PUBLICIDADE

Topo

Moda

Após "lockdown", vestido icônico da Princesa Diana é exibido ao público

Princesa Diana dança com John Travolta com seu modelo de veludo azul - Reprodução/Instagram
Princesa Diana dança com John Travolta com seu modelo de veludo azul Imagem: Reprodução/Instagram

Aline Fava

Colaboração para Universa

04/08/2020 04h00

Assim como muitos de nós, um dos vestidos mais icônicos da Princesa Diana passou por um período de quarentena em 2020. Nesta semana, o modelo de veludo azul escuro entrou em exibição ao público para comemorar a reabertura do Palácio de Kensington, local onde Diana morava, em Londres, depois de quatro meses fechado devido à pandemia do coronavírus.

A peça entrou para a coleção de vestidos cerimoniais da realeza no fim de 2019, após ser adquirido em um leilão pelo valor de £ 264 mil (cerca de R$ 1.8 milhão). Desde então, ele ficou isolado em uma sala por meses para garantir que seu processo de limpeza estivesse completo e ele não transmitisse nenhuma contaminação por insetos ou pragas para o restante da coleção real, que possui valor inestimável. Literalmente em lockdown!

Diana usou o vestido com decote ombro a ombro e cauda de sereia do estilista britânico Victor Edelstein pela primeira vez em 1985, durante um jantar na Casa Branca. Naquela noite, ela dançou com o ator John Travolta e a foto dos dois rodando pelo salão se transformou em uma das imagens mais famosas da princesa, assim como seu look, que ganhou o nome de Travolta Dress (vestido Travolta).

Eleri Lynn, curadora da instituição Historic Royal Palaces, disse em entrevista à revista People que o vestido, por suas contas, foi um dos mais usados pela princesa e está entre seus preferidos. Ele apareceu novamente em oito ocasiões, entre elas, em 1988, na estreia do filme Wall Street, em Londres, onde Diana encontrou o ator Michael Douglas e em um jantar de estado, na antiga Alemanha Oriental, anos antes da queda do muro de Berlim, em 1989.

A importância deste vestido, segundo a curadora, é que ele representou uma mudança marcante na estilo de Diana, saindo dos típicos babados dos anos 80 e para uma silhueta clássica e atemporal, comprovada pelas várias vezes em que o modelo foi usado ao longo dos anos. "Você poderia usá-lo hoje em dia e ainda seria a pessoa mais bem-vestida", diz Eleri.

O amor de Diana por seu vestido azul de veludo continuou também nos anos 90. Em 1997, a princesa foi fotografada por Lord Snowdon usando o modelo e, no mesmo ano, apenas dois meses antes de sua morte, ela leiloou a peça para arrecadar fundos para instituições de caridade que tratavam de portadores de HIV.

Em um vídeo divulgado pelo Historic Royal Palaces, é possível ver a montagem do Travolta Dress para exibição em uma das primeiras salas do Kensington Palace, logo na entrada dos visitantes.

Moda