PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

Mayra Cardi: 'Antes de ser mãe, as mulheres deveriam passar por um curso'

Mayra Cardi falou sobre a "maternidade na íntegra" ao comentar desafios com a filha, Sophia - Reprodução/Instagram
Mayra Cardi falou sobre a "maternidade na íntegra" ao comentar desafios com a filha, Sophia Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

17/08/2020 13h47Atualizada em 17/08/2020 15h11

Mayra Cardi falou sobre as exigências da maternidade em seu perfil no Instagram. Em uma conversa com os seguidores, a empresária contou que está ignorando uma intensa dor nas costas para seguir sua rotina com a filha, Sophia, e defendeu que as mulheres repensem a ideia de serem mães diante da "pressão da sociedade".

"Para quem ainda não é mãe e um dia será, talvez funcione o que eu vou falar, para que você repense. Falarei sobre essa questão da maternidade de verdade, na íntegra, e essa necessidade da sociedade em ser mãe. A maternidade não é para todo mundo. Na minha opinião, antes de ser mãe, todas as mulheres deveriam passar por um curso, uma aprovação, para saber se pode", afirmou Mayra.

A coach defendeu que a rotina com os filhos ressignificou sua ideia de maternidade. Ela também falou sobre os sacríficos que faz por Sophia, de apenas 1 ano e 10 meses.

"A gente não tem a menor ideia do que é até de fato ser mãe. Inicialmente, você tem um filho para realizar um sonho, para realizar os sonhos da pessoa que você ama, o seu sonho de ter uma família, os desejos da sociedade de modo geral. E quando você se torna mãe, você entende que aquele filho não é para você. O ato de ser mãe é muito altruísta. No sentido de que você vive para o outro, isso não é opcional, toda mãe é assim. E aí sim você ressignifica o sentido de ser mãe", defendeu Mayra.

Separada do pai de Sophia, o ator Arthur Aguiar, Mayra, que também é mãe de Lucas, de 20 anos, falou sobre a evolução da maternidade com o passar do tempo, quando os filhos deixam de exigir dedicação total. Ela também se separou de Nelson Rangel, pai de seu primogênito, nos primeiros anos de vida do menino.

"Tem muita mãe que tem filho para ela, como se fosse um objeto, que ela vai decidir a vida daquela criança para sempre. O que também não é legal, porque o amor é você abdicar do que você quer, do que você acha, respeitando o livre arbítrio do outro. Falei isso por conta da minha dor nas costas, que é tipo, dane-se minha dor, dane-se meu sono, porque nesse primeiro momento eu preciso entregar muito para a Sophia, porque ela é um bebezinho, mas assim que ela começar a ser um ser longe de mim, assim como o Lucas, aí ela terá os próprios gostos, o próprio querer, e aí sim eu irei respeitar o que ela quiser ser, quando ela quiser", concluiu Mayra.

O desabafo da empresária aconteceu durante o relato sobre as dores que está sentindo na coluna por ter que pegar Sophia de dentro do berço com frequência. Ela contou que já passou por uma cirurgia na região para tratar uma hérnia de disco e revelou que já deixou de andar por conta do problema de saúde, pedindo recomendações de profissionais em São Paulo para ajudá-la com um tratamento.

"Gente, eu estou com uma dor nas costas tão grande, eu já falei para vocês que eu fiz operação de hérnia de disco, em uma época da minha vida eu fiquei sem andar por conta desse problema. Agora, como eu estou dormindo todos os dias com a Sophia, eu tenho que ficar descendo inteira no berço, estou precisando de um trato, está terrível minha dor nas costas", contou.

Mães e filhos