la.

A delegada Paula Meotti, da Deam (Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher) de Goiânia, afirmou ao UOL que a vítima já havia denunciado o suspeito anteriormente e que ele não cumpriu a ordem de distância mínima estabelecida pela Lei Maria da Penha, expedida com urgência pela Justiça de Goiás.

"Há muitos indícios contra o suspeito, além das agressões filmadas, há ameaças relatadas pela vítima e o descumprimento de medida protetiva. Por conta disso, reunimos as diligências e encaminhamos o caso para o Poder Público", disse a delegada. A identidade do homem não foi divulgada pela polícia. Assim, não foi possível encontrar a defesa do suspeito.

Imagens flagram agressão

O vídeo mostra o momento em que o homem sai do caminhão, corre para cima da mulher — que aparece usando um capacete e está parada ao lado de uma moto — e dá uma voadora na vítima. Em seguida, ele empurra a mulher com força contra o portão de uma casa. Na sequência, joga a vítima no chão e dá socos contra o seu rosto.

O suspeito ainda pega um grande pedaço de madeira e ameaça usá-lo para bater na mulher, atingindo uma parede. Ele também puxa a jovem com força para o meio da rua e derruba a moto da vítima. Na sequência, dois homens aparecem na imagem — um deles com o que parece ser um pedaço de pau na mão —, correm para cima do suspeito e ele entra no caminhão. Depois engata a ré e avança pela calçada contra a vítima, que retirava a moto do local e escapou por pouco do atropelamento.

Preso em casa

Após adicionar as imagens e o depoimento da vítima ao inquérito, a delegada pediu a detenção do jovem. "Assim que a prisão provisória foi autorizada, cumprimos o mandado e o prendemos em sua residência nesta tarde", declarou Paula Meotti.

O suspeito foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) para passar por exame de corpo delito.

Violência contra a mulher