PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

Cartunista usa relatos da mãe sobre a meia-idade e cria HQ inspirada nela

HQ "Moms", criada pelo artista Yeong-shin Ma, da Coreia do Sul, a partir de relatos da mãe sobre a vida de uma mulher aos 50 anos de idade - Divulgação
HQ "Moms", criada pelo artista Yeong-shin Ma, da Coreia do Sul, a partir de relatos da mãe sobre a vida de uma mulher aos 50 anos de idade Imagem: Divulgação

De Universa, em São Paulo

01/09/2020 13h15

O cartunista sul-coreano Yeong-shin Ma criou uma história em quadrinhos inspirada na mãe após ouvir dela relatos sobre como é ser uma mulher de 50 anos de idade.

Os dois nunca se deram muito bem e moraram sob o mesmo teto até ele completar 30 anos. Ao pedir que ela escrevesse em um caderno suas observações sobre a meia-idade, não esperava respostas tão honestas — e assim surgiu a HQ "Moms" (Mães, em inglês), de acordo com o The Guardian.

Quando eles moravam juntos, sua mãe fazia toda a limpeza e cozinhava. "Devido à natureza do meu trabalho, eu sempre estava em casa... Para ela, parecia que eu estava apenas brincando", diz ele.

Mas a situação mudou quando o desenhista saiu de casa e levou um susto: "Eu tinha quase 30 anos, mas tudo que eu sabia fazer era dizer a coisa certa e emitir uma opinião política. Não tinha ideia de como as tarefas domésticas básicas podiam ser difíceis e frustrantes."

"À medida que aprendi a limpar o banheiro, cozinhar e declarar meus impostos adequadamente, tarefas que deveriam ser tão naturais quanto respirar, decidi escrever uma confissão honesta."

Para entender melhor a mãe, ele pediu que ela escrevesse em um caderno como era sua rotina.

"Eu sabia que ela podia ser bastante ousada, então não posso dizer que fiquei surpreso com o que ela escreveu. No entanto, o drama do amor de meia-idade foi muito mais intenso do que eu esperava", diz Ma.

"Com o passar do tempo, porém, não pude deixar de ficar maravilhado com minha mãe, que escreveu sua história com tanta honestidade a pedido de seu filho."

Soyeon e suas amigas

O caderno foi transformado na HQ "Moms", que mostra a história da personagem Soyeon, uma mulher corajosa de cerca de 50 anos, e suas amigas. Todas são mães e todas estão lidando com filhos adultos irresponsáveis, namorados "idiotas" que tiram dinheiro delas em troca de companhia e sexo ruim, invisibilidade e assédio sexual em seus locais de trabalho.

É raro ver mulheres mais velhas como personagens principais na Coreia do Sul, onde elas geralmente estão "confinadas ao papel da mãe sem nome, que se sacrifica dia após dia", diz Ma.

"Este lado das mulheres de meia-idade não costuma ser abordado em filmes ou dramas. Foi emocionante ler o caderno da minha mãe sobre como essas mulheres se soltam e se divertem. Nunca me propus a desafiar os costumes conservadores. Costumo ficar entediado com o status quo", ele afirma.

Quando a HQ foi lançada na Coreia do Sul, em 2015, os leitores ficaram chocados — incluindo a mãe de Ma.

"Ela leu de uma só vez, tremendo o tempo todo. Ela leu de novo e de novo", diz Ma. "Mas ela não podia mostrar a nenhum de seus amigos. Ela fica envergonhada com o livro, porque ele contém detalhes tão explícitos."

"Método do caderno"

"Moms" é o primeiro trabalho de Ma publicado em inglês, mas ele tem 11 livros na Coreia do Sul.

O "método do caderno" já foi usado outras vezes, com o artista pagando a pessoas para escreverem suas histórias: "Elas geralmente aproveitam a chance, e descobri que há muito mais expressões e palavras que posso extrair de suas anotações do que eu pensava originalmente."

"As pessoas, muitas vezes, desejam publicar suas autobiografias, pelo desejo de que suas histórias sejam ouvidas e compreendidas", escreve Ma, em uma nota final comovente para o quadrinho inspirado na mãe.

"A esse respeito, eu me pergunto se este é meu primeiro ato de devoção à minha mãe, se, talvez pela primeira vez na minha vida, estou sendo um bom filho."

Mães e filhos